Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2376
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 27-Sep-2011
metadata.dc.creator: SOUZA, Aline Cristine Passos de
metadata.dc.contributor.advisor1: SÓSTHENES, Márcia Consentino Kronka
metadata.dc.contributor.advisor-co1: DINIZ, Cristovam Wanderley Picanço
Title: Envelhecimento e doenças neurodegenerativas crônicas na Amazônia brasileira: implantação de novas metodologias de avaliação em pacientes com declínio cognitivo leve e doença de Alzheimer
Citation: SOUZA, Aline Cristine Passos de. Envelhecimento e doenças neurodegenerativas crônicas na Amazônia brasileira: implantação de novas metodologias de avaliação em pacientes com declínio cognitivo leve e doença de Alzheimer. 2011. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Em 2025 o número de idosos no mundo irá dobrar e por volta de 2050 alcançará dois bilhões de indivíduos, estando a maioria em países desenvolvidos. A doença de Alzheimer (DA) é a quarta doença que mais compromete a qualidade de vida dos idosos. Este trabalho pretende sugerir novas metodologias de avaliação de pacientes com declínio cognitivo e doença de Alzheimer, apresentando uma versão brasileira a partir da versão original em língua inglesa intitulada “Test Your Memory” TYM (“teste sua memória- TSM), bem como mostrar os resultados do desempenho dos idosos na bateria de testes neuropsicológicos de Cambridge (CANTAB). Trata-se de estudo analítico, transversal retrospectivo do tipo caso-controle, realizado em pacientes do ambulatório de Geriatria do Hospital Universitário João de Barros Barreto, e em voluntários da comunidade no período de janeiro de 2009 a janeiro de 2011. Participaram 95 indivíduos com 65 ou mais anos de idade, divididos em 3 grupos: Alzheimer (DA, n=21), declínio cognitivo (DCL, n=31) e controle (n=43). Foram excluídos pacientes com história de acidente vascular encefálico (AVE), depressão primária, trauma cranioencefálico, outras demências, outras patologias neuropsiquiátricas e déficits visuo-auditivos limitantes. Os participantes foram submetidos à avaliação inicial, triagem com GDS-5 e DSM-IV, ao Questionário Internacional de Atividades Físicas (IPAQ), testes neuropsicológicos da bateria CERAD, teste do relógio, TSM (versão adaptada para o Português) e a bateria de Alzheimer do CANTAB. A análise estatística foi realizada empregando-se ANOVA, um critério, definindo-se o valor p<0,05 como significante. Houve predomínio em todos os grupos de indivíduos do gênero feminino, de cor parda, na faixa etária de 70 a 79 anos. A média de pontuação do MEEM entre os três grupos foi diferente (controle: 26,6±2,2; DCL: 25,1±2,6; DA: 17,3±4,9; p<0,05), entretanto o TSM mostrou ser uma ferramenta de triagem mais confiável para distinguir os pacientes DCL dos DA (controle: 42,4±5; DCL: 35,5±7,7; DA: 25,7±8; p<0,01). Na lista de palavras do CERAD, teste do relógio, TNBR e na fluência verbal fonológica os três grupos apresentaram diferenças significantes na média de pontos obtidos. A média da pontuação total no TSM foi significativamente menor nos grupos DCL e DA do que no grupo controle, e no grupo DA em relação ao DCL. Os testes e medidas do CANTAB que separam os três grupos pelo desempenho obtido são: RVP A‟, número de tentativas para o sucesso e total de erros na fase de 6 figuras do PAL. Foram encontradas boas correlações entre o TSM e outros testes, principalmente com o MEEM (Coeficiente de Pearson, r = 0,79; p<0,0001) e teste do relógio (r = 0,76; p<0,0001), bem como boa correlação entre as medidas do PAL e a pontuação do TSM e o MEEM. O nível de atividade física no grupo controle foi maior do que em todos os outros grupos. Ao ser correlacionado o nível de atividade física e o desempenho nos testes cognitivos, não foram observadas diferenças significativas nos diferentes grupos, exceto pela evocação de palavras no grupo DCL. Tomados em conjunto os resultados sugerem que a aplicação de testes neuropsicológicos automatizados associados aos testes da rotina clínica e ao TSM aumentam a resolução e a confiabilidade das análises particularmente no estágio inicial das síndromes demenciais onde a precocidade e a precisão diagnóstica são fundamentais para orientar as ações terapêuticas, sejam elas medicamentosas e/ou comportamentais.
Abstract: By 2025, the number of elderly people in the world will double and by 2050 will reach around two billion individuals, with the majority of them in developing countries. Alzheimer's disease (AD) is the fourth disease that most compromises the quality of life in elderly. This work aims to suggest new methodologies for evaluating elderly people with mild cognitive impairment and Alzheimer‟s disease, introducing a Brazilian version of the TSM-"Test Your Memory" and showing the performance fo this people in tests from CANTAB. It is an analytical, retrospective, longitudinal case-control study, performed at the Laboratory of Neurodegeneration and Infection, University Hospital João de Barros Barreto, from January 2009 to January 2011. Ninety five individuals 65 years old or older were divided in three groups: Alzheimer's disease (AD, n = 21), mild cognitive impairment (DCL, n = 31) and control (n = 43). Patients with previous stroke, primary depression, head injury, other dementias and other neuropsychiatric disorders, and serious visuo-auditory deficits were excluded. The participants were submitted to an initial assessment, screening with GDS-5 and DSM-IV, the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), CERAD neuropsychological test battery and the TSM - Test Your Memory (Brazilian version).Statistical analysis was performed using one-way ANOVA, defining the p-value<0.05 to detect significant differences. Female individuals of mixed ethnicity, aged 70 to 79 years predominated in all groups. The average MMSE score between the three groups was significantly different (control: 26.6± 2.2; DCL: 25.1 ± 2.6, DA: 17.3 ± 4.9, p <0.05), however, the TSM proved to be a more sensitive test to distinguish DCL patients from AD (control: 42.4± 5; DCL: 35.5 ± 7.7, DA: 25.7 ± 8, p <0.01 ). The three groups had different mean scores. In the CERAD word list, clock test, TNBr and phonological verbal fluency. The performance in TSM was significantly lower in DCL and AD groups than in the control group. And DA group was worse in this test than the DCL group too. The tests and measurements of CANTAB that best separate the three groups from the performance obtained were RVP A‟, PAL-trials to success and PAL-total errors in 6 patterns phase. Good correlations were found between the TSM and other tests, especially with the MMSE (Pearson‟s coefficient r = 0.79, p <0.0001) and clock test (r = 0.76, p <0.0001), as well as good correlations between the measures of PAL and TSM and MMSE. Physical activity level, in the control group was higher than in all other groups. When the level of physical activity and performance on cognitive tests were correlated, there were no significant differences in the different groups, except by a better performance in word recall test from CERAD, and word list in DCL group (DCL "active":4.7 ± 1.8; DCL"not active": 3 ± 1.5,p <0.01). Taken as a Whole, these results suggest that the application of automated automated neuropsychological tests associated with routine clinical tests and TYM, improve the clinical assessment´s sensitivity and reliability, especially in the early stages of dementia where the precoceous and accurate diagnosis are essential to guide therapeutic actions, drugs or behavioral modifications.
Keywords: Amazônia brasileira
Doença de Alzheimer
Envelhecimento
Doenças neurodegenerativas
Sistema nervoso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA::ANATOMIA::ANATOMIA HUMANA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA GERAL::NEUROFISIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EnvelhecimentoDoencasNeurodegenerativas.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons