Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11933
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGUIMARÃES, Lívia Isadora de Almeida-
dc.date.accessioned2019-10-16T16:57:00Z-
dc.date.available2019-10-16T16:57:00Z-
dc.date.issued2011-02-01-
dc.identifier.citationGUIMARÃES, Lívia Isadora de Almeida. Estudo sistemático de gastrópodes neógenos, com ênfase ao gênero Tryonia (STIMPSON, 1865), Formação Solimões, Estado do Amazonas. Orientadora: Maria Inês Feijó Ramos. 2011. 86 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11933 . Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11933-
dc.description.abstractThe Solimões Formation is a geologic unit composed of neogene deposits, situated in brazilian Western Amazonia. These deposits are correlated with Pebas (Peru and Colombia), Curaray (Ecuador) and Urumaco Formations (Venezuela), forming the Pebas system. The lithology of Solimões Formation is mainly composed of clay and sand. Regarding to the palaeoecology of the unit, the majority of previous papers point to a freshwater (fluviolacustrine) or brackish water environment. The Formation is also known for being richly fossiliferous, consisting of palinonology, vertebrate and invertebrate material, especially ostracods and mollusks. The studies about mollusks in this area are few, especially those one regarding to gastropods, which are remote. Therefore, this paper intents to contribute to the taxonomic study of gastropods from 1 AS 34-AM (on the Jutaí riverbank) borehole, as well as Morada Nova and Aquidabã outcrops (on the Juruá riverbank), in the Amazonas state, besides helping in the palaeoenvironmental and biostratigraphic interpretations of the study unit. The gastropod analyses of the outcrop samples allowed the register of ?Pachychilidae family and Onobops (Cochliopidae) genus in Aquidabã, as well as Planorbidae and Hemisinus kochi (Thiaridae) in Morada Nova. The 1 AS 34-AM showed a great abundance and diversity of gastropods. Two families were identified in this borehole: Thiaridae and Cochliopidae. The Cochliopidae is the most diverse and abundant in the samples, represented at least by two genus: Dyris and Tryonia, being the last one the subject of the present study. The systematic study of Tryonia genus allowed the identification of Tryonia scalarioides scalarioides species, beyond three other species which stayed in opened nomenclature. The presence of Tryonia genus in the studied samples infers an environment with a low salinity and a low energetic flow. The presence of T. s. scalarioides between the 121.09 and 130.85 m of depth from the 1 AS 34-AM borehole allowed a correlation between this interval and MZ8-12 biozones, defined in previous papers as Middle – Late Miocene. The register of Hemisinus kochi in Morada Nova at MN2 and MN5 levels suggests a correlation with MZ8 biozone, Middle Miocene. Given this, it is possible that 1 AS 34-AM borehole and Morada Nova outcrop were, at least in part, contemporary. However, a specific taxonomic identification of other gastropod groups from the study area is necessary for a more precise result.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectGastrópodes, Fóssil - Amazonas (Estado)pt_BR
dc.subjectPalinologiapt_BR
dc.titleEstudo sistemático de gastrópodes neógenos, com ênfase ao gênero Tryonia (STIMPSON, 1865), Formação Solimões, Estado do Amazonaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.contributor.advisor1RAMOS, Maria Inês Feijó-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4546620118003936pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9430645892208617pt_BR
dc.description.resumoA Formação Solimões é uma unidade geológica formada de depósitos neógenos, situados na Amazônia Ocidental brasileira. Tais depósitos estão correlacionados com a Formação Pebas (Peru e Colômbia), a Formação Curaray (Equador) e a Formação Urumaco (Venezuela), gerando o Sistema Pebas. Do ponto de vista litológico, a Formação Solimões compõe-se, sobretudo, de sedimentos argilosos e arenosos. Em se tratando da paleoecologia, a maior parte dos trabalhos anteriores aponta para um ambiente dulcícola (fluviolacustre) ou de águas salobras. A Formação também é conhecida por ser ricamente fossilífera, compreendendo a palinologia, vertebrados e invertebrados, sobretudo ostracodes e moluscos. Poucos são os estudos sobre os moluscos desta unidade, principalmente no que se refere aos gastrópodes, sendo estes remotos. Assim, o presente trabalho visa contribuir com o estudo taxonômico dos gastrópodes oriundos da perfuração 1AS34-AM (às margens do rio Jutaí), bem como dos afloramentos Morada Nova e Aquidabã (às margens do rio Juruá), estado do Amazonas, além de contribuir com as interpretações paleoambientais e bioestratigráficas da unidade em apreço. A análise dos gastrópodes nas amostras analisadas dos afloramentos permitiu o registro da família ?Pachychilidae e do gênero Onobops (Cochliopidae) em Aquidabã, bem como Planorbidae e Hemisinus kochi (Thiaridae) em Morada Nova. O testemunho 1AS-34-AM apresentou uma grande abundância e diversidade do grupo. Duas famílias foram identificadas neste testemunho: Thiaridae e Cochliopidae. A família Cochliopidae é a mais diversa e abundante nas amostras analisadas, estando representada principalmente pelos gêneros Dyris e Tryonia, sendo o segundo objeto do presente estudo. O estudo sistemático do gênero Tryonia, permitiu a identificação da subespécie Tryonia scalarioides scalarioides além de outras três espécies que ficaram em nomenclatura aberta. A presença de Tryonia nas amostras estudadas infere um ambiente predominantemente de baixa salinidade e baixo fluxo energético. O registro de T. s. scalarioides no intervalo de 121,09 a 130,85 m do testemunho 1 AS 34-AM permitiu correlacioná-lo com as biozonas MZ8 a MZ12 definida em trabalhos anteriores e de idade Mioceno Médio a Superior. O registro de Hemisinus kochi em Morada Nova nos níveis MN2 e MN5 indicam que este intervalo é correlacionado com a biozona 8, do Mioceno Médio. Diante disso, é possível que a perfuração 1 AS 34-AM e o afloramento Morada Nova fossem, pelo menos em parte, contemporâneos. Contudo, faz-se necessária a identificação taxonômica específica de um maior número de táxons gastrópodes presentes em ambas as áreas de estudo para um resultado mais preciso.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímicapt_BR
dc.subject.linhadepesquisaANÁLISE DE BACIAS SEDIMENTARESpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoGEOLOGIApt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoSistematicoGastropodes.pdf6,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons