Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2900
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 11-Oct-2011
metadata.dc.creator: VIEIRA, Andréea Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: NASCIMENTO, Ivany Pinto
Title: Representações sociais de jovens-alunos de uma escola ribeirinha sobre exploração sexual juvenil nas balsas do Marajó e as implicações nas suas escolarizações
Citation: VIEIRA, Andréea Silva. Representações sociais de jovens-alunos de uma escola ribeirinha sobre exploração sexual juvenil nas balsas do Marajó e as implicações nas suas escolarizações. 2011. 168 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo teve como contexto uma escola ribeirinha no município de Breves, situado na Ilha do Marajó, no Estado do Pará. Objetivo mestre: Analisar as representações sociais de jovens-alunos do ensino fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental São Francisco, da Comunidade São Francisco, no município de Breves sobre exploração sexual nas balsas do Marajó e as implicações nas suas vidas escolares. Objetivos condutores: Identificar o perfil dos alunos-jovens; Verificar as imagens e os significados destes alunos-jovens sobre a exploração sexual juvenil; Destacar as objetivações e as ancoragens como elementos que compõem as Representações Sociais de alunos-jovens e alunas-jovens sobre a exploração sexual juvenil; Relacionar as Representações Sociais de alunos e alunas jovens sobre a exploração sexual juvenil nas balsas do Marajó e as implicações nas suas vidas escolares. Participaram deste estudo 16 jovens, na faixa etária entre 14 e 20 anos, matriculados entre a 4ª e 6ª série do ensino fundamental. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa-descritiva. O referencial teórico foi a Teoria das Representações Sociais – TRS, com base em Moscovici (2010) e Nascimento (2002). A análise de dados se deu a partir dos referenciais metodológicos de Franco (2008) e Nascimento e Moraes (2010); As Representações Sociais dos jovens-alunos sobre a exploração sexual juvenil nas balsas do Marajó constituíram-se no Rio de possibilidades, cuja imagem se apresenta pelo encantamento, e Rio que traga, imagem representada pelo desencantamento. Além destas RS, destacaram-se significações cuja imagem foi o sentimento de culpa, que se destaca como significado de ser julgado pela comunidade, ter a atribuição de balseira, medo de sofrer ameaças e pelo sentimento de ausência do poder público. A partir destas significações, ressaltamos enquanto ponto de ancoragem o silêncio. Este sentimento que não se pode ouvir brada de sentidos, ora pelo medo de sofrer alguma espécie de julgamento social ora pelo sentimento de esvaziamento que esta condição da exploração sexual se materializa em suas vivências. As implicações escolares constituídas a partir das Representações Sociais de jovens-alunos sobre a exploração sexual juvenil foram: fragilização na formação escolar e no processo psicossocial de desenvolvimento juvenil; falta de aprendizagem; desatenção nos conteúdos e atividades escolares; desinteresse pela escolarização (Abandono escolar e Repetência escolar). Estes elementos e as análises teóricas articuladas a partir dessas Representações Sociais nos apontam como conclusão que a exploração sexual nos rios e furos da paisagem amazônica ainda é pouco visível, uma vez que as ações do poder público ainda não dão o lugar para este fenômeno no sentido de seu combate e enfrentamento. Entendemos, portanto, que deve haver uma ação educativa que possibilite o enfrentamento da exploração sexual juvenil.
Abstract: This study was a school context the riverside town of Breves, situated on the island of Marajó, in Pará master Objective: To analyze the social representations of young students of primary School Hall Elementary School San Francisco, San Community Francisco, the city of Breves on sexual exploitation on the ferries of Marajó and the implications for their school lives. Objectives drivers: Identify the profile of students-young; Check the images and meanings of these students-young people on sexual exploitation of youth; Highlight the objectifications and anchors as elements that make up the social representations of youth and students-students-young people about sexual exploitation of youth; Linking the Social Representations of young boys and girls on sexual exploitation of youth on the ferries Marajó and the implications for their school lives. The study included 16 young people, aged between 14 and 20 years, enrolled between the 4th and 6th grade. This was a descriptive-qualitative research. The theoretical reference was the Theory of Representations - TRS based on Moscovici (2010) and Birth (2002). Analysis of data was from the methodological framework of Franco (2008) and Birth and Moraes (2010); The Social Representations of young people-students on sexual exploitation of youth on the ferries Marajó consisted of possibilities in Rio, whose image is presented by enchantment, and that brings Rio, image represented by disenchantment. In addition to these RS stood out meanings whose image was the feeling of guilt, which stands out as the meaning of being judged by the community, have the assignment balseira, fear of suffering threats and the feeling of the absence of government. From these meanings, while we emphasize the anchorage silence. This feeling that you cannot hear cries of meanings, sometimes the fear of suffering some kind of social judgment sometimes the feeling of emptiness that this condition of sexual exploitation is embodied in their experiences. The implications of school formed out of the Social Representations of young students on-youth sexual exploitation were weakening in school and in the process of psychosocial development of youth, lack of learning, content and inattention in school activities, disinterest in education (school leaving and school failure). These elements and the theoretical analysis articulated from the point of these social representations as a conclusion that sexual exploitation and holes in the rivers of the Amazon landscape is still very visible, since the actions of the government does not give rise to this phenomenon in the sense of his combat and confrontation. We believe therefore that there should be an educational activity that allows combat the sexual exploitation of youth.
Keywords: Maus-tratos sexuais infantis
Educação
Representação social
Adolescentes
Ilha de Marajó - PA
Breves - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RepresentacoesSociaisJovens.pdf5,94 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons