Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11565
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorPARAGUASSU, Renan Delmontt Souza-
dc.date.accessioned2019-08-28T16:01:54Z-
dc.date.available2019-08-25-
dc.date.available2019-08-28T16:01:54Z-
dc.date.issued2019-06-27-
dc.identifier.citationPARAGUASSU, Renan Delmontt Souza. Corpo Universo: uma poética das constelações compositivas como estudo e reflexão do corpo na atuação teatral. Orientador: Cesário Augusto Pimentel de Alencar. 2019. 75 f. Dissertação (Mestrado em Artes) - Programa de Pós-Graduação em Artes, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11565. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11565-
dc.description.abstractThe research Body Universe: a poetic of the compositive constellations as study and reflection of the body in theatrical acting has as objective understand what happens in my Body/Me along the moment of acting. To do so, I venture myself as a artist-researcher, I come to understand that acting is phenomenon experienced by the actor during their creative works, that occurs inside and outside the scene. The search for this comprehension took me to dive in lived artistic memories and experiences as actor, also I had to observe, in terms of equivalent feelings, what goes on with other people that I work with and others that I have watched. The investigation is fundamental, theoryc-methodologicaly, in Phenomenology, the science the investigate the experience of consciousness since its basic levels, the sensitive, the most elaborate, and the conscious itself. Tooked as authors in this field of knowledge, the German Georg Hegel(1770-1831) and the French Gaston Bachelard (1884-1972), because he was interested in conscience of the phenomenon of creation and scenic acting immersed in the field poetic artistic, the Merleau-Ponty (1908-1961) to reflect about the present space of my Body/Me and its scenic significance from the relationship with other bodies actors/spectators, the French philosopher and sociologist Henri-Pierre Jeudy (1945-) for discussion of body as object or artistic support. On the creative processes, the Brazilian professor Sonia Rangel (1948-) helps me to understand the process as an fountain of recreation and fomentation of several layers in creation, having the memory as propeller of revisitations. In The study about the art of the actor, the Russian actor, pedagogue and director Constantin Stanislavski (1968- 1936), the also Russian actor Richard Boleslavski (1989-1967) and the director and actor Eugenio Kusnet (1898-1975) they contribute for the discussion where technique and sensibility, conscious and unconscious walk helping handing each other during the act of acting, the Italian director Eugenio Barba (1995) for the processes and rules the influence the culture and daily in which the actor is living, the polonaise director Jerzy Grotowski (1933- 1999) and the Brazilian actor Carlos Simioni (1958-) for the understanding of the importance of training as continuous preparation of the body as foundation to the creation. I decided to focus on a methodology based on the research phenomenon. with allows the construction and reflection of the poetical work starting from the multiple internal experiences, focusing on the material that comes from the conscience in front of the practices and trajectories on plays, articulating with the psychophysical training.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectTeatro-Dramaturgiapt_BR
dc.subjectFenomenologia e artept_BR
dc.subjectAtorespt_BR
dc.subjectCorpopt_BR
dc.titleCorpo Universo: uma poética das constelações compositivas como estudo e reflexão do corpo na atuação teatralpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências da Artept_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATROpt_BR
dc.contributor.advisor1ALENCAR, Cesário Augusto Pimentel de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0024366223698692pt_BR
dc.creator.LattesCV: http://lattes.cnpq.br/5280244538022359pt_BR
dc.description.resumoA pesquisa Corpo universo: uma poética das constelações compositivas como estudo e reflexão do corpo na atuação teatral objetiva compreender o que se passa no meu/eu corpo do durante o momento da atuação. Para tanto, lanço-me como artista-pesquisador, compreendendo a atuação como um fenômeno vivido pelo ator durante o seus trabalhos criativos, ocorridos dentro ou fora de cena. A busca por esta compreensão me levou a mergulhar nas memórias e experiências artísticas vivenciadas por mim enquanto ator, além de me levar a observar, em termos de sensação equivalente, o que se passa com as pessoas com quem trabalho e outros atuantes a quem tenho assistido. A esteira investigativa se faz fundamentada, teórico-metodologicamente, na Fenomenologia, ciência que investiga a experiência da consciência desde seu nível básico, o sensível, até o mais elaborado, a consciência de si. Acolho, como principais autores deste campo de conhecimento, o alemão Georg Hegel (1770-1831) e o francês Gaston Bachelard (1884-1972), devido a seu interesse pela tomada de consciência frente ao fenômeno da criação e atuação cênica imerso no campo poético artístico, o francês Merleau-Ponty (1908-1961) para refletir sobre o espaço presente do meu/eu corpo e sua significação cênica a partir da relação com os outros corpos atores/espectadores, o filósofo e sociólogo francês Henri-Pierre Jeudy (1945-) para a discussão do corpo como objeto ou suporte artístico. Nos processos criativos, a professora brasileira Sonia Rangel (1948-) me ajuda a compreender o processo como fonte de (re) criação e fomentador de diversas dobras na criação, tendo a memória como propulsora de revisitações. No estudo sobre o trabalho a arte do ator, o ator, pedagogo e diretor russo Constantin Stanislavski (1968-1936), o ator russo Richard Boleslavski (1989-1967) e o diretor e ator Eugenio Kusnet (1898-1975) contribuem para a discussão onde técnica e sensibilidade, consciente e inconsciente andam junto durante a atuação, o diretor italiano Eugenio Barba (1995) para os processos e princípios que regem a influência da cultura e do cotidiano no qual o ator está inserido, o diretor polonês Jerzy Grotowski (1933-1999) e o ator brasileiro Carlos Simioni (1958-) para o entendimento da importância do treinamento como preparação contínua do corpo e como alicerce da criação. Como premissa fenomenológica dominante, privilegiei uma metodologia aportada no fenômeno da pesquisa, que possibilita a construção e reflexão da obra poética a partir das múltiplas vivências internas, dando relevância ao material provido pela experiência da consciência frente às práticas e trajetórias nos espetáculos, articulando com o treinamento psicofísico contínuo.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Artespt_BR
dc.subject.linhadepesquisaPOÉTICAS E PROCESSOS DE ATUAÇÃO EM ARTESpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoARTESpt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Artes (Mestrado) - PPGARTES/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CorpoUniversoPoetica.pdf4,32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons