Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3146
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 28-Sep-2012
metadata.dc.creator: RAMOS, Luciana Fernandes Pastana
metadata.dc.contributor.advisor1: NASCIMENTO, José Luiz Martins do
metadata.dc.contributor.advisor-co1: YAMADA, Elizabeth Sumi
Title: Efeito do extrato aquoso de folhas de mogno (Swietenia macrophylla) em modelo in vivo de doença de Parkinson com lesão com 6-hidroxidopamina
Other Titles: Effect of an aqueous extract of leaves of mahogany (Swietenia macrophylla) in vivo model of Parkinson's disease with 6-hydroxydopamine lesion
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: RAMOS, Luciana Fernandes Pastana. Efeito do extrato aquoso de folhas de mogno (Swietenia macrophylla) em modelo in vivo de doença de Parkinson com lesão com 6-hidroxidopamina. 2012. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: A doença de Parkinson (DP) é caracterizada pela degeneração progressiva dos neurônios dopaminérgicos da substância negra e por presença de sinais clínicos clássicos, tais como bradicinesia, rigidez muscular, tremor em repouso e instabilidade postural. A etiologia ainda é desconhecida e as opções de tratamento disponíveis promovem apenas o alívio dos sintomas. Nesse sentido, os modelos experimentais de DP são fundamentais em estudos visando identificar os eventos moleculares envolvidos na doença e a descoberta de novas terapias neuroprotetoras. Este trabalho utilizou um modelo de hemiparkinsonismo, com lesão induzida por 6- hidroxidopamina (6-OHDA), e investigou os efeitos do extrato aquoso de folhas de mogno (Swietenia macrophylla) sobre as células dopaminérgicas da substância negra pars compacta (SNpc) e sobre parâmetros comportamentais avaliados no teste do campo aberto e no teste de rotações induzidas por apormofina. Os resultados mostraram que os animais lesionados com 6-OHDA apresentaram rotação contralateral induzida por apomorfina e redução significativa dos neurônios dopaminérgicos na SNpc. Entretanto, apenas o grupo injetado com 6-OHDA e tratado com mogno apresentou diminuição significante de neurônios no lado injetado em comparação com o grupo veículo/veículo. Houve também um decréscimo significante na ambulação e na bipedestação no grupo 6-OHDA/mogno. Com isso, nós concluímos que o extrato aquoso de mogno, nas condições utilizadas no presente estudo, potencializou o efeito citotóxico da 6-OHDA e ainda promoveu a piora do quadro comportamental dos animais.
Abstract: Parkinson's disease (PD) is characterized by a progressive degeneration of dopaminergic neurons in the substantia nigra and the presence of classical clinical signs bradykinesia, muscle rigidity, resting tremor and postural instability. The etiology is still unknown and the available treatment options only promote relief of symptoms. Experimental models of PD are fundamental for studies aiming to identify the molecular events involved in the disease and to discover new neuroprotective therapies. This study used a hemiparkinsonism model with lesion induced by 6-hydroxydopamine (6-OHDA), and investigated effects of an aqueous extract of leaves of mahogany (Swietenia macrophylla) on the dopaminergic neurons of the substantia nigra pars compacta (SNpc) and on behavioural parameters assessed in the open-field and apomorphine-induced rotacional tests. The results showed that the 6-OHDA lesioned animals exhibited contralateral rotation induced by apomorphine and significant reduction of dopaminergic neurons in SNpc. However, only 6-OHDA lesioned animals treated with mahogany extract showed significant decrease in relation to the group vehicle/vehicle. There was also a significant decrease in ambulation and rearing in the group 6-OHDA/mahogany. In conclusion, the mahogany extract under the conditions used in the present study potentiated the cytotoxic effect of 6-OHDA and yet promoted worsening of behavioral parameters of the animals.
Keywords: Doença de Parkinson
Hidroxidopaminas
Estereologia
Mogno
Swietenia macrophylla
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EfeitoExtratoAquoso.pdf1,73 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons