Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11827
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 16-Jun-2011
metadata.dc.creator: RUDNITZKI, Isaac Daniel
metadata.dc.contributor.advisor1: NOGUEIRA, Afonso César Rodrigues
Title: Fácies e isótopos de carbono e oxigênio da Formação Nobres, Neoproterozóico da Faixa Paraguai Norte, Mato Grosso.
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: RUDNITZKI, Isaac Daniel. Fácies e isótopos de carbono e oxigênio da Formação Nobres, Neoproterozóico da Faixa Paraguai Norte, Mato Grosso. Orientador: Afonso César Rodrigues Nogueira. 2011. 54 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11827. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Os últimos estágios da evolução orogênica da Faixa Paraguai Norte, sul do Cráton Amazônico, mostram um fechamento de uma margem passiva na transição Neoproterozóico-Cambriano, com a sedimentação predominantemente carbonática do Grupo Araras sucedida por depósitos siliciclásticos do Grupo Alto Paraguai. Os eventos que levaram à inibição da sedimentação carbonática estão, em parte, registrados na Formação Nobres, unidade de topo do Grupo Araras. Na porção sudeste da Faixa Paraguai Norte, região de Cáceres (MT), a Formação Nobres é limitada na base por uma superfície brusca, sobrepondo os dolomitos da Formação Serra do Quilombo, e no topo, é sobreposta discordantemente pelos depósitos costeiros siliciclásticos da Formação Raizama do Grupo Alto Paraguai. A Formação Nobres é constituída de ciclos de raseamento/salinidade crescente ascendente (shallowing/brining upward) de perimaré relacionados a um clima árido e foi subdividida em dois membros: i) membro inferior, composto de dolomitos fino maciços, dolopackstones intraclásticos com acamamentos enterolítico e de megaripple, laminação ondulada com mud drapes, dolomito com moldes evaporíticos silicificados e estromatólitos estratiformes a dômicos, interpretados como depósitos de planície de maré/sabkha; e ii) membro superior, composto de dolomitos fino com acamamento maciço, arenitos dolomíticos com acamamento de megaripples, laminação ondulada com mud drapes, estromatólitos estratiformes a dômicos e rugosos, dolomitos com moldes de evaporítos silicificados, arenitos com laminações cruzada cavalgante e de baixo ângulo, e pelitos com laminações plano-paralela e ondulada, interpretados como depósitos de planície de maré mista. O arcabouço quimioestratigráfico da Formação Nobres inclui valores de 13C e 18O entre -2,19 a 0,27‰ e -7,42 a -4,25‰VPDB, respectivamente. Os valores de 13C são considerados como primários e representativos da composição original da água do mar neoproterozóica. A análise da curva de estratigrafia de δ13C em conjunto com a interpretação faciológica e seguindo o modelo de estratificação de águas oceânicas durante o Ediacarano, permitiu a identificação de quatro padrões isotópicos para a sucessão estudada: tipo I, relacionado à plataforma rasa influenciada por ondas e tempestades da Formação Serra do Quilombo, com valores a δ13C próximos de zero variando de -0,27 a 0,4‰VPDB relacionado à mistura de águas estratificadas do oceano; tipo II, referente à transição entre as formações Serra do Quilombo e Nobres, com valores de δ13C variando de -0,12 a 0,41‰ VPDB com trend positivo atribuído a fixação de 12C por atividade biológica; tipo III, definido como o sinal isotópico típico da Formação Nobres, com trend uniforme e oscilando entre valores δ13C de -1,80 a -0,13‰VPDB relacionado a variação do nível do mar; e tipo IV, com trend serrilhado e valores de δ13C de -2,19 a -0,73‰ VPDB indicativos de períodos de reequilíbrio isotópico das águas de perimaré. O empilhamento de até 200m dos ciclos de perimaré sugere geração contínua e recorrente de espaço de acomodação provavelmente ligado à subsidência tectônica. O influxo siliciclástico no final da deposição da Formação Nobres, inibindo a sedimentação carbonática, é atribuída ao soerguimento de áreas-fontes ligada ao início do fechamento do Oceano Clymene, durante a colisão Pampeana-Araguaia no limite Neoproterozoico-Cambriano.
Abstract: The lastest stages of orogenic evolution of the Northern Paraguay Belt, south of the Amazon Craton, are related to a closure of a passive margin in the Neoproterozoic-Cambrian transition. In this basin, the predominant carbonate sedimentation of the Araras Group was succeeded by siliciclastic deposits of the Alto Paraguay Group. Events that led to the inhibition of carbonate sedimentation were partially recorded in the Nobres Formation, uppermost unit of the Araras Group. In the southern part of the Northern Paraguay Belt, in the Cáceres region, state of Mato Grosso, Central Brazil, the Nobres Formation overlies in unconformity the dolostones of the Serra do Quilombo Formation, and is overlain unconformably by coastal siliciclastic deposits of the Raizama Formation of the Alto Paraguai Group. The Nobres Formation consists of shallowing / brining upward small-scale arid peritidal cycles subdivided into two members: (i) lower member, composed of massive dolostone, intraclastic dolopackstones with enterolithic and megaripple bedding, wavy lamination with mud drapes, dolostone with silicified evaporite molds and domic to stratiform stromatolites, interpreted as tidal flat/sabkha deposits; and (ii) upper member, consisting of massive dolostone, dolomitic sandstone with megaripple bedding, wavy lamination with mud drapes, domic to stratiform and wrinkled stromatolites, dolostones with silicified evaporates molds, sandstones with low angle and climbing ripple cross lamination and mudstones with even parallel and wavy lamination, interpreted as mixed tidal flat deposits. The chemostratigraphic framework of Nobre Formation includes values of 13C and 18O between -2.19 and 0, 27‰VPDB and -7.42 and -4.25‰VPDB, respectively. The δ13C values are primary and representative of the original composition of Neoproterozoic seawater. The analysis of the δ13C stratigraphic curve in combination with the facies interpretation and following the Ediacaran stratified ocean model, allowed the identification of four isotopic patterns of the studied succession: type I, related to the storm wave to storm influenced shallow platform of Serra do Quilombo, with δ13C values near zero ranging from -0.27 to 0.4 ‰VPDB interpreted as a mixing of stratified waters of the ocean; type II, which refers to the transition between Serra do Quilombo and Nobres formations, with δ13C values ranging from -0.12 to 0.41 ‰VPDB, whose positive trend is interpreted as the fixation of 12C by biological activity; type III, defined as the typical isotopic signal of the Nobres Formation, trending and ranging from uniform values δ13C from -1.80 to -0.13‰VPDB related to changes in sea level; and type IV, that consist of crinkled pattern with δ13C values from -2.19 to -0.73‰VPDB indicative of isotopic reequilibrium of peritidal waters. The stacking of peritidal cycles, up to 200 m thick, suggests continuous and recurrent generation of accommodation with probably linked to tectonic subsidence. The siliciclastic inflow in the end of the deposition of the Nobres Formation, hindered the carbonate sedimentation, and it is attributed to uplift of source areas linked to the initial phase of the closure of Clymente Ocean, during the Pampean-Araguaia orogeny at the Neoproterozoic-Cambrian limit.
Keywords: Análise de fácies
Isótopos
Neoproterozóico
Faixa Paraguai
Formação Nobres
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FaciesIsotoposCarbono.pdf7,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons