Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11550
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 19-Jan-2018
metadata.dc.creator: GONÇALVES, Messias Lisboa
metadata.dc.contributor.advisor1: FERRAZ, Antônio Máximo Von Sohsten Gomes
Title: Tempo e memória em o Cacaulista e o coronel sangrado, de Inglês de Sousa
Citation: GONÇALVES, Messias Lisboa. Tempo e memória em o Cacaulista e o Coronel sangrado de Inglês de Souza. Orientador: Antônio Máximo Von Sohsten Gomes Ferraz. 2018. 132 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Instituto de Letras e Comunicação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11550. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Inglês de Sousa nasceu na cidade interiorana de Óbidos, localizada no estado do Pará, em 28 de dezembro de 1853, e faleceu no Rio de Janeiro, em 6 de setembro de 1918. O escritor passou a maior parte de sua vida fora da cidade natal, mas foi na região amazônica que se inspirou para compor as suas obras literárias: História de um Pescador (1876), O Cacaulista (1876), O Coronel Sangrado (1877), O Missionário (1891) e Contos Amazônicos (1893). É possível cogitar que a valorização, apenas, da textura documental sócio-político-histórica pela crítica foi responsável por instaurar o obscurecimento do lastro estético dos romances O Cacaulista e O Coronel Sangrado. No entanto, é justamente o lastro estético que os mantém vivos. Sendo assim, esta pesquisa objetiva estudar as questões do tempo e da memória postas em obra por esses romances. Diante disso, é necessário lançar-se no abismo do pensamento e realizar uma crítica literária enquanto escuta poética das questões. Para uma maior compreensão e aprofundamento, esta pesquisa limitou-se à reflexão do personagem protagonista Miguel Faria, que migra de um romance para o outro. Dessa forma, entende-se que esse personagem-questão vive uma experienciação com o tempo, que foge àquele cronometrado pelo relógio ou mesmo àquele pensado pela ciência, e no seu tempo experiencia o tempo humano e poético. Para realizar este intento, dialogou-se especialmente com Henri Bergson (1859-1941), Martin Heidegger (1889-1976), Benedito Nunes (1929-2011) e Manuel Antônio de Castro (1941-) para pensar a escuta poética das questões naqueles romances inglesianos.
Abstract: Inglês de Sousa was born in the city of the interior of Óbidos, located in the state of Pará, in 28 of december of 1853, and died in Rio de Janeiro, in 6 of september of 1918. The writer spent most of his life outside the hometown, but it was in the Amazon region that he was inspired to compose his literary works: História de um Pescador (1876), O Cacaulista (1876), O Coronel Sangrado (1877), O Missionário (1891) e Contos Amazônicos (1893). It is possible to consider that the appreciation, only, of the socio-political-historical documentary texture by the critics was responsible for instituting the obscuration of the aesthetic ballast of the novels O Cacaulista e O Coronel Sangrado. However, it is precisely the aesthetic ballast that keeps them alive. Thus, this research aims to study the issues of time and memory put into work by these novels. Faced with this, it is necessary thought and perform a literary criticism while listening to poetic questions. For further understanding and deepening, this research was limited to the reflection of the protagonist character Miguel Faria, who migrates from one novel to another. Thus, it is understood that this character-question lives an experience with time, which escapes the clock-clocked or even that thought by science, and in his time experience human and poetic time. To make this attempt, dialogue especially with Henri Bergson (1859-1941), Martin Heidegger (1889-1976), Benedito Nunes (1929-2011) e Manuel Antônio de Castro (1941-) to think poetically listening to the questions in those inglesianos novels.
Keywords: Literatura - História e crítica
Sousa, H. Inglez de - 1853-1918 - Crítica e interpretação
Memória na literatura
Tempo na literatura
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TempoMemoriaCacaulista.pdf908,53 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons