Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11562
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 18-Jun-2019
metadata.dc.creator: SILVA, Patrícia Fernandes da
metadata.dc.contributor.advisor1: MARTINELLI FILHO, José Eduardo
Title: Acidentes com animais aquáticos em pescadores artesanais em um município da costa Amazônica: do levantamento ao tratamento
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: Silva, Patrícia Fernandes da. Acidentes com animais aquáticos em pescadores artesanais em um município da costa Amazônica: do levantamento ao tratamento. Orientador: José Eduardo Martinelli Filho. 2019. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará. Belém, 2019. Disponível em: .
metadata.dc.description.resumo: Acidentes com animais aquáticos podem ocorrer sempre que o homem invade o ambiente do animal ou o manuseia sem os devidos cuidados. Diversos trabalhos têm relatado cnidários, arraias, bagres, peixes-sapo e outros, como perigosos ao homem, ainda assim, em comunicações esparsas e pouco conclusivas para a região Norte do Brasil. Devido a importância da pesca no estado do Pará, a frequência de acidentes é provavelmente alta, embora os casos não sejam devidamente registrados. A pesca artesanal desempenha importante papel econômico e social em muitos municípios do Pará e agrega um grande contingente de trabalhadores. Pescadores artesanais, portanto, estão associados a risco de acidentes com animais aquáticos. O presente estudo analisa a frequência e a variabilidade da ocorrência de acidentes envolvendo animais aquáticos em pescadores artesanais em relação a diferentes artes de pesca e explora o conhecimento tradicional desta comunidade sobre os animais causadores, métodos de tratamento e prevenção de tais acidentes. A coleta de dados se deu no município de São Caetano de Odivelas/PA, região onde as comunidades tradicionais têm como principal fonte de renda a pesca artesanal. Foram realizadas 154 entrevistas com pescadores artesanais, coletando informações socioeconômicas e sobre os acidentes sofridos com animais aquáticos durante o ofício da pesca. As ocorrências foram frequentes em 98,7% dos entrevistados e associados a atividades ordinárias do ofício da pesca. Arraias, piabas, bagres, niquins e uricecas foram os animais que mais causaram acidentes (81,6%) independente das artes de pesca: rede, anzol e curral. A procura por atendimento médico, em função desse tipo de ocorrência não é frequente (26,3%) e os procedimentos recomendados pela literatura científica para elas não são adotados. Quanto menor a escolaridade, maior a quantidade de acidentes sofridos pelos pescadores (p < 0,001). Para atingir os pescadores artesanais, foi desenvolvido, como produto didático, um material impresso de sete páginas, que traz de forma simples e clara, informações que buscam auxiliar na prevenção, tratamento e formas corretas de procedimentos pós-acidentes após um acidente com um animal aquático. Tais informações foram inseridas em um calendário anual, como forma de torna-lo mais atrativo ao público que se pretende alcançar.
Abstract: Accidents with aquatic animals may occur whenever men invade the animal’s environment or handle it without proper care. Many studies reported cnidarians, stingrays, catfishes, toadfishes and others as dangerous to man, nevertheless information is scarce and inconclusive for the Brazilian North region. The frequency of accidents is probably high at the Pará state since fisheries is an important activity, although the cases are not adequately registered. Artisanal fisheries are an economic and socially important activity for the coastal municipalities in the Brazilian Amazon and gathers a great number of fishermen. Artisanal fishermen, are thus associated to a great risk of accidents caused by aquatic animals. The present study analyzes the frequency and variability of the occurrence of accidents with aquatic animals on artisanal fishermen, and related to different fishing strategies. It also explores the ethnobiological knowledge about the causative animals, treatment methods and accidents prevention. Data was collected at São Caetano de Odivelas municipality (Pará state), where traditional communities are sustained by artisanal fisheries. A total of 154 interviews were collected, gathering socioeconomic and ethnobiological information about accidents with aquatic animals. Accidents occurred in 98,7% of the interviewers and were associated to the daily labor from artisanal fisheries. Stingrays, catfishes and toadfishes were responsible for the most of the accdients (81,6%), independent from the different fishing strategies. The search for medical care was uncommon after a accident (26,3%) and the recommended medical procedures were no adopted by the fishermen. The number of accidents was higher with a lower scholar level among the fishermen (p < 0,001). In order to reach the artisanal fishermen, a didactical product (a calendar) was developed, with information to aid the avoidance, treatment and procedures after an accident with an aquatic animal.
Keywords: Animais venenosos
Pesca
Nordeste do Pará/Brasil
Amazônia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais - PROFCIAMB/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AcidentesAnimaisAquaticos.pdf2,92 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons