Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/2843
Tipo: Dissertação
Data do documento: 29-Ago-2011
Autor(es): SOUSA, Rosigleyse Corrêa de
Primeiro(a) Orientador(a): PEREIRA, Luci Cajueiro Carneiro
Primeiro(a) coorientador(a): COSTA, Rauquírio André Albuquerque Marinho da
Título: Capacidade de carga recreacional, percepção dos usuários e qualidade da água em três praias turísticas da Costa amazônica
Agência de fomento: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citar como: SOUSA, Rosigleyse Corrêa de. Capacidade de carga recreacional, percepção dos usuários e qualidade da água em três praias turísticas da Costa amazônica. 2011. 101 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Estudos Costeiros, Bragança, 2011. Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental.
Resumo: O capítulo I apresenta os aspectos que envolveram a pesquisa, como: definição da capacidade de carga recreacional, a importância dos estudos de qualidade das águas costeiras utilizadas para lazer, a opinião e percepção dos usuários de praia acerca da qualidade do meio ambiente e da infraestrutura e serviços disponíveis, bem como a importância destes estudos para planos de ordenamento do espaço costeiro. Alguns processos meteooceanográficos e a influência das atividades antrópicas no litoral amazônico foram também abordados. O capítulo II descreve sobre os usos recreacionais das praias de Ajuruteua, Atalaia e Princesa durante o mês de julho de 2009, mostrando os principais padrões da dinâmica recreacional das mesmas. Neste capítulo foram abordados e discutidos os tipos de usos recreacionais, o período de maior frequência de usuários e a capacidade de carga recreacional por zona estudada (zona subtidal, zona de intermarés e zona de bares e restaurantes). O capítulo III descreve as condições da qualidade da água utilizada para as atividades recreativas, a capacidade de carga recreacional e os padrões de usos espaciais nas três praias estudadas, comparando o mês de julho dos anos de 2009 e 2010. O capítulo IV descreve a percepção e a opinião dos usuários destas praias, acerca dos aspectos oceanográficos, paisagísticos e de saneamento; dos serviços e infraestrutura disponíveis; assim como do perfil social dos frequentadores. Este artigo está em fase de preparação e será submetido à revista Ocean and Coastal Management. O capítulo V aborda as conclusões gerais da dissertação de forma integradora. Em anexo está o artigo publicado no JCR, no formato original.
Palavras-chave: Qualidade da água
Qualidade ambiental
Turismo
Costa - Amazônia
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO BASICO::INSTALACOES HIDRAULICO-SANITARIAS
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO AMBIENTAL:QUALIDADE DO AR, DAS AGUAS E DO SOLO::CONTROLE DA POLUICAO
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::TURISMO
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Estudos Costeiros
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Biologia Ambiental (Mestrado) - PPBA/IECOS

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_CapacidadeCargaRecreacional.pdf3,18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons