Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/1688
Tipo: Dissertação
Data do documento: 11-Jun-2002
Autor(es): OLIVEIRA, Carlos Douglas de Sousa
Primeiro(a) Orientador(a): KATO, Maria do Socorro Andrade
Título: Percepção de agricultores familiares na adaptação do sistema de cultivo de corte e trituração
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: OLIVEIRA, Carlos Douglas de Sousa. Percepção de agricultores familiares na adaptação do sistema de cultivo de corte e trituração. 2002. 140 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Centro Agropecuário, Núcleo de Estudos Integrados sobre Agricultura Familiar, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2002. Curso de Mestrado em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável.
Resumo: A dificuldade que os agricultores têm de se apropriar de tecnologias geradas por instituições de Ciência e Tecnologia agropecuárias está relacionada com a dificuldade que têm os pesquisadores em incluir os agricultores em suas pesquisas, porém esse não é o principal problema, e sim a ausência de projetos que consigam articular-se com os sistemas cognitivos dos agricultores. Buscou-se interpretar a percepção dos agricultores sobre o sistema de cultivo de corte e trituração proposto pelo Projeto SHIFT capoeira à agricultores familiares do nordeste do Pará. Foram realizados experimentos participativos para comparar os sistemas corte-queima e corte-trituração a partir da percepção dos agricultores, enfocando-se principalmente a gestão do trabalho e o controle de invasoras no preparo do roçado. Os dados mais relevantes da pesquisa foram obtidos através do acompanhamento do preparo da roça de seis agricultores, momento em que pôde-se conhecer o saber tradicional mobilizado no sistema corte e queima. Assim pôde-se avaliar que o sistema corte e trituração não apresenta componentes que inviabilizem sua articulação com o saber tradicional.
Abstract: The difficult that small farmers have to obtain tecnologies generated from institutions of the science and tecnology is related with the difficult that researchers have to include the small farmers in their researches but that is not the main problem. The principal problem is the absent from the projects which trouble about to articulate with the cognitive system from small farmers. In this research it was searched to interprete the perception from small farmers on the system of the cultivation from the slash-andmulch proposed by SHIFT project in the northeast of Pará State. Several experiments were accomplised to compare slash-and-burn and slash-and-mulch system at beginning of the perception of the small farmers. It was focussed mainly the management of the work and control from invadeness in the cleared land prepared. The datas more relevant from research were obtained across the attendence of the prepare of the cleared land from the six small farmers. In this moment we can know the tradicional knowledge used in the slash-burn-system. So can appraise that slash and mulch does not present components which unpracticable its articulation with the tradicional knowledge.
Palavras-chave: Agricultura familiar
Transferência de tecnologia
Pará - Estado
Agricultura
Gestão
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
Instituto: Instituto Amazônico de Agriculturas Familiares
Programa: Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Agriculturas Amazônicas (Mestrado) - PPGAA/INEAF

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_PercepcaoAgricultoresFamiliares.pdf3,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons