Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11867
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorHOLANDA, Rafael Mansano-
dc.date.accessioned2019-09-27T14:26:31Z-
dc.date.available2019-09-27T14:26:31Z-
dc.date.issued2017-07-03-
dc.identifier.citationHOLANDA, Rafael Mansano. Modelagem sísmica acústica e elástica por diferenças finitas e imageamento do depósito de minério de ferro N4WS no estado do Pará. Orientador: João Carlos Ribeiro Cruz. 110 f. Dissertação (Mestrado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11867. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11867-
dc.description.abstractThe finite difference method consists in the numerical resolution of differential equations and one of its applications is a solution of the wave equations or elastodynamics, by replacing the partial derivatives in space and time by their approximations of finite differences. The present work consisted in the accomplishment of the seismic modeling using the method of the finite differences, to acoustic and elastic case. Then, we performed the seismic imaging, to acoustic case, in a model that simulates an iron ore deposit area of N4WS, located in the mineral province of Carajás, in the state of Pará. We found a heterogeneous, isotropic and bidimensional velocity model to acoustic and elastic cases. In order to generate the synthetic seismogram, we executed the program FDSKALAR, to acoustic case, and SOFI2D, to elastic case, using fourth-order approximation of the equation of acoustic and elastic wave in space and time. For a validation of the programs of finite differences and aid in the interpretation of the events, we compared the results with the travel times obtained by the ray theory. After the seismic modeling, we accomplished the processing of the data generate, using the open-source software package Seismic Unix, to obtain an image of the reflector contained in the mineral model. In this way, we searched a better understanding and control on the problems of seismic modeling and imaging, contributing to an interpretation of seismic data and understanding about a seismic wave propagation in environments where there are significant heterogeneities. In addition, we sought to demonstrate the application of seismic methods in the study and delimitation of mineral bodies.en
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectModelagem sísmicapt_BR
dc.subjectDiferenças finitaspt_BR
dc.subjectImageamentopt_BR
dc.subjectDepósito de ferropt_BR
dc.subjectSísmica na mineraçãopt_BR
dc.subjectSeismic modelingen
dc.subjectFinite differenceen
dc.subjectElastic waveen
dc.subjectIron depositsen
dc.subjectMineral seismicen
dc.titleModelagem sísmica acústica e elástica por diferenças finitas e imageamento do depósito de minério de ferro N4WS no estado do Parápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICApt_BR
dc.contributor.advisor1CRUZ, João Carlos Ribeiro-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8498743497664023pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9935722626839665pt_BR
dc.description.resumoO método das diferenças finitas consiste na resolução numérica de equações diferenciais e uma de suas aplicações é na solução das equações da onda ou elastodinâmica, pela substituição das derivadas parciais no espaço e no tempo por suas aproximações de diferenças finitas. O presente trabalho constituiu-se na realização da modelagem sísmica empregando o método das diferenças finitas, tanto para o caso acústico como elástico. Em seguida, realizou-se o imageamento sísmico, para o caso acústico, em um modelo que simula a área do depósito de minério de ferro de N4WS, localizado na Província mineral do Carajás, no estado do Pará. Para isso, foi considerado um modelo de velocidade heterogêneo, isotrópico e bidimensional para os casos acústico e elástico. Para gerar o sismograma sintético, foram utilizados os programas FDSKALAR, para o caso acústico, e SOFI2D, para o caso elástico, empregando aproximação de quarta ordem da equação da onda acústica e elástica no espaço e no tempo. Para a validação dos programas de diferenças finitas e auxílio na interpretação dos eventos presentes nos sismogramas, realizou-se a comparação com os tempos de trânsito obtidos pela teoria do raio. Após a modelagem sísmica, efetuou-se o processamento dos dados gerados, através do pacote de código aberto de softwares Seismic Unix, com o objetivo de gerar uma imagem do refletor presente no modelo de mineração. Desta maneira, procurou-se um melhor entendimento e controle sobre os problemas da modelagem sísmica e imageamento, contribuindo para a interpretação de dados sísmicos e compreensão sobre a propagação das ondas sísmicas em meios onde existem heterogeneidades significativas. Além disso, buscou-se demonstrar a aplicação dos métodos sísmicos no estudo e delineamento de corpos minerais.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geofísicapt_BR
dc.subject.linhadepesquisaTÉCNICAS DE IMAGEAMENTO SÍSMICOpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoMÉTODOS SÍSMICOSpt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ModelagemSismicaAcustica.pdf7,85 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons