Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12393
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Sep-2017
metadata.dc.creator: PORTUGAL, Jéssica Feiteiro
FERNANDES, Daniel dos Santos
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
Title: Argila, rio, pontes e narrativas: gestalt social de um recomeço
Citation: PORTUGAL, Jéssica Feiteiro; FERNANDES, Daniel dos Santos. Argila, rio, pontes e narrativas: gestalt social de um recomeço. Nova Revista Amazônica, Bragança, v. 5, n. 3, p. 149-158, set. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.18542/nra.v5i3.6311. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12393. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: As áreas urbanas alagadiças de Altamira, município situado no sudoeste do Pará, estão localizadas às margens do principal componente hidrográfico da rodovia Transamazônica (BR-230), o Rio Xingu. Essas áreas, por onde atravessavam os igarapés afluentes do Xingu (igarapé Altamira, Ambé e Panelas), anualmente, em função do clima predominante na região, que varia de períodos de seca extrema às cheias de inverno, de fevereiro a abril, passavam por inundações periódicas decorrentes do regime hídrico do curso de água, as quais, resultavam em inúmeros impactos socioambientais às populações que residiam nessas localidades.
Keywords: Argila
Rio
Transamazônica
Series/Report no.: Nova Revista Amazônica
ISSN: 2318-1346
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: https://periodicos.ufpa.br/index.php/nra/article/view/6311
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.18542/nra.v5i3.6311
Appears in Collections:Artigos - NRA/UFPA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_ArgilaRioPontes.pdf1,73 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons