Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3486
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2009
Authors: MELO, Ylana Priscila da Costa
First Advisor: FRÉDOU, Thierry
Title: Caracterização da ictiofauna durante o período seco, na Baía do Guajará e Baía do Marajó
Sponsor: Projeto PIATAM Mar II
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: MELO, Ylana Priscila da Costa. Caracterização da ictiofauna durante o período seco, na Baía do Guajará e Baía do Marajó. 2009. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
Resumo: A baía do Guajará e baía do Marajó, área de abrangência da pesquisa e inseridas dentro do contexto do estuário Paraense, são caracterizadas por receber a maior parte da descarga de água doce e por apresentar domínio de macromaré. A pesca nesta região apresenta uma grande importância para a economia de vários municípios no estado do Pará, abrangendo a captura de diversas espécies, diferentes apetrechos de pesca e duas frotas pesqueiras e tecnologicamente distintas (artesanal e industrial). No âmbito da pesquisa o estudo na baía do Guajará e baía do Marajó, fez-se necessário no sentido de contribuir com informações importantes relacionado a biologia e ecologia do ambiente, onde tais informações serviram para efetuar a caracterização da ictiofauna da área durante o período seco, visando realizar o levantamento da diversidade local, uma vez que a maioria do pescado desembarcado em Belém, é proveniente dessas áreas através da pesca artesanal. O estudo compreendeu áreas pertencentes ao estado do Pará, abrangendo os terminais portuários da baía do Guajará e baía do Marajó. Uma coleta extra foi realizada na área da ilha do Mosqueiro. Os dados até então disponíveis não apresentam diferenciação na composição da ictiofauna das áreas estudadas. Foi estimado um total de 37 espécies de peixes, contabilizando 4.379 indivíduos na baía do Guajará, baía do Marajó e ilha do Mosqueiro, onde a família mais representativa foi Scianidade, agrupando as espécies que mais contribuíram, que foram: Pescada branca (Plagioscion squamosissimus) e a Curuca (Stellifer rastrifer) (considerada constante, ou seja, que compõem efetivamente a ictiofauna do local tanto na baía do Guajará, como na baía do Marajó e ilha do Mosqueiro). Dentre as 37 espécies, 4 foram consideradas constantes, 26 foram ocasionais e 7 acessórias.Pescada branca (Plagioscion squamossisimus) e Curuca (Stellifer microps), foram as espécies de maior importância durante as pescarias em termo de captura por unidade de esforço (CPUE), frequência de ocorrência, contribuição relativa e analise de Simper (Multivariada). Sendo apenas na ilha do Mosqueiro que destacou-se: Sarda (Pellona flavipinis), em virtude da influencia marinha nesta área ser mais elevada, que consequentemente caracteriza a biota local e a diferenciam de outras regiões.De uma maneira geral a diversidade foi baixa, sem maiores variações, bem como a equitabilidade que se manteve sem grande diferença entre as áreas. A área apresentou baixa diversidade de espécies quando comparados com outros ambientes estuarinos, justificado principalmente pela elevada hidrodinâmica da área e grande fluxo de embarcações, tornando o ambiente inóspito para o aparecimento de algumas espécies. Maior destaque mereceu a baía do Guajará por possui grande importância ecológica, por ser considerada área de berçário, e consequentemente econômica, visto que há espécies de interesse comercial que passam parte do seu ciclo de vida nesse lugar.
Abstract: The Bay of Guajará and Bay of Marajó coverage area of search and inserted into the context of the estuary Paraense, are characterized by receiving the majority of freshwater discharge and submit macrotidal area. The fishing in this region is of great importance to the economy of several municipalities in the state of Pará, including the capture of several species and different fishing gear and two fleets and technologically distinct (artisanal and industrial). As part of the research study in the Bay of Guajará and Bay of Marajó, it was necessary to contribute with important information related to biology and ecology of the environment, where such information was used to perform the characterization of the fish fauna of the area during the dry period in order to survey the local diversity, since the majority of fish landed in Bethlehem is from these areas through fishing. The study included areas belonging to the state of Pará, covering the port terminals Bay of Guajará and Bay of Marajó. An extra collection was performed in the area of the island of Mosqueiro. The data available so far do not show differentiation in the composition of the fauna of the areas studied. It was estimated a total of 37 fish species, accounting for 4379 individuals in the Bay of Guajará Bay of Marajó and Mosqueiro island, where the family was more representative Scianidade grouping species that contributed the most, which were: Hake (Plagioscion squamosissimus) and Curuca (Stellifer rastrifer) (assumed to be constant, ie, effectively making up the fish fauna of the place in the bay of Guajará, as in the bay of Marajó and the island of Mosqueiro). Among the 37 species, 4 were considered constant, 26 were occasional white and 7 catches. Hake (Plagioscion squamossisimus) and Curuca (Stellifer microps) were the most important species for fisheries in terms of catch per unit effort (CPUE), frequency of occurrence, and relative contribution of Simper analysis (multivariate). Being only the island of Mosqueiro that stood out: Mackerel (Pellona flavipinis), because of marine influence in this area is higher, which thus characterizes the local biota and distinguish it from other regions. Overall diversity was low with greater variations, and the evenness remained free of major difference between the areas. The area had low species diversity compared to other estuaries, mainly explained by the high hydrodynamic of the area and high flow vessels, making the environment inhospitable to the emergence of some species. More emphasis has earned the bay of Guajará has great ecological importance because it is considered as the nursery, and therefore economical, as there are commercial species that spend part of their life cycle there.
Keywords: Ictiofauna
Estuários
Peixe
Baía do Guajará - PA
Baía de Marajó - PA
Ilha de Marajó - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ecologia Aquática e Pesca (Mestrado) - PPGEAP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracterizacaoIctiofaunaDurante.pdf2,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons