Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11740
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 5-Apr-2002
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, Junny Kyley Mastop de
metadata.dc.contributor.advisor1: PINHEIRO, Roberto Vizeu Lima
Title: Caracterização estrutural da borda sudeste do sistema transcorrente Carajás com ênfase nas rochas do terreno granítico-gnáissico
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: OLIVEIRA, Junny Kyley Mastop de. Caracterização estrutural da borda sudeste do sistema transcorrente Carajás com ênfase nas rochas do terreno granítico-gnáissico. Orientador: Roberto Vizeu Lima Pinheiro. 2002. 138 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2002. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11740. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O Cinturão Itacaiúnas está localizado na borda leste do Craton Amazônico, sendo dividido em dois domínios tectônicos maiores: (1) os sistemas tectônicos Carajás e Cinzento que expõem rochas vulcano-sedimentares arqueanas e proterozóicas; e (2) diversos conjuntos de leques de cavalgamentos dúcteis imbricados cobrindo uma ampla área do embasamento regional. O Sistema Transcorrente Carajás (STCa) é formado por conjuntos de lineamentos anastomóticos orientados na direção E-W, onde ocorrem rochas vulcânicas ácidas e básicas juntamente com formações ferríferas, quartzitos (Grupo Grão Pará), arenitos e argilitos (Formação Águas Claras) e conglomerados (Formação Gorotire), alojadas em estruturas do tipo dilational jogs. Essas rochas encontram-se recobrindo as rochas graníticas e gnáissicas do embasamento arqueano. Granitos proterozóicos cortam muitas dessas rochas, formando plútons. O STCa é afetado pela Falha Carajás que representa a mais importante feição tectônica particular associada à evolução arqueana da região. O embasamento regional, exposto a sul do STCa, foi afetado por um evento transpressivo dúctil sinistral capaz de desenvolver uma foliação pervasiva em suas rochas. Um evento deformacional tardio, de caráter dúctil-rúptil (milonítico) foi superposto à essa deformação dúctil, desenvolvendo uma nova trama relacionada com processos de alterações hidrotermais que tomaram lugar na região em diferentes pulsos. O principal objetivo desta pesquisa está relacionado à trama planar e linear desenvolvida sobre a trama dúctil milonítica anteriormente formada sobre as rochas do embasamento regional. A ocorrência, idade e papel dessa trama tardia na evolução da regido ndo são bem conhecidos até o momento. Estudos prévios têm mostrado a relação íntima entre essa feição tectônica e a presença de importantes depósitos minerais na área (Au e Cu). A área estudada está localizada na borda SE do STCa, nos domínios do embasamento, e está geograficamente limitada pelas coordenadas 6º 19' 56"S; 6º 35'08'S e 49º 4913'W; 50º 16'36'W. Essa área foi mapeada em escala 1: 50.000 a partir de trabalhos de campo e sensoriamento remoto, dirigidos para a análise geométrica e cinemática das estruturas tectônicas presentes. Estudos de detalhes, na escala 1:100, de áreas selecionadas, foram também realizados. O mapeamento geológico revelou a presença de rochas do Complexo Pium (granulitos; 3.0Ga); Complexo Xingu (gnaisses, granitóides, anfibolitos e migmatitos; 2.8Ga); Suíte Plaque (biotita-granitos; 2.7Ga); Grupo Grão Pará (basaltos, anfibolitos, quartzitos e formações ferríferas; 2.7Ga); e granitos proterozóicos (2.0-1.8Ga). O Complexo Pium, o Complexo Xingu e as rochas da Suite Plaque estão marcadas pela presença de uma importante foliação milonítica orientada nos trends E-W, WNW- ESE e N-S sempre com mergulhos altos (>70º). A foliação com direção E-W é a mais importante. Essa trama está representada por uma foliação espaçada, disjuntiva, anastomótica, algumas vezes fina, intimamente relacionada com feições miloníticas. Essa foliação se formou sob transpressão dúctil particionada, em cinemática sinistral (mais importante) e destral. Uma segunda trama deformacional planar e linear, não penetrativa, é observada superpondo-se a trama milonítica anteriormente formada. Essa feição está presente tanto nas rochas do embasamento quanto nas rochas supracrustais (Grupo Grão Pará), enquanto que a trama milonítica se restringe às rochas cristalinas. A foliação secundária é do tipo clivagem cataclástica que se desenvolve em diferentes estágios, em associação com brechas ao longo de zonas de falhas até uma clivagem disjuntiva espaçada (desde clivagem de fratura até uma clivagem ardosiana) ao longo de bandas de deformação. Essa foliação pode ser reconhecida por trazer associada uma lineação estrutural do tipo construida (slickenlines e slickensides). A orientação geral deste conjunto de foliações está em torno de NW-SE (mais frequente) e NE-SW. Essa trama está associada com um evento transpressivo sinistral-destral capaz de reativar parte da trama milonítica anteriormente formada. Essa trama é suposta ter sido formada por fluxo cataclástico durante altas pressões de fluidos ao longo de condutos hidrotermais relacionados a reativações da Falha Carajás desde sua formação em torno de 2.7Ga.
Abstract: The Itacaiúnas Belts is placed in the east board of the Amazonian Craton. It is dividid into two main tectonic domains: (1) the Carajás and Cinzento Strike Slip systems that expose Archaean and Proterozoic volcano-sedimentary rocks; and (2) several sets of imbricated thurst fans covering the large basement area. The Carajás Strike Slip System (CSSS) is formed by sets of interrupted, anastomosed lineament, trending around the E-W direction, where both acid and basic volcanic rocks together with ironstones, quartzites (Grão Pará Group); sandstones, mudstones (Águas Claras Formation) and conglomerates (Gorotire Formation) are present inside a kilometer-scale dilational jog. These rocks cover the granitic-gneissic rocks of the Archaean basement. Proterozoic granites are intruded in almost all these rocks forming several plutons. The CSSS is cut by the Carajás Fault representing the most important particular structural feature associated to the Archaean tectonic evolution of the region. The basement of the region, exposed to the south of the CSSS is affected by an early ductile sinistral transpressional event of deformation able to develop a foliation on the rocks. A later ductile-brittle deformational event is overprinting the early mylonitic fabric. This feature has been related to an important hydrothermal episode of alteration including several pulses. On the basis of this general tectonic setting was defined the main aim of this research is which related to the presence of the later planar and linear ductile-brittle fabrics that overprint the early ductile foliation of the basement rocks. The occurrence, age and role of this earlier fabric in the tectonic evolution of the region is not well known. Previous studies have shown the close relation between this deformational feature and the presence of important ore deposits (mainly Au and Cu) distributed along the area. The studied area is located in the SE board of the CSSS, in the basement terrain and is geographically limited by the coordinates 6º 19'56'S; 6º 3508'S and 49º 4913"W; 50º 16'36"W. This study was developed by 1:50.000 scale geological mapping, 3 supported by remote sensing techniques, focusing the geometry and kinematics of the related structures, and also detail scale mapping (1:100) of selected areas and outcrops. The mapping revealed the presence of rocks from the Pium Complex (granolites; about 3.0Ga); Xingu Complex (gneisses, granitoids, amphibolites and migmatites; 2.8Ga); Plaque Suite (biotite — granites; 2.7Ga); Grão Pará Group (basalts, amphilolites, quatzites and ironstones; 2.7 Ga); Proterozoic Granites (2.0-1.8Ga). The Pium and Xingu complexes and Plaque Suite rocks are marked by the presence of an important milonitc foliation trending about the E-W, WNW-ESE and N-S directions always stepling dipping (>70º). The E-W trendding foliation is the most important. This fabric is better represented by a spaced, disjunctive, anastomosing, sometimes smooth foliation closely associated to several milonitic features. This foliation is associated to a partitioned ductile transpressional episode of deformation developed under both sinistral (more important) and destral displacements. A second non-pervasive planar-linear deformational fabric is observed overprinting the early milonitic one. This features are present in both basement and supracrustal rocks (mainly the Grão Pará Group) where this early fabric may be not present. This new foliation is a brittle cleavage that can reach different stages of development from a coarse brechia placed along fault zones to a spaced disjunctive cleavage (from a typical fracture cleavage to a slaty cleavage) along shear bands. This foliation may be accompanied for a structural constructed lineation (slickenlines and slickensides). The general orientation of this set of foliation places around the NW-SE and NE-SW directions, most of them along the first trend. This fabric is associated to a sinistral-dextral transpressional deformational event, able to reativate part of the early milonitic one. Hydrothermal mineral assemblages forming veins fills the shear bands and associated features. This fabric is supposed to be formed by cataclastic flow during high fluid-pressure along tectonic conducts related to the Carajás Fault reactivation during its nucleation about 2.7Ga.
Keywords: Petrologia
Geologia estrutural
Geologia - Carajás, Serra dos (PA)
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GEOLOGIA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracterizacaoEstruturalBorda.pdf237,16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons