Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3469
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 22-May-2012
Authors: SILVA, José Orlando de Almeida
First Advisor: ESPOSITO, Maria Cristina
Title: Califorídeos (Diptera, Oestroidea) associados a cadáveres suínos em uma área de cerrado na Reserva Ecológica do Inhamum, Caxias, Maranhão, Brasil: subsídios para aplicação em processos forenses
Citation: SILVA, José Orlando de Almeida. Califorídeos (Diptera, Oestroidea) associados a cadáveres suínos em uma área de cerrado na Reserva Ecológica do Inhamum, Caxias, Maranhão, Brasil: subsídios para aplicação em processos forenses. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo conhecer a fauna e o padrão de distribuição temporal de califorídeos que colonizam cadáveres suínos em uma área de cerrado na Reserva Ecológica do Inhamum (REI), Caxias, MA. Foram realizados dois experimentos, um no período seco (julho a agosto/2010) e o outro no período chuvoso (março a abril/2011). Em cada experimento foram utilizados três suínos de 12 kg cada, colocados em gaiola de metal. Sobre cada gaiola foi colocada uma “armadilha do tipo suspensa” para capturar os califorídeos adultos que visitassem os cadáveres suínos. Bandejas com serragem foram acopladas debaixo das gaiolas, para coleta de imaturos. Foram obtidos 51.234 espécimes de califorídeos, sendo 25.093 de adultos coletados e 26.141 de adultos criados. Foram identificadas as seguintes espécies: Chloroprocta idioidea (Robineau-Desvoidy, 1830) Chrysomya albiceps (Wiedemann, 1819), Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794), Chrysomya rufifacies (Macquart, 1843), Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775), Hemilucilia benoisti Séguy, 1925, Hemilucilia segmentaria (Fabricius, 1805), Hemilucilia townsendi Shannon, 1926, Lucilia eximia (Wiedemann, 1818) e Lucilia sp1. Chrysomya rufifacies e H. townsendi são novos registros para o Brasil. Cochliomyia macellaria e C. idioidea foram as mais abundantes, em relação aos adultos coletados, enquanto que C. albiceps e C. rufifacies foram as mais abundantes entre os adultos criados. Apenas as espécies do gênero Hemilucilia não se criaram nos cadáveres suínos. A duração da decomposição dos cadáveres suínos foi, em média, de 10 dias e não variou entre os perídos seco e chuvoso, assim como a duração de cada estágio também foi semelhante entre os períodos. As durações dos estágios de decomposição foram diferentes entre si, sendo que o estágio de fermentação foi o mais duradouro. As espécies adultas coletadas de L. eximia, C. idioidea e C. macellaria foram pioneiras na colonização dos cadáveres suínos e estiveram presentes em todos os estágios de decomposição, mas somente L. eximia apresentou associação com o estágio Inicial, segundo o índice de IndVal. Os imaturos de L. eximia foram os primeiros a abandonarem os cadáveres para empuparem no solo, seguidos pelos imaturos de C. macellaria, C. albiceps e C. rufifacies. Segundo o índice de IndVal, os adultos coletados das espécies H. townsendi e H. benoisti foram as únicas que apresentaram associação a apenas um estágio, o de Inchamento; C. rufifacies e C. megacephala apresentaram associação aos estágios de Putrefação Escura e Fermentação; e as demais espécies apresentaram associação a quatro estágios. Em relação aos adultos criados, L. eximia e C. macellaria foram as únicas que apresentaram associação ao estágio de Inchamento, enquanto que C. albiceps e C. rufifacies, as únicas que apresentaram associação ao estágio seco. Os valores de abundância das espécies adultas coletadas de L. eximia, C. idioidea, C. macellaria, C. albiceps e C. rufifacies diferiram entre os estágios de decomposição, sendo que, o de Putrefação Escura foi o mais atrativo. Os valores de abundância dos adultos criados de C. albiceps, C. rufifacies e L. eximia também diferiram entre os estágios, sendo que, o estágio seco foi onde ocorreu maior abundância das espécies de Chrysomya e o de Putrefação Escura, o de L. eximia. Os adultos coletados de L. eximia e C. idioidea, e os adultos criados de C. rufifacies foram mais abundantes no período chuvoso. Em relação aos adultos coletados, a análise de ordenação demonstrou que as comunidades de califorídeos apresentaram maior semelhança entre os estágios de Putrefação Escura, Fermentação e Seco, devido aos maiores valores de riqueza e abundância; no entanto, em relação aos adultos criados, as comunidades dos estágios de Fermentação e Seco foram as mais semelhantes. Estes resultados contribuem para o entendimento do processo de sucessão das espécies de califorídeos adultos visitantes e criados durante a decomposição de cadáveres suínos em uma área de cerrado do estado do Maranhão.
Abstract: The objective of this study was to determine the fauna and the pattern in the temporal distribution of blow flies collected visting or reared from pig carcasses in a cerrado area at the Reserva Ecológica do Inhamum (REI), Caxias, MA. Two experiments were performed, one in the dry season (July and August of 2010) and the another in the rainy season (March and April of 2011). In each experiment three pig carcasses weighing 12 kg each were utilized. The carcasses were placed inside wire metal cages to prevent the access of large scavengers. A suspended trap was placed above each cage to capture adult blow flies that visited the pig carcass. Trays containing sawdust were placed under the cages in order to collect larvae leaving the carcass for pupation. A total of 51,234 specimens was collected. Of these, 25,093 adults were collected in the suspended traps and 26,141 adults were reared from the carcasses. The following species were identified: Chloroprocta idioidea (Robineau-Desvoidy, 1830) Chrysomya albiceps (Wiedemann, 1819), Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794), Chrysomya rufifacies (Macquart, 1843), Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775), Hemilucilia benoisti Séguy, 1925, Hemilucilia segmentaria (Fabricius, 1805), Hemilucilia townsendi Shannon, 1926, Lucilia eximia (Wiedemann, 1818) and Lucilia sp1. Chrysomya rufifacies and H. townsendi are new records for Brazil. Cochliomyia macellaria and C. idioidea were the most abundant among the adults collected in traps, and C. albiceps and C. rufifacies were most abundant among reared specimens. The species of Hemilucilia were the only ones not reared from the carcasses. The mean time of decomposition of the pig carcasses was 10 days, and there was no difference between carcasses exposed in dry and rainy seasons. In adition, the duration of each decomposition stage did not vary between the two seasons. The duration of the stages was different, and the fermentation stage was the longest. Lucilia eximia, C. idioidea and C. macellaria, collected in the traps, were the pioneers in colonizing the pig carcasses, and they were found in all stages of decomposition. However, only L. eximia showed an association with the Initial stage, according to the IndVal index. The larvae of L. eximia were the first to leave the carcasses for pupation, followed by C. macellaria, C. albiceps and C. rufifacies. According to the IndVal index, the adults of H. townsendi and H. benoisti collected in the traps, were the only species that showed an association with only one stage, the Bloated stage. Chrysomya rufifacies and C. megacephala showed an association with the Black Putrefaction and Fermentation stages. The other species showed an association with four stages. With respect to species reared from carcasses, L. eximia and C. macellaria were the only ones that showed an association with the Bloat stage, and C. rufifacies and C. albiceps were the only species that had an association with the Dry Decay stage. The abundance values of L. eximia, C. idioidea, C. macellaria, C. albiceps, and C. rufifacies, collected in the traps, were different between the stages of decomposition, and the Black Putrefaction was the more attractive to these species. The abundance values of C. albiceps, C. rufifacies, and L. eximia, reared from the carcasses, were different between the stages, and the Dry Decay and Black Putrefaction stages showed the higher abundance of Chrysomya species and L. eximia, respectively. The species of L. eximia and C. idioidea, collected in the traps, and reared specimens of C. rufifacies were more abundant in the rainy season. With respect to the specimens collected in the traps, the ordination analyses showed that the community of blow flies has higher similarity between the Black Putrefaction, Fermentation and Dry Decay stages, due to higher richness and abundance values. However, with respect to the reared species, the community of the Fermentation and Dry Decay stages were the most similar. These results contribute to understanding the successional process of visitors adults and reared larvae of blow flies during the decomposition of pig carcasses in a cerrado area of the state of Maranhão.
Keywords: Bioma
Cerrados
Insetos
Entomologia forense
Calliphoridae
Reserva Ecológica de Inhamum - MA
Caxias - MA
Maranhão - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::ENTOMOLOGIA E MALACOLOGIA DE PARASITOS E VETORES
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaliforideosDipteraOestroidea.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons