Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12080
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 12-Jul-2019
metadata.dc.creator: SOUZA, Larissa Costa de
metadata.dc.contributor.advisor1: CORRÊA, José Augusto Martins
metadata.dc.contributor.advisor2: MENDES, Rosivaldo Alcântara
Title: Estudo dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) em amostras de água e material particulado em suspensão no rio Aurá, Belém – PA.
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SOUZA, Larissa Costa de. Estudo dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) em amostras de água e material particulado em suspensão no rio Aurá, Belém – PA. Orientador: José Augusto Martins Corrêa. 2019. 93 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12080. Acesso em : .
metadata.dc.description.resumo: Os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) são contaminantes orgânicos ubíquos gerados por processos naturais e antropogênicos. Eles são formados principalmente durante a decomposição da matéria orgânica induzida por altas temperaturas. São compostos persistentes e que podem ser transportados por longas distâncias. Dezesseis desses HPA são considerados prioritários em estudos ambientais pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (US EPA), devido as suas propriedades tóxicas, mutagênicas e carcinogênicas. Este trabalho teve como objetivo avaliar a contaminação ambiental por HPA, no rio Aurá, através dos níveis estabelecidos pela legislação e suas possíveis fontes de origem em amostras de água e Material Particulado em Suspensão (MPS). Dez amostras de água e MPS foram coletadas em dois períodos distintos (Chuvoso e Menos Chuvoso). As técnicas de extração utilizadas foram o SPE automatizado para as amostras de água e extração assistida por micro-ondas para as amostras de MPS. As amostras foram analisadas em Cromatógrafo Gasoso acoplado a Espectrômetro de Massas com Triploquadropolo. Em água, as concentrações de HPA encontradas ficaram abaixo do limite de detecção do equipamento. No MPS, as concentrações totais de HPA variaram de 31,71 a 2.498,15 μg L-1, no período menos chuvoso e de 31,71 a 2.865,84 μg L-1, no período chuvoso. A discriminação das fontes de HPA e seu potencial de toxicidade é necessário para avaliar seus efeitos no meio ambiente. As fontes dos HPA tenderam para uma associação à origem petrogênica, porém foram classificadas como de origem mista, petrogênica e pirolítica, devido às respostas obtidas nas razões diagnósticas aplicadas. Estudos anteriores realizados no sedimento de fundo do rio Aurá, enquanto o aterro sanitário estava em funcionamento, mostraram uma predominância de HPA de origem pirogênicas, enquanto que os resultados obtidos neste estudo, após a desativação do aterro, mostraram uma maior concentração de fontes petrogênicas, indicando a influência que o aterro exercia sobre a área de estudo.
Abstract: Polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH) are ubiquitous organic contaminants generated by natural and anthropogenic processes. They are formed, mainly, during the decomposition of organic matter which is induced by high temperatures. They are persistent compounds that can be transported over long distances. The US Environmental Protection Agency (US EPA) considers sixteen of these PAH, because of their toxic, mutagenic and carcinogenic properties. The objective of this study was to evaluate the environmental contamination by PAH in the Aurá river, against the levels established by the legislation, and its possible sources in water samples and in suspended particulate matter (SPM). Ten samples of water and SPM were collected in two distinct seasons (rainy and less Rainy). The extraction techniques used were automated SPE for water samples and microwave assisted extraction for the SPM samples. Samples were analyzed in Gas Chromatography coupled to a Mass Spectrometer with Triple quadropole. In water the concentrations of PAH found were below the detection limit of the equipment. PAH total concentrations founded in SPM ranged from 31.71 to 2.498,15 μg L-1 in the Less Rainy season and from 31.71 to 2865.84 μg L-1 in the rainy season. Discrimination of PAH sources and their toxicity potential are required to assess their effects on the environment. The PAH sources tended to be associated with petrogenic source but were classified as mixed, petrogenic and pyrolytic sources, due to the responses obtained with the diagnostic ratios applied. Previous studies carried out on the bottom sediment of the Aurá River, while the landfill was in operation, showed a predominance of PAH from pyrogenic origin while the results obtained in this study after the landfill deactivation showed a higher concentration of petrogenetic sources indicating the influence of the landfill on the study area.
Keywords: Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos
Pará
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoHidrocarbonetosPoliciclicos.pdf3,16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons