Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12277
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorOLIVEIRA, Fernando Andrade de-
dc.date.accessioned2020-02-06T12:13:15Z-
dc.date.available2020-02-06T12:13:15Z-
dc.date.issued2019-12-29-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Fernando Andrade de. Depósitos costeiros e microbialitos da Formação Itaituba, o Pensilvaniano da borda sul da Bacia do Amazonas, região de Placas, Pará. Orientador: José Bandeira Cavalcante da Silva Júnior. 2019. 56 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12277. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12277-
dc.description.abstractThe Itaituba Formation in the Amazon Basin represents a Bhaskiriana-Moscowian carbonate succession, composed of fossiliferous limestone, fine dolomite, fine to coarsegrained sandstone, gray shales and evaporites. Outcrop-based facies and stratigraphic analysis combined with microfacies study allowed the paleoenvironmental reconstitution of the Itaituba Formation, on the southern border of the Amazon Basin, Southwestern of Pará State. The 14mthick carbonate succession with occurrence of microbialites, consists of 9 facies and microfacies, such as: a) laminated shale (F1); b) laminated sandstone (Al); c) laminated siltstone (Sl); d) massive sandstone (Mm); e) mudstone with desiccation cracks (Mg); f) wackestone bioclastic (Wb); g) packstone bioclastic (Pb), h) oncolitic floatstone (Fo) and i) boundstone. These facies are grouped into two facies association (AF): AF1, lagoon / tidal flat deposits, consisting of facies Fl, Al, Sl, Mm, Mg, Wb, related to the flat and laterally continuous buildings with predominance of facies F1, interlayed by centimeter layers of facies Wb and Pb, organized in a fining upward cycle and; and AF2, shoal / barrier island, constituted by Pb facies and Fo and Bd facies, with Pb displayed in continuous flat and lateral bodies and Fo and Bd in lensshaped bioherms. Fo facies are the oncolytic microbilites and associated with microstromatolites, described as M1 and M2a morphotypes, and Bd facies, include columnar stromatolitic forms, described as M2b and M2c morphotypes. The depositional model of the Itaituba Formation in the Placas-PA region consists of a coastal system with lagoon, shoals / barrier island and tidal flat. Microbialites developed in the coastal region in the Amazon Basin during the Bashkirian-Moscovian transition, representing a transition to more restrictive environmental conditions in relation to fauna and flora, and more conducive to the proliferation of cyanobacteria, with probably increased alkalinity in water. These cyanobacteria evidences are record, for the first time, in Carboniferous rocks of the Amazon Basin improved the knowledge related to the carbonate fabric dispersion during the implantation of the Itaituba epicontinental sea in the Western Gondwana.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectBacia do Amazonaspt_BR
dc.subjectFormação Itaitubapt_BR
dc.subjectDepósitos costeiropt_BR
dc.titleDepósitos costeiros e microbialitos da Formação Itaituba, o Pensilvaniano da borda sul da Bacia do Amazonas, região de Placas, Pará.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpt_BR
dc.contributor.advisor1SILVA JUNIOR, José Bandeira Cavalcante da-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8615194741719443pt_BR
dc.contributor.advisor-co1ROMERO, Guilherme Rafaelli-
dc.description.resumoA Formação Itaituba, na Bacia do Amazonas, representa uma sucessão carbonática de idade bhaskiriana-moscoviana, composta essencialmente por calcários fossilíferos, dolomitos finos, arenitos finos a grossos, folhelhos cinzas e evaporitos. O trabalho teve como objetivo realizar a reconstituição paleoambiental dos corpos aflorantes da Formação Itaituba, na borda sul da bacia do Amazonas, região de Placas, Estado do Pará. Para isso foi realizado estudo em afloramento de corte de estrada, em uma sucessão de 14 m, utilizando análise de fácies e microfácies, além da descrição em escala macroscópica, mesoscópica e microcópica dos microbialitos, que permitiu individualizar 9 fácies e microfácies: a) folhelho laminado (Fl); b) arenito laminado (Al); c) siltito laminado (Sl); d) mudstone maciço (Mm); e) mudstone com gretas de contração (Mg); f) wackestone bioclástico (Wb); g) packstone bioclástico (Pb), h) floatstones oncolíticos (Fo) e i) boundstones. Estas fácies são agrupadas em duas associações de fácies: a) AF1, depósitos de laguna/planície de maré, composta pelas fácies Fl, Al, Sl, Mm, Mg, Wb, disposta em camadas planas e lateralmente contínuas com predomínio da fácies Fl, intercalados por camadas centimétricas das fácies Wb e Pb, organizada em ciclo de de raseamento ascendente e ; b) (AF2), baixio/ilha barreira, constituída pelas fácies Pb, além das fácies microbialíticas Fo e Bd, com Pb disposta em corpos planares e lateralmente contínuos e Fo e Bd, em biohermas na forma de lentes. A fácies Fo, constitui os microbilitos oncolíticos e microestromatólitos a eles associados, descritos como morfotipos M1 e M2a, e a fácies Bd, inclui as formas estromatolíticas colunares, descritas como morfotipos M2b e M2c. O modelo deposicional da Formação Itaituba na região de Placas-PA, consiste de um sistema costeiro com laguna, baixios/ilha barreira e planície de maré. Os microbialitos desenvolveram-se durante a transição do Bashkiriano-Moscoviano, representando uma passagem para condições ambientais mais restritivas em relação a fauna e flora, e mais propícias a proliferação das cianobactérias, com provável elevação da alcalinidade na água. Estas evidências de cianobactérias são pela primeira vez registradas em rochas do Carbonífero da Bacia do Amazonas ampliando o conhecimento da composição da fábrica carbonática durante a implantação do mar epicontinental Itaituba no Gondwana Oeste.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímicapt_BR
dc.subject.linhadepesquisaANÁLISE DE BACIAS SEDIMENTARESpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoGEOLOGIA E GEOQUÍMICApt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DepositosCosteirosMicrobialitos.pdf6,53 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons