Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/13570
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 28-May-2015
metadata.dc.creator: VIEGAS, Jurema do Socorro Pacheco
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Joel Cardoso da
Title: Arte da voz e do corpo: poéticas de narradores urbanos (Melgaço-PA)
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: VIEGAS, Jurema do Socorro Pacheco. Arte da voz e do corpo: poéticas de narradores urbanos (Melgaço-PA). Orientador: Joel Cardoso da Silva. 2015. 180 f. Dissertação (Mestrado em Artes) - Programa de Pós-Graduação em Artes, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/13570. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Nesta pesquisa objetivamos analisar poéticas orais em vozes de moradores que habitam a cidade de Melgaço, no Marajó das Florestas-PA. Tomando por base o entrelaçamento rural-urbano na Amazônia e considerando que uma série de pesquisas sobre narrativas orais centraram-se em territórios rurais, interpretamos estas narrativas como modos de vida, criação, vivência artística e cultural produzidas em poéticas da voz, performances e estéticas por moradores urbanos de Melgaço; mapeamos movimentos criativos para apreender formas como os narradores socializam estas histórias que são inventadas, recriadas, sofrem adaptações ou entram em desusos nos viveres urbanos. Seguindo orientações teóricas dos Estudos Semióticos, Literários, Linguísticos, Psicológicos, Antropológicos e Culturais, em conexões com o campo da Arte, por meio da metodologia da História Oral, esforçamo-nos para adentrar a poeticidade oral de uma cidade da Amazônia Marajoara, captando a estética do imaginário que se elabora no cotidiano do sabercriar, gestado na arte do contar e do ouvir por moradores de Melgaço. Em nossa percepção, as narrativas orais urbanas recuperam, em seu conteúdo, memórias afroindígenas, heranças históricas, saberes práticos, artísticos, simbólicos, psicológicos, filosóficos e religiosos transmitidos de geração a geração em forma de aconselhamento e conduta humana. Mergulhados neste universo, descobrimos, pela morfologia da arte oral, que Melgaço, na voz de cada depoente, é o lugar de acolhimento, trabalho, encontros entre amigos e luta pela vida. Pelas vozes performatizadas, os poetas-narradores exteriorizam sentimentos de dedicação, carinho e amor pela cidade. A poética da voz visibiliza estéticas do imaginário local em que a arte de narrar tem um valor singular na vida de cada poeta por compartilhar felicidade, deleite para a alma, terapia para o corpo, momento de encontro e diálogo com o outro, entrelaçando diferentes tempos, espaços e gerações.
Abstract: In this research we aimed to analyse oral poetics in voices of residents who live in the city of Melgaço, in Forests' Marajó - PA. Taking as base the interlacement between rural-urban in the Amazon and considering that a lot of research about oral narratives focused on rural areas, we interpret these narratives as ways of life, creation, artistic and cultural existence produced in the poetic of the voice, performances and aesthetics by urban dwellers of Melgaço; We mapped creative movements to apprehend ways that the narrators socialize these histories that are invented, recreated, suffer adaptations or enter in disuses in urban lives. Following theoretical orientations of Semiotic Studies, Literary, Psychological, Anthropological and Cultural in connection with the Art field, using the methodology of Oral History, we strive to enter in the oral poeticity of a city of the Marajoara Amazon, capturing the imagination aesthetic that is elaborated in the everyday know-create, gestated in the art of telling and listening by residents of Melgaço. In our perception, the urban oral narratives recover, on its content, afroindígenous memories, historical heritages, practical knowledge, artistic, symbolic, psychological, philosophical and religious transmitted from generation to generation in form of counseling and human conduct. Dipped in this universe, we discovered, by the morphology of oral art, that Melgaço, in the voice of each deponente, is the place of reception, work, friends meetings and fight for life. By performantized voices, the storytellers-poets externalize feelings of dedication, affection and love for the city. The voice’s poetic makes visible the local imaginary aesthetics where the art of narrating has a unique value in the life of each poet because it shares happiness, delight for the soul, therapy for the body, moment of encounter and dialogue with one another, intertwining different times, spaces and generations.
Keywords: Narrativas orais - Melgaço/PA
Memória
Performance
Identidade
Cultura popular - Pará
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ARTES
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: HISTÓRIA, CRÍTICA E EDUCAÇÃO EM ARTES
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Arte
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Artes
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Artes (Mestrado) - PPGARTES/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ArteVozCorpo.pdf9 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons