Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3153
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2000
Authors: MACHADO, José Alberto da Costa
FENZL, Norbert
Title: A sustentabilidade do desenvolvimento e a demanda material da economia: o caso do Brasil comparado ao de países industrializados
Citation: MACHADO, José Alberto da Costa; FENZL, Norbert. A sustentabilidade do desenvolvimento e a demanda material da economia: o caso do Brasil comparado ao de países industrializados. Novos Cadernos NAEA, Belém, v. 3, n. 2, p. 79-143, dez. 2000. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/ncn/article/view/26/25>. Acesso em: 08 nov. 2012.
Resumo: Este artigo trata da relação sociedade-ambiente. Busca-se, por meio da Teoria de Sistemas, estabelecer um referencial que permita o entendimento dessa relação e que possibilite o acesso operacional às suas dinâmicas. A esse arcabouço teórico é associada uma proposta metodológica que se estrutura em torno da contabilização dos fluxos materiais componentes dos processos econômicos. Desse método, o Material Flow Analysis (MFA), foi aprofundado o conceito de Metabolismo Econômico-Ambiental (MEA), por meio do qual é possível quantificar toda a matéria e energia demandada por uma economia. A análise da Demanda Material Total (DMT) possibilita o conhecimento da eficiência ecológica de qualquer processo econômico e a produção de indicadores para avaliar os impactos ambientais das atividades antrópicas. Do estudo resultou um detalhamento metodológico próprio que foi aplicado para medir a DMT do Brasil para comparações com a dos EUA, Alemanha, Japão e Holanda. Os resultados demonstraram que a metodologia é capaz de trazer à tona aspectos ecologicamente relevantes da economia, mediante os quais é possível constatar que os sistemas econômicos são configurados por lógicas crescentemente insustentáveis em relação ao ambiente.
Abstract: This paper deals with the relation Society-Environment. Based on the System Theory, a theoretical background is established to understand that relation and, at same time, to enable the operational access to its dynamics. Then, a methodological approach, focused on material flows accountability of the economic process, is connected to that theoretical matrix. From this approach, known as Material Flow Analysis (MFA), the Economic-Environmental Metabolism was examined in detail. This concept allows to quantify the energy and material demand of an economy. The analysis of the Total Material Demand (TMD) enables us to know the ecological efficiency of any economic process and allows us to elaborate environmental impact indicators of antropic activities. This study produced an appropriate methodology that was applied to measure the TMD of Brazil and to compare it with the TMD of the USA, Germany, Japan and The Netherlands. The results demonstrated that the methodology is capable of identifying relevant ecological features of the economy, showing that the economic system has its own logic and that in the present conditions it is increasingly unsustainable in relation to the environment.
Keywords: Indicadores ambientais
Desenvolvimento sustentável
Sustentabilidade
Colonização
Brasil - País
ISSN: 2179-7536
Appears in Collections:Artigos Científicos - NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_SustentabilidadeDesenvolvimentoDemanda.pdf300,78 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons