Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3654
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 29-Dec-2003
metadata.dc.creator: MAGNO, José Emilio Campos
metadata.dc.contributor.advisor1: MONTEIRO, Maria Rita de Cassia Costa
Title: Marcadores ultra-sonográficos hepáticos em portadores assintomáticos do vírus da hepatite C, pré-doadores de sangue da Fundação HEMOPA, Belém-Pará
Citation: MAGNO, José Emilio Campos. Marcadores ultra-sonográficos hepáticos em portadores assintomáticos do vírus da hepatite C, pré-doadores de sangue da Fundação HEMOPA, Belém-Pará. 2003. 90 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2003. Curso de Mestrado em Medicina Tropical.
metadata.dc.description.resumo: Para avaliar a importância da ultra-sonografia como método de diagnóstico por imagem na detecção de alterações ecográficas hepático-portais na hepatite por vírus C realizou-se esta investigação cujos objetivos foram: descrever os achados de marcadores ecográficos de alteração morfológica do fígado e do sistema porta; determinar a freqüência dessas alterações e investigar a presença de associação entre as alterações ultra-sonográficas hepáticas e portais e a infecção pelo vírus da hepatite C (VHC), em indivíduos portadores assintomáticos deste vírus, os quais foram selecionados entre pré-doadores de sangue da Fundação Hemopa, hemocentro de referência oficial no Estado do Pará, Brasil, no período de outubro a dezembro de 2003. O estudo foi realizado comparando-se os achados de um grupo com 30 participantes soropositivos para o VHC (grupo central) e de um grupo controle, composto de 38 participantes soronegativos. Ambos os grupos da pesquisa incluíram indivíduos assintomáticos, de ambos os sexos e com idade adequada para doação de sangue. A triagem para doação foi realizada no hemocentro, utilizando seus procedimentos de rotina. Procedeu-se pareamento dos participantes da pesquisa por sexo e idade. A amostra analisada evidenciou predomínio da faixa etária de 18 a 28 anos, correspondendo a 53% dos participantes do grupo central e 50% dos participantes do grupo controle. Hepatomegalia e hiperecogenicidade do parênquima, achados inespecíficos e encontrados comumente na esteatose hepática, foram mais freqüentes no grupo central, porém sem diferença estatística significante. Heterogenicidade textural, focos hipoecogênicos, alterações de visibilidade dos ramos venosos intra-hepáticos e esplenomegalia foram outros parâmetros mais freqüentes no grupo de infectados, também sem diferença estatística significante. Os participantes do grupo central apresentaram alterações com diferença estatística significante no parâmetro superfície hepática e na classificação por pontuação pelos escores de Lin, considerando-se os parâmetros superfície, parênquima, veias internas e índice esplênico. A totalização de pontos classificou os participantes nos padrões fino -80% no grupo central e 100% no grupo controle - heterogêneo -13,3% no grupo central e 0% no grupo controle - e nodular-6,7% no grupo central e 0% no grupo controle, demonstrando diferença estatística significante. Não foram observados em participantes de ambos os grupos achados de nódulos, massas, ascite, aumento de calibre das veias porta e esplênica e circulação colateral, podendo-se aventar que o predomínio da faixa etária mais jovem na população de pré-doadores pode ter minimizado os achados dos marcadores ecográficos, haja vista a tendência evolutiva lenta e silenciosa da infecção pelo VHC, com expressão tardia das alterações morfológicas de hepatite crônica, cirrose e carcinoma hepatocelular.
Abstract: ln order to evaluate the importance of the ultra-sonography, as an image diagnosis rnethod, in the detection of hepatics alterations in people who are symptomatics carrier of the hepatitis C vírus (HCV), this assay has studied people that are blood pre-donors of Fundação Hemopa, official reference hemocentre of Pará State, Brazil, between October and December of 2003,with the more important aims: to depict the hepatics markers of morphologics alterations; to find the frequency of thats alterations and to define the presence of association enter that’s morphologics alterations and the HCV infection. The assay has compared a central group - composed by 30 people HCV positive - and a control group - composed by 38 people HCV negative. Both of the research's groups were asymptomatic male and female with correct age to be blood donors. The donation selection have been done by the hemocentre, using their rotine proceeding. The paper has proceeded using pared people by sex and age. The groups have shown young age as most of all, wich is a normal hemocentre profile. Hepatomegaly, hiperecogenicity of the parenchyma have been the most found alteration in both research's groups, however without significative statistic difference. The increasing of the liver cell fatness is the way we can explain these alterations, reminding that the inflammation and the fibrotic components can increase this hiperecogenicity of the tiver parenquime. Heterogenicity, hipoecogenics focus, visibility alterations of some inside tiver veins and splenomegaly have been some other topics without significative statistic difference between the central and control groups. Significative statistic difference were found in the liver superfície marker and in the c1assification by pontuation, exactly as Lin's scores, about liver superficies, parenchyma, inside veins and spleen index. The total points has classified people from central and control groups in thin standard - 80% in central group and 100% in control group -; heterogenics - 13,3% in central group and 0% in control group -; and nodular - 6,7 % in central group and 0% in control group. There weren't found in both groups nodes, mass, ascitis, increasing of the portal and spleen veins and collateral circulation. The young age of blood donors people could have minimized the ecographics markers found, because of the chronics evolution tendence, slow and silent, of the VHC infection, with lately expressions of chronics hepatitis's morphologics alterations, cirrhosis and hepatocellular carcinoma.
Keywords: Hepatite C
Diagnóstico por imagem
Doadores de sangue
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::HEMATOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MarcadoresUltrasonograficosHepaticos.pdf47,39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons