Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/2972
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorARAÚJO, Joseane Sousa-
dc.date.accessioned2012-09-26T13:52:21Z-
dc.date.available2012-09-26T13:52:21Z-
dc.date.issued2011-09-01-
dc.identifier.citationARAÚJO, Joseane Sousa. Arquivos, bibliotecas e periódicos na Vigia oitocentista. 2011. 171 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Letras.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2972-
dc.description.abstractThe 19th century was a period in history marked by changes in the Brazil. These changes happened in some aspects as social, cultural, political and economic. This transformation also appears in the Literature. The provinces of the Brazil were marked by this movement, for example: a little city of Pará called Vigia de Nazaré. This city rose to Literary History of the North by the formation of a society: The ―SociedadeLiterária e Beneficente ―Cinco de Agosto‖. Togheter this society other facts helped to construct a group that wished an intellectual development. This group wanted the rise and the social recognition. The activity which passed the city, during the nineteenth century, created mentality and helped to create a reading group. The aim this work is to write the process of creation this community throughout the history, as well as to reveal some facts happened inside this process and which changed the habit of a little city.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectLeitura-
dc.subjectSociedade Literária e Beneficente Cinco de Agosto-
dc.subjectHistória-
dc.subjectLeitor-
dc.subjectVigia de Nazaré - PA-
dc.subjectPará - Estado-
dc.subjectAmazônia brasileira-
dc.titleArquivos, bibliotecas e periódicos na Vigia oitocentistapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Letras e Comunicação-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES-
dc.contributor.advisor1SALES, Germana Maria Araújo-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8723885160615840-
dc.contributor.advisor-co1SOUZA, Simone Cristina Mendonça de-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9233950092812632-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8586863703197351-
dc.description.resumoO século XIX foi, notadamente, um período de transformações no cenário brasileiro. Mudanças ocorridas em campos como o social, cultural, político e econômico trouxeram repercussão também para o campo da Literatura. Essa disposição se fez sentir em todas as províncias do país, a exemplo, no Pará. Nesse contexto se fez notar a cidade de Vigia, uma região da província, que ascendeu para sua inclusão na História Literária do Norte com a formação daquilo que a imprensa oitocentista chamou de “Recanto Literário” — a Sociedade Literária e Beneficente Cinco de Agosto. Junto a ela outros dispositivos contribuíram para a formação de uma sociedade em busca do desenvolvimento intelectual com fins à ascensão e ao reconhecimento social. A movimentação que tomou conta da cidade, em meados do século XIX formou mentalidades e contribuiu para a formação de uma comunidade de leitores. O objetivo deste trabalho é historiografar o processo de formação dessa comunidade, bem como relatar os fatos que dele fizeram parte, capazes de interferir nos hábitos de uma pequena cidade.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letras-
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons