Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12099
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Jun-2013
metadata.dc.creator: ALENCAR, Larissa Fontinele de
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
Title: (Des)silenciando os rastros da marujada de São Benedito em crônicas da revista Bragança ilustrada
Citation: ALENCAR, Larissa Fontinele de. (Des)silenciando os rastros da marujada de São Benedito em crônicas da revista Bragança ilustrada. Nova Revista Amazônica, Bragança, v. 1, n. 1, p. 48-67, jan./jun. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.18542/nra.v1i1.6275. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12099. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Propõem-se a análise das crônicas “O Esperado” de Lobão da Silveira e “O Chamado” de Jorge Ramos, ambas publicadas na década no ano de 1952, na revista Bragança Ilustrada, a partir da suposição do silenciamento de rastros reminiscentes ao período de escravidão dos negros e à religião afrodescendente no Brasil, que produzem múltiplos indicadores de uma resistência silenciosamente observada em códigos literários que omitem as evidências de uma cultura originariamente africana sincretizada com o catolicismo dominante na época do Brasil-Colônia. Deste modo, ressaltaremos estudos do rastro e do silêncio, assim como uma breve discussão teórica sobre a memória, dialogando com uma abordagem etnográfica sobre a Marujada de São Benedito de Bragança-Pa para, em seguida, analisarmos as crônicas.
Abstract: We propose the analysis of chronic “O Esperado” by Lobão da Silveira and “O Chamado” by Jorge Ramos, both published in the decade in 1952, in the magazine Bragança Ilustrada, on the assumption the silencing of tracks reminiscent of the period of slavery black and religion of African descent in Brazil, which produce multiple indicators of resistance silently observed in literary codes which omit evidence of a culture originally syncretized with African Catholicism dominant in the era of colonial Brazil. Thus, we will highlight studies of the trail and silence, as well as a theoretical discussion about memory, dialoguing with an ethnographic approach about the Marujada de São Benedito from Bragança-Pa, and then analyzes the chronicles.
Keywords: Silêncio
Resistência
Marujada
Silence
Resistance
Series/Report no.: Nova Revista Amazônica
ISSN: 2318-1346
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: https://periodicos.ufpa.br/index.php/nra/article/view/6275
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.18542/nra.v1i1.6275
Appears in Collections:Artigos - NRA/UFPA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_SilenciandoRastrosMarajuda.pdf781,79 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons