Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3513
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 2011
Authors: VIANA, Andréa Pontes
First Advisor: FRÉDOU, Flávia Lucena
First Co-Advisor: ROCHA, Rossineide Martins da
Title: A ictiofauna no monitoramento da qualidade ambiental em um distrito industrial do estuário amazônico
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Fundação Gordon e Betty Moore
IIEB - Instituto Internacional de Educação do Brasil
Citation: VIANA, Andréa Pontes. A ictiofauna no monitoramento da qualidade ambiental em um distrito industrial do estuário amazônico. 2011. 153 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
Resumo: Vila do Conde está localizada no município de Barcarena, Pará, Brasil. Nesta região está concentrado um importante pólo industrial de mineração, constituindo um fator de risco para a qualidade da água. Diante do exposto, este trabalho teve o objetivo de avaliar a qualidade da água no ambiente estuarino localizado no entorno de Vila do Conde utilizando a ictiofauna como bioindicador e o fígado de duas espécies de peixes como biomarcador histopatológico. As coletas do material abiótico (água) e da ictiofauna ocorreram em três áreas considerando os diferentes níveis de impacto: Zona 1, localizado no entorno do terminal portuário e industrial de Vila do Conde, considerada como alto risco de contaminação; Zona 2, localizada na ilha do Capim, na divisa dos municípios de Barcarena e Abaetetuba, classificada com risco médio de impacto; Zona 3, localizada na ilha das Onças, município de Barcarena, classificada com risco minímo por está distante das fontes de contaminação. Para todas as áreas de estudo foram feitas amostragens tanto no ambiente de canal quanto no canal de maré ao longo de quatro coletas bimestrais -, transição chuvoso para o seco (Junho 2009), seco (Setembro 2009), transição seco para chuvoso (Janeiro 2010) e período chuvoso (Abril 2010), no período de um ano de coleta. Para a obtenção dos dados foram utilizados rede de emalhar e rede de tapagem. Como forma de abordar diferentes vertentes sobre a qualidade da água em Vila do Conde, este trabalho foi dividido em etapas. A primeira etapa consistiu do uso da ictiofauna como bioindicadora (capítulo 1). Na segunda etapa foram selecionadas duas espécies abundantes com hábitos alimentares distintos, Plagioscion squamosissimus e Lithodoras dorsalis, para avaliar a saúde do ambiente através da utilização do fígado como iomarcador histopatológico (capítulo 2). Por fim todas as famílias de descritores da comunidade estudadas nos capítulos 1 e 2 foram integralizadas através do uso de índices de integridade biológica (capítulo 3). A análise da ictiofauna como bioindicadora mostrou que, para os dois ambientes (canal e igarapé), considerando as várias famílias de descritores, foi evidente a composição diferenciada entre os locais. Das 77 espécies capturadas, apenas 23 foram encontradas na zona 1. Adicionalmente, também foi observada a diminuição de organismos de grande porte. Este decréscimo foi considerado como uma resposta ecológica inicial as alterações antrópicas. A análise dos biomarcadores, feito através do estudo histopatológico do fígado se mostrou eficiente e demonstrou que presença antrópica naquela região está afetando a saúde da P. squamosissimus e L. dorsalis. O MAV (Mean Assessment Values), HAI (Histological Alteration Index) e o MDS (multidimensional scaling) mostraram claramente as diferenças entre as áreas estudadas. Nas áreas em que existe o contato mais próximo com o porto e as indústrias, as alterações foram mais severas e algumas consideradas irreversíveis para as duas espécies. As principais lesões encontradas nas duas espécies foram: o aumento do centro melanomacrófagos, degeneração gordurosa, inflamação nos hepatócitos, hepatite, congestão nos vasos e necrose focal. As alterações hepáticas observadas neste estudo foram mais intensas em P. squamosissimus que é carnívora e se alimenta na área de estudo predominantemente de camarão. Através dos índices de integridade todas as informações sobre a comunidade descritas anteriormente foram agregadas e denominadas de métricas. Para os dois ambientes (canal e igarapé), a curva de biomassa/dominância ABC mostrou que as zonas 1 e 2 apresentaram alterações, sendo estas áreas classificadas como moderadamente impactadas. Os índices BHI (Estuarine biological health index), EFCI (Estuarine fish community índex), TFCI (Transitional fish classification índex) e EBI (Estuarine biotic integrity index) foram considerados excelentes indicadores de integridade nas áreas de estudos e foram eficientes em mostrar alterações graves da comunidade de peixes na zona 1. Quanto à zona 2, já foi possível observar algum tipo de alteração no ambiente, mostrando que a contaminação não está se restringindo apenas ao entorno de Vila do Conde. As metodologias aplicadas foram capazes de detectar as interferências antrópicas na área de estudo e podem para ser replicadas em outros ambientes estuarinos. Entretanto, estudos mais detalhados e por um maior período de tempo ainda são necessários em Vila do Conde, principalmente relacionadas à bioacumulação de metais pesados nas principais espécies consumidas.
Abstract: The district of Vila do Conde, in the municipality of Barcarena, is a prominent industrial hub, constituting a risk factor for water quality. Given this, the present study focused on the environmental quality of the aquatic habitats adjacent to this site, using the fish community as a bioindicator and liver two species of fish as a biomarker histopathological. The collection of abiotic data (water samples) and fish specimens was organized in three distinct zones, representing different levels of impact. Zone 1 was located in the vicinity of the Vila do Conde cargo terminal, where the risk of contamination was highest. Zone 2 was in the Capim Island, located on the border between the municipalities of Bacarena and Abaetetuba, classified as a median risk area due to its relative proximity to the port. Zone 3 was in Onças Island, which was classified as minimum risk, due to its distance from the industrial district of Vila do Conde. Two different types of environment – the main river channel and marginal tidal creek were sampled in all three zones. Samples were collected every two months, covering the region’s principal climatic periods - rainy-dry transition (June 2009), dry season (September 2009), dry-rainy transition (January 2010), rainy season (April 2010), in one year collection. Data was collected using monofilament gillnets and block net. Aiming to evaluate the water quality considering different tools, this study was divided into three parts. In the the first part, the icthyofauna was used as an bioindicator of water quality (Chapter 1). In the second part, two species abundant with different feeding habits, Plagioscion squamosissimus and Lithodoras dorsalis, to assess the health of the environment through the use of liver as a biomarker histopathological (Chapter 2). Finally, all families of descriptors (chapters 1 and 2), were combined into biological integrity indexes in chapter 3. The analysis of the icthyofauna as an bioindicator showed differences in the composition between zones and environments (main channel and tidal creek), for the different groups of descriptors. Considering the 77 species captured, only 23 species were recorded in comparison with the less impacted areas. Also, large fish were least common in zone 1. In the present study, the smaller proportion of larger-sized fish recorded in the impacted areas may reflect an ecological response to anthropogenic disturbance. Biomarker analysis, carried out through the liver histopatologic study, was efficient to detect the influence of antropogenic factors in the heatlh of P. squamosissimus e L. dorsalis. The MAV (Mean Assessment Values), HAI (Histological Alteration Index) e o MDS (multidimensional scaling) analysis all indicated clear differences between the areas surveyed. The alterations were more severe (in some cases, irreversible) in zone 1, which was closest to the port and the industrial district. The principal alterations observed in the tissue of both species included an increase in the number of melanomacrophagous centers, fatty degeneration, inflammation, congestion, hepatitis, and focal necrosis. The hepatic alterations observed in the present study were generally more intense in the carnivorous P. squamosissimus, which feeds mainly on shrimp in the region of the study area. Though integrity indexes, all community information were combined into metrics. In the present study, considering the ABC curve, in the main channel and creek, the zones 1 and 2 were classified as moderately disturbed, which predicts an increase in the relative abundance of opportunistic species. The BHI (Estuarine biological health index), EFCI (Estuarine fish community índex), TFCI (Transitional fish classification índex) e EBI (Estuarine biotic integrity index) were considered to be excellent indicators of the ecological integrity of the different sectors of the study area, and were especially effective for the demonstration of the critical alterations of the fish community of zone 1. It was also possible to identify alterations to the environment of zone 2. The procedures adopted in the present study were nevertheless adequate for the detection of the alterations to the environment which have occurred in the vicinity of the town’s industrial district and cargo terminal and are able to be replicted in others estuarine areas. However, more reliable information on the bio-accumulation of heavy metals in these species will be necessary. This is especially important due to the prominence of both species in the diet of the local communities.
Keywords: Ictiofauna
Qualidade da água
Ecossistema aquático
Qualidade ambiental
Monitorização ambiental
Estuários
Peixe
Vila do Conde - PA
Ilha das Onças - PA
Ilha do Capim - PA
Rio Pará - PA
Abaetetuba (PA)
Barcarena - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
Appears in Collections:Teses em Ecologia Aquática e Pesca (Doutorado) - PPGEAP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_IctiofaunaMonitoramentoQualidade.pdf10.84 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons