Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2194
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Mar-2010
Authors: TANAKA, Ludmila Monteiro da Silva
SÁ, Leonardo Deane de Abreu
MOTA, Maria Aurora Santos da
Title: Avaliação de características dos regimes de umidade na flona de Caxiuanã-PA durante o experimento COBRA-PARÁ
Other Titles: Evaluation of characteristics of the moisture regimes in Caxiuanã national forest during COBRA-PARÁ experiment
Citation: SILVA, Ludmila Monteiro da; SÁ, Leonardo Deane de Abreu; MOTA, Maria Aurora Santos da. Avaliação de características dos regimes de umidade na flona de Caxiuanã-PA durante o experimento COBRA-PARÁ. Revista Brasileira de Meteorologia, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 01-12, mar. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbmet/v25n1/v25n1a01.pdf>. Acesso em: 19 maio 2011. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-77862010000100001>.
Resumo: Procura-se investigar a validade de um método de classificação de regimes de umidade, baseado na caracterização de diferentes "estados" da Camada Limite Atmosférica Tropical (CLAT), acima de uma área de floresta, de acordo com a metodologia proposta por Mahrt (1991). Para essas análises foram utilizados dados de radiossondagens e de uma torre micrometeorológica, coletados durante o período menos chuvoso da região, obtidos durante o experimento "COBRA-PARÁ" (realizado no período de 30/10 a 15/11 de 2006). A análise dos regimes de umidade consiste na representação em espaço de fase dos dados disponíveis da razão de Bowen (β), em função do parâmetro -h/L (onde h é a altura da camada de mistura turbulenta e L é o comprimento de Obukhov). Dependendo da localização dos dados nesse espaço foi possível caracterizar as seguintes classes: classe I - ar seco e instável; classe II - vento seco predominante; classe III - vento úmido; classe IV - condição úmida e instável; classe V - condensação de vapor d'água na superfície; classe VI - condição estável dominante; e classe VII -formação de orvalho induzido por radiação noturna resfriando a superfície. Das classes mencionadas, aquelas mais freqüentemente observadas em Caxiuanã, foram as III, IV e VI.
Abstract: We investigate the validity of a method of humidity regimes classification, based on different "states" characterization of the Tropical Atmospheric Boundary Layer (TABL), above a forest area, according to the methodology proposed by Mahrt (1991). To perform this investigation we used radiosonde information and micrometeorological tower data collected during the drier season of the region, during the experiment "COBRA-PARÁ" (carried out from 30/10 to 15/11, 2006). The analysis of moisture regimes is based on the "phase space" data representation, where the Bowen ratio (β) is plotted against the -h/L parameter (where h is the height of the turbulent mixing layer and L is the Obukhov length scale). According to the location of the data value in this "phase space" it was possible to identify the following classes: Class I - dry air and unstable conditions, Class II - dry wind, Class III - wet wind, Class IV - wet air and unstable conditions, Class V - occurrence of water condensation on the surface, Class VI - stable conditions predominance and Class VII - dew formation generated by nocturnal radiative losses with surface cooling. Among the mentioned classes, the III, IV and VI were the most frequently observed at Caxiuanã.
Keywords: Floresta Nacional de Caxiuanã - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
Meteorologia
Portel - PA
Camada limite
Regime de umidade
Razão de Bowen
Comprimento de obukhov
ISSN: 0102-7786
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAMET/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_AvaliacaoCaracteristicasRegimes.pdf473.42 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons