Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3489
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 10-Jun-2009
Authors: MONTEIRO, Viviane Ferreira
First Advisor: ROSA FILHO, José Souto
Title: Eficiência de diferentes abordagens metodológicas e caracterização das associações macrobentônicas estuarinas da zona costeira amazônica
Sponsor: Projeto PIATAM Mar
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: MONTEIRO, Viviane Ferreira. Eficiência de diferentes abordagens metodológicas e caracterização das associações macrobentônicas estuarinas da zona costeira amazônica. 2009. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
Resumo: As associações macrobentonicas estuarinas de regiões costeiras amazônicas foram caracterizadas usando diferentes aberturas de malha e profundidades de amostragem. As amostragens aconteceram na ilha de Algodoal e península de Ajuruteua (PA), nos períodos chuvoso e seco (junho e dezembro de 2007, respectivamente), nos habitats borda do mangue, mangue, areno-lamoso e arenoso. Em cada habitat foram coletadas oito amostras biológicas, utilizando tubo cilíndrico de 0,0079 m², assim como amostras para caracterização do substrato (textura, umidade e concentrações de matéria orgânica), e concentrações de clorofila a e feopigmentos. Cada amostra biológica foi dividida em três estratos (0-5, 5-10 e 10-20 cm), sendo cada estrato peneirado em malhas de 1,0, 0,5, 0,3 e 0,25 mm de abertura. Foram utilizadas técnicas univariadas (ANOVA) e multivariadas (MDS, ANOSIM, SIMPER e BIOENV) para a analise dos dados. A macrofauna foi composta por 68 táxons com dominância de Annelida (Tubificidae e Capitellidae). As malhas de 0,3 e 0,25 mm foram as mais eficientes na retenção de organismos e espécies, enquanto a malha de 1,0 mm perdeu quantidades significativas de organismos, sobretudo de Tubificidae. As amostras coletadas a 10 e 20 cm de profundidade não diferiram significativamente quanto numero de táxons e organismos. Foram observadas variações espaciais significativas na estrutura da macrofauna entre habitats em ambos os locais e ocasiões de amostragem, com densidade e riqueza superiores nos habitats lamosos. As variáveis ambientais mais correlacionas com a fauna foram a quantidade de argila, a concentração orgânica e o teor de umidade nos sedimentos. Foi possível concluir que: 1. A fauna bentônica na ilha de Algodoal e península de Ajuruteua foi composta por poucos táxons, sendo eles tipicamente estuarinas e de pequenas dimensões, dominada por Annelida; 2. para a caracterização da macrofauna bentônica e necessário a tomada de amostras somente ate a profundidade de 10 cm de sedimento e o peneiramento em malha de 0,3 mm de abertura; 3. os habitats lamosos tiveram geralmente maiores densidades e riqueza; 4. apenas na ilha de Algodoal se observou variação temporal na estrutura da macrofauna; 5. a quantidade de argila, feopigmentos e teor de umidade nos sedimentos foram os principais fatores responsáveis pela estruturação da fauna.
Abstract: The estuarine macrobenthic communities from Amazonian coastal regions were characterized using different mesh sizes and sampling depths. The samplings were performed in Algodoal island and peninsula of Ajuruteua (PA), during rainy and dry seasons (June and December 2007, respectively) at the following habitats: mangrove edge, mangrove, sandy and muddy-sandy paths. At each habitat eight biological samples were collected using a cylindrical corer with 0.0079 m², as well as samples for sediment analysis (texture, moisture and organic matter concentrations) and chlorophyll a and pheopigments concentrations. Each biological sample was devided into three strata (0-5, 5-10 and 10-20 cm) and they were sieved on mesh screen sizes of 1.0, 0.5, 0.3 and 0.25 mm. Univariate (ANOVA) and multivariate (MDS, ANOSIM, SIMPER and BIOENV) techniques were used for data analysis. Macrofaunal composition consisted of 68 taxa with dominance of Annelida (Tubificidae and Capitellidae). Meshes of 0.3 and 0.25 mm were the most efficient in terms of retention of organisms and species, while the mesh of 1.0 mm lost significant quantities of organisms, especially Tubificidae. The samples collected at 10 and 20 cm depth did not differ significantly regarding to the number of taxa and organisms. Significant spatial variations were observed on the macrofaunal structure between habitats in both locations and sampling moments, with higher density and richness in muddy paths (mangrove edge and mangrove). The amount of clay, organic matter and moisture concentrations of the sediment were the most correlated environmental variables with the fauna. It could be concluded that: 1. the benthic macrofauna in Algodoal island and peninsula of Ajuruteua was composed by few taxa, and those were typically estuarine and of small dimensions, dominated by Annelida; 2. for characterization of benthic macrofauna is necessary to take samples at 10 cm depth and sieve them on mesh of 0.3 mm size; 3. Muddy-sandy habitats presented normally highest densities and richness; 4. only in Algodoal island was observed temporal variation in the structure of benthic macrofauna; 5. the amount of clay, pheopigments and moisture content in the sediment were the main factors responsible for macrofaunal structure.
Keywords: Associação macrobentônica
Ecossistema aquático
Estuários
Mangue
Praias
Ilha de Algodoal/Maiandeua - PA
Península de Ajuruteua - PA
Maracanã - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ecologia Aquática e Pesca (Mestrado) - PPGEAP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EficienciaDiferentesAbordagens.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons