Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3054
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 15-Jun-2012
metadata.dc.creator: COSTA, Josineide Pantoja da
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Edilene Oliveira da
Title: Ação do metabólito secundário 5-hidroxi-2-hidroximetil gama-pirona isolado de fungos do gênero Aspergillus sobre monócitos humanos in vitro
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: COSTA, Josineide Pantoja da. Ação do metabólito secundário 5-hidroxi-2-hidroximetil gama-pirona isolado de fungos do gênero Aspergillus sobre monócitos humanos in vitro. 2012. 68 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará. Instituto de Ciências Biológicas. Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: O 5-hidroxi-2-hidroximetil-gama-pirona (HMP) é um metabólito secundário sintetizado por algumas espécies de fungos dos gêneros Aspergillus, Penicillium Acetobac-ter. O HMP tem várias aplicações, sendo utilizado como antioxidante, inibidor da tirosinase, agente protetor contra a radiação e antitumoral. Recentemente, foi também demonstrado que esse metabólito atua como ativador de macrófagos. No entanto, o efeito do HMP em mo-nócitos humanos é desconhecido. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de HMP sobre a viabilidade e diferenciação celular de monócitos do sangue humano in vi-tro. Leucócitos humanos do sangue periférico foram obtidos a partir de bolsas de san-gue doadas pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA). O isolamento das células foi realizado por meio de gradiente de densidade com Histopaque ®1077. Os monócitos foram tratados durante 24, 48 e 72 horas com 50 e 100 μg / mL de HMP. A análise ultraestrutural dos monócitos tratados revelou que essas células apresen-tam maior espraiamento, elevado número de projeções citoplasmáticas e vacúolos, caracterís-ticas que são frequentemente observadas em células ativadas. A análise da expressão da proteína de superfície específica para macrófago (F4/80) por imunofluorescência, de-monstrou que os monócitos humanos tratados com 50 e 100 μg / mL de HMP por 48 e 72 horas, mostrou um padrão de expressão semelhante ao verificado em macrófagos humanos originados de monócitos tratados com o M-CFS. Os testes de viabilidade utilizados (Método thiazolyl blue, Potencial de membrana mitocondrial, Vermelho Neutro e Azul de Tripan) mostraram que o HMP não tem nenhum efeito citotóxico em monócitos humanos quando tra-tados com 50 e 100 μg/ mL do bioproduto. Estes resultados demonstram um novo papel pa-ra HMP como um agente imunomodulador, induzindo a diferenciação de monócitos em macrófagos.
Abstract: The 5-hydroxy-2- hydroxymethyl-gamma-pyrone (HMP) is a secondary metabolite synthe-sized by some species of fungi from Aspergillus, Penicillium and Acetobacter genera. The HMP has several applications, being used as antioxidant, tyrosinase inhibitor, protective agent against radiation and antitumor. Recently, it was also shown that this metabolite acts as a macrophage activator. However, the effect of HMP in human monocytes is unknown. Thus, the aim of this study was to evaluate the effects of HMP on the cell viability and differentia-tion of human blood monocytes in vitro. Human peripheral leucocytes were obtained from blood bag donated from Fundation Hemocenter of Para State. Cell isolation was performed using HISTOPAQUE® 1077-density-gradient. Monocytes were treated for 24, 48 and 72 hours with 50 and 100 μg/mL of HMP. The ultrastructural analysis of treated monocytes showed spreading ability, high number of cytoplasmatic projections and vacuoles, features that are often observed in activating cells. Immunofluorescence analysis of the expression of surface protein specific for the macrophage (F4/80), demonstrated that human monocytes treated with 50 and 100 μg/mL for 48 and 72 h showed the similar pattern of expression of proteins to that of human monocytes differentiated by macrophage colony-stimulating factor (M-CFS). The viability test used showed that HMP has no citotoxicity effect on human mon-ocytes when treated with 50 and 100 μg/mL of HMP. These results demonstrate a new role for HMP as an immunomodulator agent, inducing the differentiation of monocytes into macrophages.
Keywords: Monócitos
Imunomodulador
Bioproduto
Fatores imunológicos
Diferenciação celular
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AcaoMetabolitoSecundario.pdf2,87 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons