Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3515
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: MOURÃO, Keila Renata Moreira
metadata.dc.contributor.advisor1: FRÉDOU, Flávia Lucena
Title: Abordagem multicriterial e indicadores ecológicos e econômicos utilizados na identificação de áreas prioritárias para a conservação da ictiofauna no Estuário Amazônico, Brasil
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: MOURÃO, Keila Renata Moreira. Abordagem multicriterial e indicadores ecológicos e econômicos utilizados na identificação de áreas prioritárias para a conservação da ictiofauna no Estuário Amazônico, Brasil. 2012. 182 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo foi dividido em três etapas: (1) caracterização da distribuição espaço temporal da ictiofauna na área de transição do ambiente limnico e marinho (capítulo 1); (b) utilização de descritores de comunidade como forma de determinar a estrutura da comunidade e o uso do habitat pela ictiofauna (capítulo 2) e (3) utilização dos descritores da comunidade estudados nos capítulos 1 e 2, como critérios na elaboração de indicadores (integrados em ambiente SIG) para definir áreas prioritárias e cenários para a conservação da ictiofauna (capítulo 3). As coletas da ictiofauna ocorreram no canal principal e nos canais de maré entre os anos de 2004 a 2011 nos períodos seco (julho a dezembro) e o chuvoso (janeiro a junho), utilizando-se, como artes de pesca, a rede de emalhe, rede de arrasto e tapagem, em três importantes zonas do estuário Amazônico: as baías de Guajará e Marajó e foz do rio Guamá. Foram capturados um total de 41.516 exemplares que corresponderam a uma ictiofauna composta de 136 espécies, 38 famílias e 12 ordens. A eficiência da amostragem foi consideravelmente boa, pois aproximadamente 90% da ictiofauna foi coletada em cada área de estudo. A distribuição espaço temporal da ictiofauna na área de transição do ambiente limnico e mesohalino, mostrou que a riqueza de espécies aumenta no sentido do rio Guamá em direção à baía do Marajó, juntamente com o aumento da salinidade. Em relação aos grupos funcionais tróficos, piscívoros (PV) e zoobentívoros (ZB) foram os dominantes em todas as áreas. Os descritores da comunidade revelaram para o canal principal, os maiores valores de abundância relativa em biomassa e número para a baía do Marajó. Em relação ao canal de maré, a abundância em biomassa foi maior para a baía do Guajará. O canal principal é utilizado para criadouro e crescimento de juvenil, com 90% dos indivíduos em estágio gonadal imaturo. Os indicadores diversidade do ambiente (DA), uso do habitat (UH), abundância relativa (CPUE), saúde do ambiente (SA) e relação com a pesca (RP), apresentaram prioridades de conservação considerada média e alta, ao longo da área de estudo. Assim como os cenários ecológicos e econômicos que, respectivamente, mostraram uma prioridade considerada média-alta e alta-muito alta de conservação da ictiofauna na porção mais ao norte da baía de Marajó e para o período seco. As metodologias aplicadas determinaram a importância ecológica da área de estudo, enfatizando a heterogeneidade entre as mesma e que portanto, não podem ser consideradas como um único ambiente. Quanto a abordagem multicriteral adotada, não há precedentes para o estuário amazônico. Esta metodologia mostrou-se eficaz ao oferecer, através dos diferentes cenários, uma gama de opções que permite ao tomador de decisões explorar a problemática da melhor forma possível ou então utilizá-la como parte integrante de um processo de tomada de decisão.
Abstract: This study was divided into three steps: (1) description of spatial and temporal distribution of fish fauna in the area of transition from marine and freshwater environments (Chapter 1), (b) use of descriptors of community as a way to determine the community structure and use of the habitat for fish fauna (Chapter 2) and (3) use of community descriptors studied in Chapters 1 and 2, as a criteria to development indicators (integrated in GIS environment) to define priority areas and scenarios for the conservation of the fish fauna (Chapter 3). The collections of the fish fauna in the main channel and tidal creek occurred from 2004 to 2011 during the dry period (July- December) and rainy period (January-June), using gill net, trawl and block net as fishing gears, and in three important areas of the Amazon estuary: the bays of Guajará and Marajó and Guamá River. A total of 41,516 specimens of 136 species, 38 families and 12 orders were captured. The spatial and temporal distribution of fish fauna in the area of transition from mesohaline and freshwater environments showed that species richness increases from the Guamá River towards the Marajó Bay, along with the increasing salinity. In relation to trophic functional groups, piscivores (PV) and zoobentívoros (ZB) were dominant in all areas. The community descriptors obtained in the main channel, showed the highest values of biomass and relative abundance in number in Marajó Bay. In relation to the tidal channel, the abundance of biomass was greater in Guajará Bay. The main channel is used for breeding and nursery, and 90% of the individuals were immature. The indicators of diversity of the environment (DA), habitat use (UH), relative abundance (CPUE), environmental health (SA) and relation to fisheries (PR), showed conservation priorities considered medium and high, along the area study. This trend was also observed considering the ecological and economic scenarios, that showed medium-high and high-very high priority for conservation of the fish fauna in the northern portion Marajó Bay in the dry period, respectively. The methodologies used determined the ecological importance of the study area, emphasizing the heterogeneity between them and therefore cannot be considered as a single environment. The multicriteral approach adopted has no precedent for the Amazon estuary. This methodology proved to be effective in providing, through the different scenarios, a range of options that allows the decision maker to explore the issue as best as possible or use it as part of a process of decision making.
Keywords: Ictiofauna
Indicador ecológico
Indicador econômico
Ecossistema aquático
Sistemas de informação geográfica
Peixe - Ilha do Combu (PA)
Peixe - Ilha de Mosqueiro (PA)
Peixe - Ilha das Onças (PA)
Peixe - Baía do Guajará (PA)
Peixe - Baía de Marajó (PA)
Peixe - Rio Guamá (PA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Ecologia Aquática e Pesca (Doutorado) - PPGEAP/NEAP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AbordagemMulticriterialIndicadores.pdf3,84 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons