Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3204
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 5-Oct-2012
metadata.dc.creator: REIS, Renata Rodrigues dos
metadata.dc.contributor.advisor1: DINIZ JUNIOR, José Antônio Picanço
metadata.dc.contributor.advisor-co1: DINIZ, Cristovam Wanderley Picanço
Title: Estudo das alterações neuropatológicas e do comportamento em tarefas hipocampo-dependentes induzidas pela encefalite experimental aguda associada ao vírus piry
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos
Citation: REIS, Renata Rodrigues dos. Estudo das alterações neuropatológicas e do comportamento em tarefas hipocampo-dependentes induzidas pela encefalite experimental aguda associada ao vírus piry. 2012. 74 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho investiga as alterações neuropatológicas e do comportamento em tarefas hipocampo-dependentes induzidas pela encefalite experimental aguda associada ao vírus Piry. Três janelas temporais (3, 7 e 10 dias após a inoculação) foram avaliadas e dois ambientes testados de forma a avaliar se o enriquecimento ambiental influencia as alterações associadas à infecção. Camundongos fêmeas de dois meses de idade foram mantidos em ambientes empobrecido (IE) ou enriquecido (EE) durante seis meses e foram testados para as atividades de burrowing, de campo aberto e de discriminação olfatória. Após esse período os animais foram inoculados por via intranasal com 5μl de homogenado de cérebro normal (NBH) ou homogenado de cérebro infectado pelo vírus Piry (PY) e então reorganizados nos seguintes grupos: IENBH, IEPY, EENBH e EEPY, com sete animais cada. Três, sete e dez dias após a inoculação (dpi), os animais de cada janela temporal foram perfundidos com fixador aldeídico. Os encéfalos foram removidos, seccionados e as secções foram processadas para imunohistoquímica para anti-Piry e para anti-Iba-1 para marcação dos antígenos virais e de macrófagos/micróglias, respectivamente. Quantificações estereológicas foram feitas em cada camada celular de CA3 usando o método do fracionador óptico. Estimativas do fracionador óptico mostraram que não houve alteração da estimativa do número total de micróglias em CA3 nos grupos analisados, indicando que a infecção não alterou o número de células, mas a morfologia das micróglias, que se mostraram mais ativadas no grupo IEPY do que no grupo EEPY. Os resultados revelaram a presença de antígenos virais no bulbo olfatório, córtex piriforme, estriado e fimbria, ao longo da via olfatória. A atividade de burrowing no grupo IEPY diminuiu na primeira janela temporal e permaneceu baixa até a última janela, enquanto que no grupo EEPY não houve alteração neste teste. Na atividade de campo aberto, o grupo IEPY aumentou o tempo imóvel já na primeira janela e continuou aumentando até a última; reduziu o número de linhas cruzadas na segunda janela e permaneceu reduzido na última; e diminuiu o tempo na zona central na segunda e última janela. Já o grupo EEPY, aumentou o tempo imóvel e reduziu o número de linhas cruzadas na segunda janela. No teste de discriminação olfatória, o principal grupo afetado foi o grupo IEPY, que não discriminou os dois odores na última janela, enquanto que o grupo EEPY não teve alteração na discriminação.
Abstract: This study investigated neuropathological changes and behavior in hippocampaldependent tasks induced by encephalitis caused by Piry arbovirus. Three temporal windows (3, 7 and 10 days post infection) and two environmental conditions were assessed to measure possible effects of the environmental enrichment on infection- induced changes. Two months old female mice, maintained in impoverished (IE) or in enriched environment (EE) by six months were tested in burrowing, open field and olfactory discrimination. After this period, all animals were intranasally inoculated with 5 μl of normal (NBH) or infected brain homogenate with Piry arbovirus (PY) and then reorganized into the following groups with seven animals each: IENBH, IEPY, EENBH and EEPY. After three, seven and ten days post instillation (dpi), they were perfused with aldehyde fixative. Their brains were removed, sectioned and the sections were processed either to imunohistochemical with anti-Piry or anti-Iba-1 to marker viral antigens and macrophage/microglial cells, respectively. Stereological quantifications were done in each CA3 layer using the optical fractionator method. Optical fractionator estimations revealed no changes in the number of microglial cells, indicating that this infection was not able to alter the number of cells, but microglia morphology, that revealed a higher number of pro-inflammatory morphological profiles in the IEPY than EEPY. Viral antigens were detected in the olfactory bulb, pyriform cortex, striatum and fimbria, following a sequence that mimics the anatomical olfactory pathway. In IEPY burrowing activity decreased in the first window and remained as such until the last window whereas in EEPY no changes were detected. Immobility increased in IEPY and remained altered until the last window; the number of crossing lines increased in the second and last windows; and the time on the center zone decreased in the second and last windows. In EEPY the immobility increased and correspondently the crossing lines reduced just in the second window. In olfactory discrimination, the main affected group was the IEPY, that didn‟t distinguish the two odors in the last window; in contrast EEPY group remained unaltered.
Keywords: Encefalite viral
Vírus Piry
Fracionador óptico
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA GERAL::NEUROFISIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoAlteracoesNeuropatologicas.pdf1,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons