Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/2994
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 16-Sep-2011
metadata.dc.creator: SILVA, Márcia Cristina Freitas da
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVEIRA, Luiz Carlos de Lima
Title: Alterações hepáticas por exposição a baixas doses de metilmercúrio em macacos prego, Cebus apella (Linnaeus 1758)
Citation: SILVA, Márcia Cristina Freitas da. Alterações hepáticas por exposição a baixas doses de metilmercúrio em macacos prego, Cebus apella (Linnaeus 1758). 2011. 59 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Cebus apella foram expostos a 1,5 ppm de metilmércurio (metilHg) na dieta por 120 dias. Foi investigado a hepatotoxicidade do metilHg, as concentrações no sangue total foram monitoradas a cada 30 dias usando espectrofotômetro de absorção atômica a vapor frio Hg201, as transaminases (ALT e AST) e bilirrubina total (BT) foram dosadas no decorrer da exposição. O fígado foi fixado com formaldeido 10%, e preparado por protocolos da histopatologia. Foi observada diferença significativa entre os grupos exposto e controle, quanto aos níveis de Hgtotal, nos períodos de 60, 90 (P < 0,05) e 120 dias (P < 0,01). A histopatologia revelou esteatose moderada e degeneração hidrópica, um achado comum em exposição ao metilmercúrio em muitas outras espécies. Não foi observada diferença significativa entre os níveis de AST (p= 0.38), ALT (p= 0.83) e BT (p= 0.07) do grupo controle e exposto. A correlação de Pearson com Hgtotal demonstrou correlação negativa ( AST r= -0,7; ALT r=0,07; BT r= -0,3 e p > 0,05), o que sugere a necessidade de novos estudos para esclarecer o nível de alerta da concentração de mercúrio e das dosagens hepáticas.
Abstract: Cebus apella were exposed to 1,5 ppm methylmercury (methylHg) in the diet for 120 days. Hepatotoxicity was investigated, concentrations of mercury in total blood were monitored each 30 days using atomic absorption spectrometry with cold vapor Hg201, aspartate transaminase (AST), alanine transaminase (ALT) and total bilirubin (BT) were determined. Liver was fixed by formaldehyde 10% and prepared by histopathology protocols. Significant difference was observed in groups exposed and control about total mercury (Hgtotal) in the periods of 60, 90 (P < 0,05) and 120 days (P < 0,01). The histopathology revealed moderate steatosis and hydropic degeneration, common in methylHg exposed in other species. No Significant difference between the levels of AST (p= 0.38), ALT (p= 0.83) and BT (p= 0.07) in groups exposed and control. The Pearson correlation with Hgtotal was negative (AST r= -0,7; ALT r=0,07; BT r= -0,3 e p > 0,05), suggests another studies to clarify the alert levels of mercury concentrations and liver dosages.
Keywords: Hepatotoxicidade
Fígado gorduroso
Macaco-prego
Cebus apella
Metilmercúrio
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Neurociências e Biologia Celular (Doutorado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AlteracoesHepaticasExposicao.pdf2,18 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons