Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2873
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 17-Nov-2011
metadata.dc.creator: LAMARÃO, Letícia Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: LINHARES, Alexandre da Costa
Title: Pesquisa epidemiológica e molecular do vírus respiratório sincicial humano (VSRH) em amostras de pacientes hospitalizados com pneumonia, na cidade de Belém
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
IEC - Instituto Evandro Chagas
Citation: LAMARÃO, Letícia Martins. Pesquisa epidemiológica e molecular do vírus respiratório sincicial humano (VSRH) em amostras de pacientes hospitalizados com pneumonia, na cidade de Belém. 2011. 158 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: A pneumonia e a bronquiolite na infância são as principais causas de morbidade e mortalidade no mundo, sendo o Vírus Respiratório Sincicial Humano (VSRH) o principal agente viral. O VSRH está associado a surtos anuais de doenças respiratórias, onde a co-infecção bacteriana tem sido relatada. Este foi o primeiro estudo do VRSH em crianças hospitalizadas com Pneumonia Adquirida na Comunidade (PAC) em Belém, Pará (Norte do Brasil), que teve como objetivo determinar a prevalência da infecção pelo VSRH e avaliar as características clínicas e epidemiológicas dos pacientes. Métodos. Foi realizado um estudo prospectivo em oito hospitais no período de novembro de 2006 a outubro de 2007. Foram testadas 1.050 amostras de aspirado nasofaríngeo para o VRSH, obtidas de crianças hospitalizadas com até três anos de idade com diagnóstico de PAC, pelo método da imunofluorescência direta e da reação em cadeia por polimerase após transcrição reversa (RT-PCR) para identificação do subtipo viral. Foram obtidos resultados da dosagem de proteína C-reativa (PCR) e da cultura bacteriana. Resultados. A infecção pelo VSRH foi diagnosticada em 243 (23,1%) crianças. A idade média do grupo VRSH-positivo foi menor do que a do grupo VRSH-negativo (12,1 meses versus (vs) 15,5 meses, ambos com variância de 1-36 meses, p<0,001), enquanto que a distribuição por genero foi similar. O grupo VRSH-positivo apresentou menor dosagem (PCR) quando comparados ao grupo VRSH-negativo (15,3 vs 24.0 mg/dL, p<0,05). Os achados radiológicos confirmaram que 54,2% do grupo VRSH-positivo e 50,3% do grupo VRSH-negativo apresentavam infiltrado intersticial. A infecção bacteriana foi identificada predominantemente no grupo VRSH-positivo (10% vs 4,5%, p<0,05). Rinorréia e obstrução nasal foram predominantemente observadas no grupo VRSH-positivo. A co-circulação dos subtipos A e B foi observada, com predominância do subtipo B (209/227). A análise multivariada revelou que a idade de 1 ano (p<0,015), os níveis de PCR inferior a 48 mg/dL (p<0,001) e a co-infecção bacteriana (p<0,032) foram independentemente associados com a presença do VRSH em oposição ao grupo VRSH-negativo, e na análise dos sintomas, a obstrução nasal foi independentemente associada com o grupo VRSH-positivo (p<0,001). Conclusão. O presente estudo destaca a relevância da infecção por VSRH em casos hospitalizados de PAC em nossa região; nossos resultados justificam a realização de investigações adicionais que possam ajudar a elaborar estratégias para o controle da doença.
Abstract: Childhood pneumonia and bronchiolitis is a leading cause of illness and death in young children worldwide with Respiratory Syncytial Virus (RSV) as the main viral cause. RSV has been associated with annual respiratory disease outbreaks and bacterial co-infection has also been reported. This study is the first RSV study in young children hospitalized with community-acquired pneumonia (CAP) in Belém city, Pará (Northern Brazil). It had the objective of determining the prevalence of RSV infection and evaluating the patients’ clinical and epidemiological features. Methods. We conducted a prospective study across eight hospitals from November 2006 to October 2007. In this study, 1,050 nasopharyngeal aspirate samples were obtained from hospitalized children up to the age of three years with CAP, and tested for RSV antigen by direct immunofluorescence assay and by Reverse Transcription Polymerase Chain Reaction (RT-PCR) for RSV subtype identification. Levels of C-reactive protein (CRP) and results of bacterial infection were also obtained. Results. RSV infection was diagnosed in 243 (23.1%) children. The mean age of the RSV-positive group was lower than the RSV-negative group (12.1 months vs 15.5 months, both ranged 1-36 months, p<0.001) whereas gender distribution was similar. The RSV-positive group showed lower CRP mean levels when compared to the RSV-negative group (15.3 vs 24.0 mg/dL, p<0.05). Radiological findings showed that 54.2% of RSV-positive group and 50.3% of RSV-negative group had interstitial infiltrate. Bacterial infection was identified predominantly in the RSV-positive group (10% vs 4.5%, p<0.05). Rhinorrhea and nasal obstruction were predominantly observed in the RSV-positive group. A co-circulation of subtypes A and B was noted, with a predominance of subtype B (209/227). Multivariate analysis revealed that age under 1 year (p<0.015), CRP levels under 48 mg/dL (p<0.001) and bacterial co-infection (p<0.032) were independently associated with the presence of RSV as opposed to RSV-negative group, and in analyze of symptoms, nasal obstruction were independently associated with RSV-positive group (p<0.001). Conclusion. The present study highlights the relevance of RSV infection in hospitalized cases of CAP in our region; our findings warrant the conduct of further investigations which can help design strategies for controlling the disease.
Keywords: Vírus respiratório sincicial humano
Pneumonia
Crianças
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Neurociências e Biologia Celular (Doutorado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PesquisaEpidemiologicaMolecular.pdf2,14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons