Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3011
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2011
Authors: ALCÂNTARA, Lídia Carla Holanda
First Advisor: CHAVES, Lília Silvestre
Title: O hibridismo de gêneros nos contos de Maria Lúcia Medeiros
Citation: ALCÂNTARA, Lídia Carla Holanda. O hibridismo de gêneros nos contos de Maria Lúcia Medeiros. 2011. 179 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Resumo: A ideia do presente trabalho partiu do estudo dos contos (mais precisamente dois deles: “Miss Doris” e “Mentiras e Verdades no Mesmo Chão”) de Maria Lúcia Medeiros, escritora paraense. Partimos da premissa de que Maria Lúcia é contista de uma época em que os traços que caracterizam os gêneros literários venceram limites e regras: seus contos são textos multifacetados, escritos em uma espécie de prosa lírica ou, ainda, prosa lírico-dramática. Pretende-se, então, neste trabalho, fazer primeiramente um histórico dos gêneros literários, estudando sua evolução enquanto conceito teórico desde os primeiros estudos dos textos literários – desde Platão, Aristóteles, Horácio, Victor Hugo – até os do contexto histórico contemporâneo – como Käte Hamburger, Northrop Frye, Emil Staiger. Abordaremos, ainda, que papel os gêneros possuem em um estudo de contos (não tradicionais) como os de Maria Lúcia Medeiros. Levantamos, então, algumas questões relevantes que nortearam o trabalho: o que se entende por hibridismo de gêneros literários? São os contos de Maria Lúcia Medeiros híbridos? De que modo acontece esse hibridismo? O que é o conto? Como se constroem os contos de Maria Lúcia? Partimos, então, da premissa de que os contos da escritora paraense são híbridos, pois possuem características genéricas diversas, além de dialogarem com outras obras literárias e com outras artes. Faremos, então, a leitura de dois contos de Maria Lúcia – além de pequenas leituras dos contos de três de suas coletâneas (Zeus ou a menina e os óculos, Velas. Por quem? e Céu Caótico) –, “Miss Doris” e “Mentiras e Verdades no Mesmo Chão”, mostrando justamente esse hibridismo e esse diálogo. Vale ressaltar que, apesar de permear a teoria da literatura há muitas décadas, o assunto em questão, os gêneros, não pode ser considerado concluído. Por ainda haver muita discussão acerca do tema, faz-se pertinente desenvolver um estudo sobre eles, na obra de uma escritora paraense de valor inestimável: Maria Lúcia Medeiros.
Abstract: The idea of the present work came from a study of Maria Lúcia Medeiros‟ short stories (two of them, precisely: “Miss Doris” and “Mentiras e Verdades no Mesmo Chão”). We believe that Maria Lúcia is a writer of a time when the literary genres‟ characteristics have overcome limits and rules: her short stories are multi-characterized, written in a type of lyric prose or even dramatic-lyric prose. Therefore, we intend, with this work, to do primarily a historic of the literary genres, studying their evolution as a theoretical concept since the first studies about literary texts – since Plato, Aristotle, Horatio, Victor Hugo – until those from the contemporary historical context – such as Käte Hamburger, Northrop Frye, Emil Staiger. We will approach the genres‟ role in the study of (non-traditional) short-stories, such as the ones written by Maria Lúcia Medeiros. We raised, therefore, some question that guided this work: what is understood by literary genres hybridism? Are Maria Lúcia Medeiros‟ short stories hybrid? In what way this hybridism happens? What is a short-story? How are Maria Lúcia‟s short stories built? We understand that this writer‟s short stories are hybrid, because they share diverse literary genres‟ characteristics in addition to dialoguing with others literary texts and with other arts. We will do, in this work, a reading of two Maria Lúcia‟s short stories – besides small readings of three of her books (Zeus ou a menina e os óculos, Velas. Por quem? and Céu Caótico). It is valid to point out that besides existing for many decades, the subject in matter here (the literary genres) cannot be considered concluded. Because there still is a lot of discussion surrounding this them, it is pertinent to develop a study about it, especially in the texts of a priceless writer: Maria Lúcia Medeiros.
Keywords: Escritores paraenses
Medeiros, Maria Lúcia, 1942-2005
Contos brasileiros
Literatura brasileira
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Letras e Comunicação
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_HibridismoGenerosContos.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons