Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11604
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 23-May-2006
metadata.dc.creator: LIMA, Charles Cristiano de Assis
metadata.dc.contributor.advisor1: CALLAPINO, German Garabito
Title: Um novo algorítimo para implementação do método de empilhamento SRC 3-D e modelagem sísmica da Bacia do Amazonas
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: LIMA, Charles Cristiano de Assis. Um novo algorítimo para implementação do método de empilhamento SRC 3-D e modelagem sísmica da Bacia do Amazonas. Orientador: German Garabito Callapino. 2006. 97 f. Dissertação (Mestrado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2006. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11604. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O método de empilhamento Superfície de Reflexão Comum (SRC) é uma técnica de imageamento de reflexão sísmica que não depende do modelo de velocidades para simular uma seção ou um volume Afastamento-Nulo (AN) a partir dos dados de cobertura múltipla. O método SRC tem sido usado como uma alternativa atraente para o processamento de dados de reflexão e muitos trabalhos vem demostrando que este método simula seções ou volumes AN com melhor razão sinal/ruído e melhor resolução lateral que os obtidos pelos métodos convencionais, e.g. empilhamento NMO/DMO. O empilhamento SRC fornece importantes atributos ou parâmetros do campo de onda que podem ser usados em diversas aplicações como, por exemplo, na determinação do modelo de velocidades, análises AVO e A V A, determinação de fator de espalhamento geométrico, zonas de fresnel projetadas, entre outros. O método SRC utiliza como operador uma aproximação de segunda ordem dos tempos de trânsito hiperbólicos na vizinhança de um raio central. No caso 3-D, para um raio central normal ou AN, o operador SRC depende de oito parâmetros, que podem ser determinados através de análises de coerência a partir dos dados sísmicos. Neste trabalho é examinado o operador SRC-AN 3D para eventos de reflexão e difração com relação aos tempos de trânsitos obtidos por modelagem direta. Os resultados desta comparação demonstram que o operador SRC-AN 3D apresenta um bom ajuste com a superfície de tempos de trânsito obtida por modelagem direta. Com base nestes resultados numéricos e nas particularizações e simplificações da aproximação hiperbólica dos tempos de trânsito, é apresentado neste trabalho um novo algoritmo de empilhamento SRC-3D para simular um volume de dados com afastamento nulo. Nesta dissertação também é apresentada uma modelagem sísmica 3-D completa da Bacia do Amazonas com os pacotes FORMS, MODEL e CCRT, do consórcio Seismic Waves in Complex 3-D Structures - SW3D, de domínio público. O modelo foi construído com o pacote MODEL e foi inteiramente baseado em dados reais de sísmica e poço da bacia. O modelo é constituído por três soleiras de diabásio e um delgado reservatório, situação geológica típica da região. Com o pacote CRT foi realizado traçamento de raio 3-D e a geração de sismogramas sintéticos. Todos os modelos foram vizualizados com VRML e GOCAD. Pretende-se, em trabalhos futuros, utilzar este modelo para gerar dados sísmicos com cobertura múltipla e validar o método SRC-AN 3D, assim como outras técnicas de imageamento sísmico.
Abstract: The Common Reflection Surface Stack (CRS) is a seismic reflection imaging technique that is independent of velocity model to simulate Zero-Offset (ZO) seismic section or volume. This technique have been used, alternatively, in seismic reflection processing and many works have been demonstrate that the CRS method shows results with better signal to noise rate and lateral resolution in comparison with conventional methods, e. g., NMO/DMO stack. The CRS stack provides some attributes or wavefield parameters that could be used in many applications, e.g., velocity models estimation, AVO and AVA analysis, geometric spread factor estimation, projected Fresnel zone, and others. The CRS technique has a second order hyperbolic traveltimes approximation in central ray vicinity. In the 3-D case, for a normal central ray or ZO, the CRS operator depends on eight parameters, estimating by coherency analysis from seismic data. In this work, the 3-D ZO CRS operator is analyzed for both reflection and diffraction events with respect the traveltimes obtained from straight modeling. I present a new CRS stack algorithm to simulate ZO sections or volume. I still present, in this work, a 3-D seismic modeling of the sedimentary Amazon Basin with SW3D consortium packages. The geologic model was based in true geologic and geophysics data.
Keywords: Sismologia - Matemática
Ondas sísmicas
Empilhamento sísmico
Teoria paraxial do raio
Modelagem sísmica
Seismic stack
Paraxial ray theory
3-D seismic modeling
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: MÉTODOS SÍSMICOS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::SISMOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geofísica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_NovoAlgoritmoImplementacao.pdf4 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons