Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12236
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorNUNES, Hyngra Suellen de Jesus-
dc.date.accessioned2020-01-27T19:23:54Z-
dc.date.available2020-01-27T19:23:54Z-
dc.date.issued2019-03-29-
dc.identifier.citationNUNES, Hyngra Suellen de Jesus. "Do cacau ao chocolate": contribuição do agroturismo ao desenvolvimento territorial na região transamazônica - PA. Orientador: Aquiles Vasconcelos Simões. 2019. 111 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) - Núcleo de Meio Ambiente, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12236. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12236-
dc.description.abstractThe cultivation of cocoa is currently in full expansion in Pará, with emphasis on the Transamazônica region, the main state producer pole that encompasses seven municipalities, including Medicilândia, the largest producer of cocoa almonds in the country. The cocoa crop present on the shores of the Transamazônica is an activity that generates jobs and moves the economy in the region, but little reflects on the quality of life of the inhabitants of the region. This is largely observed due to the high degree of informal transactions, by the presence of a market structure that does not favor the development of the territory, coupled with the lack of horizontal and vertical production arrangements capable of generating economic, social and cultural benefits to the region. In this context, the present research proposes to analyze the possibilities and potentialities of tourism contribution to the territorial development of the Transamazônica region, through the valorization of the productive chain "cocoa to chocolate" in the region. The idea was based on the assumption that cocoa is the differentiator element of the Tranzamazônica region and that, therefore, is the generating factor of social and economic transformations in the life of the small family-based farmer. For this purpose, a qualitative descriptive and exploratory study was proposed, which included field research and semi- structured interviews with representatives of the public authorities (CEPLAC, SEDEME, SEDAP, SETUR), regional chocolate manufacturers, society organized, civil society (cooperatives, organisations), as well as producers and farmers of cocoa. The methodological procedure included bibliographical and documentary surveys. The results pointed to the idea of greater integration between the cocoa chains and the modality of tourism in the rural area in the Transamazônica, as an example of measures that integrate agrotourism into the agro-food sector, valuize the relationship between product and territory, linked to the redemption of historical and cultural values of the Transamazônica and the appreciation of the regional natural heritage. It was possible to conclude that the development of agrotourism associated with the "cocoa to chocolate" production chain is configured as an alternative capable of contributing to the development of the Transamazonian territory, so you need to think about policies that do not are attached to models only replicated from other regions, that is, recognize the social and territorial diversity as well as the peculiarities of the Tranzamazonian region.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectCacaupt_BR
dc.subjectChocolatept_BR
dc.subjectCadeia produtivapt_BR
dc.subjectTurismopt_BR
dc.subjectDesenvolvimento territorialpt_BR
dc.subjectRodovia Transamazônicapt_BR
dc.title"Do cacau ao chocolate": contribuição do agroturismo ao desenvolvimento territorial na região transamazônica - PApt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentNúcleo de Meio Ambientept_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::SOCIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTOpt_BR
dc.contributor.advisor1SIMÕES, Aquiles Vasconcelos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0471255070027912pt_BR
dc.contributor.advisor-co1BASTOS, Rodolpho Zahluth-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0697476638482653pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8207080010534884pt_BR
dc.description.resumoO cultivo do cacau encontra-se hoje em plena expansão no Pará, com destaque para a região da Transamazônica, principal polo produtor estadual que engloba sete municípios, dentre eles Medicilândia, maior produtor de amêndoas de cacau do país. A lavoura cacaueira presente às margens da Transamazônica é uma atividade que gera empregos e movimenta a economia na região, porém pouco refletem na qualidade de vida dos habitantes da região. Isso é observado em grande parte devido ao grau elevado de transações informais, pela presença de uma estrutura de mercado que não favorece o desenvolvimento do território, aliados à carência de arranjos horizontais e verticais de produção capazes de gerar benefícios econômicos, sociais e culturais à região. Nesse contexto, o presente trabalho propôs analisar as possibilidades e potencialidades de contribuição do turismo para o desenvolvimento territorial da região Transamazônica, por meio da valorização da cadeia produtiva “do cacau ao chocolate” na região. A ideia partiu do pressuposto de que o cacau é o elemento diferenciador da região Transamazônica e que, portanto, é o fator gerador de transformações sociais e econômicas na vida do pequeno agricultor de base familiar. Para tanto, realizou-se um estudo qualitativo de caráter descritivo e exploratório, que incluiu pesquisa de campo e entrevistas semiestruturadas com representantes do poder público (CEPLAC, SEDEME, SEDAP, SETUR), fabricantes de chocolate regional, sociedade civil organizada (cooperativas, organizações), além de produtores e agricultores do cacau. O procedimento metodológico incluiu levantamento bibliográfico e documental. Os resultados apontaram para a ideia de maior integração entre as cadeias do cacau e a modalidade do turismo no espaço rural na Transamazônica, a exemplo de medidas que integrem o agroturismo ao setor agroalimentar, valorizem a relação entre produto e território, atreladas ao resgate de valores históricos e culturais da Transamazônica e à valorização do patrimônio natural regional. Foi possível concluir que o desenvolvimento do agroturismo associado à cadeia produtiva “do cacau ao chocolate” se configura como alternativa capaz de contribuir com o desenvolvimento do território da Transamazônica, para tanto é preciso pensar políticas que não fiquem presas a modelos apenas replicados de outras regiões, ou seja, que reconheçam a diversidade social e territorial bem como as peculiaridades da região Transamazônica.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazôniapt_BR
dc.subject.linhadepesquisaGESTÃO AMBIENTALpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoGESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DESENVOLVIMENTO LOCALpt_BR
dc.description.affiliationPrefeitura Municipal de Maritubapt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CacauChocolateContribuicao.pdf3,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons