Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3533
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: LIMA, Roberto Guevara Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: LOPES, Maria Aparecida
Title: Dispersão de sementes por sauins-de-coleira (Saguinus bicolor Spix, 1823; Primates:Cebidae): efeitos do padrão de deslocamento na formação de sombras de sementes
Citation: LIMA, Roberto Guevara Ferreira. Dispersão de sementes por sauins-de-coleira (Saguinus bicolor Spix, 1823; Primates:Cebidae): efeitos do padrão de deslocamento na formação de sombras de sementes. 2012. 43 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
metadata.dc.description.resumo: Quantificar a sombra de sementes gerada por um dispersor, ou seja, a maneira como as sementes são distribuídas em função do tempo que o dispersor as retém e de como este se desloca pelo habitat, é etapa essencial para avaliar os impactos do dispersor na estruturação e funcionamento de populações e comunidades vegetais. Este é o primeiro estudo com o primata S. bicolor como dispersor de sementes e teve como objetivo investigar o padrão de formação de sombra de sementes e sua relação com o padrão de deslocamento da espécie. O deslocamento de quatro grupos de S. bicolor foi monitorado em três fragmentos florestais em Manaus, Amazonia Central. O posicionamento dos animais em um sistema de trilhas foi registrado em intervalos de cinco minutos, ao longo de todo período de atividade, cinco dias ao mês durante o mínimo de 15 meses cada grupo. O tempo de retenção de sementes foi estimado registrando-se o tempo de ingestão, de defecação e o número de sementes de cinco espécies de frutos cultivados ofertados a quatro indivíduos criados em cativeiro. Sombras de sementes foram estimadas através da combinação de dados do padrão de deslocamento com dados do tempo de retenção de sementes. Para cada grupo, foram obtidas a distância média de dispersão e a proporção da área de uso ocupada em uma base mensal, e a relação destas duas variáveis foi verificada através de uma regressão linear simples. O tempo de retenção de sementes variou de 27 a 295 minutos (N = 394), sendo que mais da metade das sementes ficam retidas em até duas horas no trato digestivo, e o número médio de sementes por defecação foi de 3,5 (± 3,7; N = 111). Probabilidades de dispersão de sementes para fora das imediações da planta-matriz ultrapassam 80%, além de incluírem distâncias maiores do que 1 km. Apenas para dois grupos foi verificado que há relação entre a proporção da área de uso e as distâncias de dispersão sendo que para um destes o poder explanatório do modelo foi menor do que 20%. Os resultados indicam que S. bicolor dispersa sementes de forma efetiva e, assim como outros calitriquíneos, pode contribuir para a estruturação e regeneração de ecossistemas florestais.
Abstract: Quantifying the seed shadow generated by a disperser, which is the way seeds are distributed as a function of both the time seeds are retained in its digestive tract and of its ranging patterns through the habitat, is a key step to assess the impact of the seed disperser on structuring and functioning of plant populations and communities. This is the first study concerning the primate S. bicolor as a seed disperser and aimed to investigate the formation pattern of seed shadow in relation to the ranging patterns of the species. The moving of four groups of S. bicolor was monitored in three forest fragments in Manaus, Central Amazonia. The position of the animals in a trail grid was registered at five minutes intervals over the whole period of activity for five days a month over at least 15 months each group. The seed retention time were estimated by records of the time of ingestion, defecation and number of seeds of five species of cultivated fruits offered to four captive tamarins. Seed shadows were estimated by combining ranging patterns data with the seed retention time data. To each group, mean dispersal distance and the proportion of the home range used were obtained on a monthly basis, and their relation was accessed by a simple linear regression. The seed retention time ranged from 27 to 295 minutes (N = 394), with more than half of the seeds being retained up to two hours in the gut, and average number of seeds per defecation was 3,5 (± 3,7; N = 111). Probabilities of seed dispersal out of the vicinity of the parent plant are greater than 80% besides including distances greater than 1 km. For only two groups was verified a relation between the proportion of home range used and the dispersal distance, on a monthly basis, and one of them the explanatory power of the model reached less than 20%. The results indicate that S. bicolor disperses seeds effectively and, like other callitrichines, may contribute to the structuring and regeneration of forest ecosystems.
Keywords: Mamíferos
Primata
Zoocoria
Frugivoria
Defecação
Dispersão de sementes
Distância de dispersão
Retenção de sementes
Sauins-de-coleira
Saguinus bicolor
Reserva Florestal Adolpho Ducke - AM
Rio Preto da Eva - AM
Itacoatiara - AM
Amazonas - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DispersaoSementesSauins.pdf464,42 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons