Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11656
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 12-May-2008
metadata.dc.creator: VIGLIO, Eduardo Paim
metadata.dc.contributor.advisor1: ANGÉLICA, Rômulo Simões
Title: Geoquímica regional multielementar aplicada aos campos da saúde humana e ambiental na porção continental da folha SA.22-X-D - Belém, Região Nordeste do Pará
Citation: VIGLIO, Eduardo Paim. Geoquímica regional multielementar aplicada aos campos da saúde humana e ambiental na porção continental da folha SA.22-X-D - Belém, Região Nordeste do Pará. Orientador: Rômulo Simões Angélica. 2008. 2 v. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2008. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11656. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho diz respeito a dados obtidos durante a prospecção geoquímica multielementar de caráter regional executada para o Projeto Pesquisa em Geoquímica Ambiental e Geologia Médica – PGAGEM, do Serviço Geológico do Brasil – CPRM nos anos de 2004 e 2005, na área da Folha Belém – SA.22-X-D, em escala de 1:250.000. Foi realizada coleta em 74 pontos de drenagem com microbacias com mais de 100 Km2 de área, de amostras de água de superfície e sedimento de corrente, analisadas para 33 e 53 elementos respectivamente. As águas de abastecimento público das 62 sedes municipais da região nordeste do Pará e noroeste do Maranhão também foram amostradas e analisadas. A interpretação foi feita visando compreender o padrão de distribuição dos elementos no ambiente. As amostras de água foram mantidas sob refrigeração e analisadas no Laboratório da CPRM no Rio de Janeiro – LAMIN, por ICP-OES. Parâmetros físico-químicos das águas foram medidos no campo (pH, condutividade, Oxigênio dissolvido, salinidade e temperatura). As amostras de sedimento de corrente foram coletadas de maneira composta, secas à sombra, e as análises foram feitas no Laboratório Acme, por geração de hidretos acoplado a ICP-OES para Arsênio e Selênio; geração de vapor de mercúrio acoplado a espectroscopia de absorção atômica - CVAAS para o Mercúrio e ICP OES para os demais elementos. Aos valores numéricos oriundos de tratamento estatístico dos dados obtidos foram incluídos na interpretação dos mapas geoquímicos também os valores máximos permitidos pela legislação brasileira para água definida pelo CONAMA, pelo Ministério da Saúde ou pela Organização Mundial de Saúde. Os resultados das amostras de sedimento de corrente definiram duas populações com duas áreas fontes distintas, a Formação Barreiras, a sul do Rio Guamá, constituindo sedimentos de corrente argilosos e os sedimentos pós-Barreiras, a norte, submetidos a processo de lixiviação intensa, constituindo sedimentos de corrente arenosos. Tal fato permite a sugestão de duas hipóteses: a existência de uma tectônica relativa entre os dois blocos, visto que para sofrer a lixiviação, o bloco norte precisou ficar mais tempo exposto ao intemperismo; e a espera de teores geogênicos extremamente baixos para os sedimentos da margem direita do rio Guamá, nas proximidades da região metropolitana de Belém. São lançados os conceitos de anomalia geogênica de conotação ampla para definir um padrão natural de distribuição do elemento químico; de anomalia geogênica de conotação restrita, cuja causa tanto pode ser natural quanto antrópica; e do fator denominado Teor de Exposição, definido como o produto do teor encontrado, pela ingestão média diária de água e pelo tempo de duração da exposição aplicado à população atingida, que auxilia na avaliação do risco e na priorização de trabalhos de detalhe. Foram detectadas 12 microbacias onde a presença em concentrações anormais geogênicas amplas de Al, B, Cu, Fe e Pb, e geogênicas restritas de Cd, Co, Cr, F e Hg, podem estar expondo seres vivos a situações geradoras de doenças. A aplicação do Teor de Exposição prioriza as sedes municipais de Barcarena / Vila dos Cabanos e Moju, dentro da Folha Belém, que se encontram entre as 10 sedes municipais submetidas a um maior risco de exposição para a região Nordeste do Pará. Não se conseguiu obter correlações diretas e inequívocas entre aumento de casos de morbidade e municípios com concentrações anômalas com os dados existentes no DATASUS – banco de dados do Ministério da Saúde. No entanto, sugere-se a execução imediata de pesquisas médicas nas regiões das microbacias que possuem anomalias geogênicas amplas de Al, Pb, Cu, Fe e B. Estas regiões encontram-se indicadas no Mapa de Orientação Geoquímica para Gestão Territorial e de Saúde Pública e necessitam de estudos de detalhe. Confirma-se que a execução de campanhas de prospecção geoquímica de caráter multielementar e de âmbito regional são ferramentas de muita valia no auxilio a formulação de políticas públicas nas áreas de Gestão Territorial e Saúde Pública, por possibilitar a ação preventiva, evitando que pessoas ocupem áreas com risco elevado de exposição a concentrações nocivas de elementos e adoeçam.
Abstract: The present work was done together with PGAGEM – National Program of the Medical Geology and Environmental Geochemistry Research of CPRM - Geological Survey of Brazil, on the 1:250.000 that took place in northeast of the Pará State and the northwest of Maranhão State. This study focused on the Belém Sheet SA.22-X-D, on the same scale. With regional approach, 74 drainage basins with around 100km² were sampled for water and stream sediments. These were analyzed for 33 and 53 elements respectively in order to understand the distribution pattern on the environment. Some points of the public water distribution supply systems where also studied. The water samples were maintained by refrigeration and analyzed by ICP-OES in the LAMIN laboratory of CPRM in Rio de Janeiro. Physiochemical parameters such as pH, conductivity, dissolved oxygen, salinity and temperature were measured in situ. The stream sediments samples were collected in various points of the drainage (composed sample), and analyzed at Acme Laboratory using three different analytical methods: hydret generation connected to ICP-OES, for As and Se; mercury vapor generation connected to atomic absorption spectroscopy – CVAAS for Hg and ICP-OES for the others elements. To all the geochemical maps generated for the water samples was added the curve of maximum allowed concentration for the CONAMA/ Brazilian Health Ministry/WHO. It was also possible to define on the opposite margins of the Guamá river two regions with contributions from distinct source areas. On the south portion the primary source area is the Barreiras Formation. On the north portion, the primary source area are sands so called “post Barreiras” from the Pleistocene and submitted to intense lixiviation, with grades always below the background values, where the totality of the original rock elements was removed. The comparison of water and stream sediments results from the same point shows that the migration of the elements from the sedimentary rocks to the water, with pH values varying from 3.6 to 5.5, is a process actually working. More detailed isotopic studies must be done to confirm that despite smaller grades in the right margin, right on the more populated region of Belém city, these grades are anthropogenic, mainly for Pb and Cu. The data of PGAGEM Project for the public water distribution supply systems was reevaluated. Areas of high concentration and time of exposure were indicated using an expression called the Exposition Grade, the product of the concentration of a chemical element times the daily average ingestion of water (two liters) times the time of exposure. The Exposition Grade Factor defined the localities of Barcarena, Vila dos Cabanos and Moju (located in Belém Sheet), as 3 among 10 localities submitted to the highest exposure risk in all the PGAGEM area. It introduces the concept of ample and restrict geogenic anomaly. The first refers to the natural distribution pattern of elements on the environment. The second refers to both anthropogenic and natural distribution. Twelve basins where detected with ample geogenic anomalies for Al, B, Cu, Fe and Pb, and restrict geogenic anomalies for Cd, Co, Cr, F and Hg. These results are presented on the Geochemical Orientation for the Territorial Management and Public Health Map. This work generated a Geochemical Atlas of the continental portion of the Belém Sheet 1:250.000 scale with analytical results tables and over one hundred geochemical maps. This work confirms that regional and multi-element geochemical surveys outline the distribution patterns of the chemical elements in Nature, and therefore may predict and explain human health problems due to natural factors. This kind of study turns out to be a very useful tool in preventive implementation of Health and Territorial Management public policies.
Keywords: Geoquímica ambiental
Saúde ambiental
Prospecção geoquímica
Pará, Nordeste
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_GeoquimicaRegionalMultielementar.pdf34,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons