Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3456
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 8-Nov-2007
metadata.dc.creator: MORAES, Rinaldo Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: HURTIENNE, Thomas Peter
Title: A navegação regional como mecanismo de transformação da economia da borracha
metadata.dc.description.sponsorship: IESAM - Instituto de Estudos Superiores da Amazônia
Citation: MORAES, Rinaldo Ribeiro. A navegação regional como mecanismo de transformação da economia da borracha. 2007. 216 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2007. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido.
metadata.dc.description.resumo: Trata da transformação do mercado amazônico no século XIX, a partir da economia da borracha, tendo como teoria de base o sentido de transformação de mercado de Karl Polanyi – autor do clássico A grande transformação: as origens de nossa época, publicado em 1944. Trata-se, portanto, de um trabalho de história econômica com fundamentação teórica extraída da sociologia econômica. As transformações que estavam ocorrendo no mercado amazônico se delineavam em várias esferas – principalmente a partir da década de 1870, quando a economia regional passa a se inserir definitivamente no padrão de acumulação capitalista. Ocorreram transformações mercadológicas nos seringais do Pará (seringais dos rios Acará, Capim, Guamá e Moju, ilha do Marajó, rio Xingu e rio Tapajós – todos esses de fase pré-capitalista) até o Amazonas (seringais dos rios Solimões, Madeira, depois Purus e Juruá, no Acre – esses agora no estágio de economia capitalista), transformações no perfil da mão-de-obra dos seringais (dos tapuios aos imigrantes nordestinos), transformações na infra-estrutura das cidades, principalmente Belém e Manaus, e transformações no padrão das inversões de capital, principalmente de origem estrangeiro. A navegação regional (tanto tradicional dos barcos à vela, quanto das canoas e principalmente do barco a vapor) se insere neste contexto como um mecanismo eficaz, determinante, para essas transformações, ainda que ela mesma estivesse sendo transformada, também, pela economia da borracha – portanto, um movimento dialético. Sem a navegação a vapor não teria sido possível a realização da grande corrida rumo aos seringais da Região Amazônica como, também, sem a utilização das canoas, dificilmente se conseguiria avançar na imensa rede de igarapés, furos e lagos para abastecer o interior, as cidades e os próprios seringais. A navegação a vapor é o grande destaque do nosso trabalho, pois inserida na Amazônia, em 1853, pelo Visconde de Mauá, e fazendo parte da revolução tecnológica dos países desenvolvidos, passa ser o meio de transporte mais importante do comércio local – uma simples viagem de Manaus para Belém pela navegação a vela tradicional levava em média dois meses. Pelo barco a vapor o mesmo percurso se fazia em até 10 dias. A navegação a vapor introduziu a Amazônia no sentido concreto da revolução tecnológica, cultural e econômica dos países desenvolvidos. A empresa de navegação a vapor Amazon River, criada em 1912, foi o empreendimento mais inovador da economia da borracha e durante toda a primeira metade do século XX.
Abstract: This thesis treats of the transformation of the Amazonian market in the century XIX, starting from the rubber economy, having as basis theory the sense of market transformation by Karl Polanyi - the author of the classic “The great transformation: the origins of our time”, published in 1944. It is, therefore, a work of economical history with theoretical fundaments extracted from the economical sociology. The transformations that were happening at the Amazonian market could be outlined in several spheres - starting mainly from the 1870's, when the regional economy started to interfer definitively in the pattern of capitalist accumulation. Market transformations occurred in the rubber plantations of Pará (rubber plantations of the rivers Acará, Capim, Guamá and Mojú, Marajó Island, River Xingu and River Tapajós - all of those of pre-capitalist phases) as far as the Amazon (rubber plantations of the rivers Solimões, Madeiras, later Purus and Juruá, in Acre - those then in the stage of capitalist economy), transformations in the profile of the laborers of the rubber plantations (from the tapuios to the Northeastern immigrants), transformations in the infrastructure of the cities, mainly Belém and Manaus, and transformations in the pattern of the capital inversions, mainly of foreigner origins. The regional navigation (from the so traditional sailing boats to the canoes, and mainly of the steamships) is inserted in this context as a effective mechanism, decisive for those transformations, although it was being transformed itself, also, by the economy of the rubber - therefore, a dialectic movement. Without the steam navigation it would not have been possible the accomplishment of the great race to the rubber plantations of the Amazonian area as well as without the use of the canoes, it would have been hard to move ahead through the immense igarapés net, river passages and lakes to supply the countryside, the cities and the rubber plantations themselves. The steam navigation is the great prominence of our work, as it was inserted in the Amazon, in 1853, by Visconde de Mauá, and being part of the technological revolution of the developed countries, it starts to be the most important means of transportation of the local trade - a simple trip from Manaus to Belém on the traditional navigation took two months on average. As for the steamship the same trip was made in about 10 days. The steam navigation introduced the Amazon in the concrete sense of the technological, cultural and economical revolution of the developed countries. The steam navigation company, Amazon River, founded in 1912, was the most innovator enterprise of the rubber economy and during the whole first half of the XX century.
Keywords: Mercado (Economia)
Sociologia econômica
Navegação fluvial
Seringal
Pará - Estado
Amazonas - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE TRANSPORTES::PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES::ECONOMIA DOS TRANSPORTES
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_NavegacaoRegionalMecanismo.pdf1,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons