Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12241
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 6-ago-2019
Autor(es): SILVA, Bruno Gilmar Silva da
Primer Orientador: RUIVO, Maria de Lourdes Pinheiro
Título : Percepção ambiental e aspectos socioeconômicos do município de Marapanim – Pará/Brasil.
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : SILVA, Bruno Gilmar Silva da. Percepção ambiental e aspectos socioeconômicos do município de Marapanim – Pará/Brasil. Orientadora: Maria de Lourdes Pinheiro Ruivo. 2019. 95 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12241. Acesso em: .
Resumen: O presente trabalho aborda o tema da percepção ambiental e aspectos socioeconômicos nas comunidades Camará, Cipoteua e São João, pertencentes ao município de Marapanim, Pará, Brasil. O objetivo geral desse estudo foi destacar qual a percepção do homem em relação ao meio ambiente que o cerca, além de descrever o perfil socioeconômico das comunidades e a influência do período sazonal nas atividades desenvolvidas. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizada a aplicação de questionários com perguntas objetivas e subjetivas a 118 moradores, sendo Camará (n = 60), Cipoteua (n = 32) e São João (n = 26), através de visitas às comunidades. Utilizou-se a estatística descritiva e o método estatístico kruskal-wallis para a análise dos dados. Com base nos resultados obtidos e nas observações realizadas, foi possível constatar que os moradores entrevistados possuem baixo nível de escolaridade, utilizam os recursos naturais para obtenção de renda, como a pesca artesanal (Camará), agricultura de subsistência (Cipoteua) e agricultura mecanizada (São João), além dos benefícios concedidos pelo Governo Federal. Os entrevistados da comunidade de São João possuem renda bruta mensal superior comparado com as Comunidades Camará e Cipoteua. Foi possível verificar precariedade no acesso aos serviços básicos como coleta de lixo, abastecimento de água e esgotamento sanitário. Houve variações significativas de percepção com relação aos aspectos ambientais analisados em cada comunidade, como foi o caso da qualidade da água e da condição da vegetação. 91% dos entrevistados nessa pesquisa afirmou que ocorre maior produtividade nas principais atividades agroextrativistas desenvolvidas durante o período chuvoso. Nesse contexto, estudos a partir da temática percepção ambiental e socioeconômica é uma importante ferramenta na busca de compreender como os aspectos ambientais podem influenciar as comunidades que dependem dos recursos naturais, como também para o estabelecimento de programas de fomento às atividades já desenvolvidas na área estudada. Ao final do estudo, foi possível constatar a importância do mesmo para o estabelecimento de ações e políticas públicas.
Resumen : The present work addresses the theme of environmental perception and socioeconomic aspects in the Camará, Cipoteua and São João communities, belonging to the municipality of Marapanim, Pará, Brazil. The general objective of this study was to highlight the perception of men in relation to the surrounding environment, besides describing the socioeconomic profile of the communities and the influence of the seasonal period on the activities developed. As data collection instrument, it was used the application of questionnaires with objective and subjective questions to 118 residents, being Camará (n = 60), Cipoteua (n = 32) and São João (n = 26), through visits to the communities. . Descriptive statistics and the kruskal-wallis statistical method were used for data analysis. Based on the results obtained and the observations made, it was found that the interviewed residents have a low level of education, use natural resources for income, such as artisanal fishing (Camará), subsistence agriculture (Cipoteua) and mechanized agriculture (São João), in addition to the benefits granted by the Federal Government. Respondents from the São João community have higher monthly gross income than the Camará and Cipoteua communities. It was possible to verify precarious access to basic services such as garbage collection, water supply and sanitary sewage. There were significant variations in perception regarding the environmental aspects analyzed in each community, such as water quality and vegetation condition. 91% of respondents in this survey stated that higher productivity occurs in the main agro-extractive activities developed during the rainy season. In this context, studies based on the thematic environmental and socioeconomic perception is an important tool to understand how environmental aspects can influence communities that depend on natural resources, as well as for the establishment of programs to promote activities already developed in the studied area. . At the end of the study, it was possible to see its importance for the establishment of actions and public policies.
Palabras clave : Aspectos sociais
Aspectos econômicos
Meio ambiente
Comunidade
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: CLIMA E DINÂMICA SOCIOAMBIENTAL NA AMAZÔNIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS E DINÂMICAS SOCIOAMBIENTAIS
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Museu Paraense Emílio Goeldi
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
MPEG
Instituto: Instituto de Geociências
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Aparece en las colecciones: Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_PercepcaoAmbientalAspectos.pdf2,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons