Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3441
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2009
metadata.dc.creator: GOMES, Fernando Antonio Pinheiro
metadata.dc.contributor.advisor1: DMITRIEV, Victor Alexandrovich
Title: Modelamento matemático de interfaces neurológicas
Citation: GOMES, Fernando Antonio Pinheiro. Modelamento matemático de interfaces neurológicas. Orientador: Victor Alexandrovich Dmitriev. 2009. 68 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Instituto de Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Belém, 2009. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3441. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O estudo do comportamento dinâmico da junção que se forma ao se unir uma fibra nervosa a um semicondutor é objeto de muitas pesquisas ultimamente em grandes centros de pesquisas. Estes estudos levam basicamente a dois modelos matemáticos de modelagem da junção: o modelo de contacto de ponta e o modelo de contacto de área. Utilizando o modelo de contacto de área, resolve-se a equação diferencial que descreve o comportamento dinâmico da junção neurônio-semicondutor, através de dois métodos analíticos. No primeiro método a solução da equação diferencial é obtida através da soma de duas equações: da solução da equação homogênea mais a da equação particular, obtendo dessa forma, o resultado que consta na literatura. Já o segundo método é o que descreve a solução usando as funções de Green, cujo resultado, embora não coincidente com o da literatura, é totalmente coincidente na região de interesse dentro da junção. A vantagem do uso da função de Green na determinação da solução de uma equação diferencial, é que, uma vez determinada essa função, a solução dessa equação diferencial é obtida de forma imediata, bastando para tal, fazer um processo de integração do produto entre a função de Green e a função de excitação ou fonte. Por último, mostra-se a completa equivalência entre os dois métodos de soluções da equação diferencial.
Abstract: The study of de dynamic behavior of the neuron transistor junction has been the aim of several great research centers lately. These studies basically give rise to two mathematical models that describes the neuron transistor junctions: the point contact model and the area contact model. Through the area contact model, this work shows how to obtain solutions of the differential equation that describe the dynamic behavior of the neuron transistor junction using two different analytical methods. In the first method chosen the solution of the differential equation give rise from summation between the solutions of the homogeneous equation and the particular equation. The second choice uses de Green´s functions to obtain the solution of the equation. At last, is proved that the two methods are fully equivalent between each other.
Keywords: Junção neurônio semi-condutor
Modelo contacto de área
Solução analítica
Função de green
Neuron semiconductor junction
Area contact model
Analytical solution
Green's function
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Engenharia Elétrica (Mestrado) - PPGEE/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ModelamentoMatematicoInterfaces.pdf2,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons