Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3661
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 16-Dec-2003
metadata.dc.creator: SANTANA, Elaine Maria de
metadata.dc.contributor.advisor1: ISHAK, Ricardo
Title: Risco ocupacional da infecção pelo vírus da hepatite B em centro obstétrico de hospital público de Porto Velho, Rondônia
Citation: SANTANA, Elaine Maria de. Risco ocupacional da infecção pelo vírus da hepatite B em centro obstétrico de hospital público de Porto Velho, Rondônia. 2003. 71 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2003. Curso de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: A prevalência dos marcadores HBsAg e anti-HBc foi descrita em 168 indivíduos, distribuídos em três grupos: 88 usuárias do atendimento obstétrico, 61 profissionais de saúde do Centro Obstétrico (PAS/CO) e 19 funcionários administrativos (grupo controle), todos do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro de Porto Velho, capital de Rondônia. No período de novembro, dezembro de 2000 e janeiro de 2001 foram coletadas amostras de soros, para a detecção do VHB através do teste imunoenzimático (ELISA). A prevalência do HBsAg foi de 1.1% no grupo de usuárias obstétricas, nos PAS/CO 3,3% e no grupo controle 52,6%. Para o anti-HBc os resultados positivos foram 5,3% no grupo controle, 27,3% no grupo de usuárias e 42,6% no grupo dos PAS/CO. A estratificação por faixas etárias relacionada a sorologia positiva demonstrou que nos intervalos de 15 a 25 anos e 25 a 35 anos a prevalência do VHB foi maior, para os grupos de usuárias e controle, e; no grupo dos PAS/CO o intervalo de prevalência mais elevada foi de 45 a 55 anos. A elevada prevalência do VHB nas usuárias obstétricas pode ser fator de transmissão vertical. A taxa de positividade do grupo controle sugere à característica endêmica da população de Porto Velho. Fatores como o número de parceiros, o uso de preservativo e a escolaridade no grupo dos PAS/CO foram comparados com os resultados sorológicos para o VHB. O fluido orgânico e a via de exposição mais referidos nas ocorrências de contaminações pelos PAS/CO foram o sangue e a cutânea, 43% e 22% respectivamente.
Abstract: The prevalence of HBsAg and anti-HBc was described in 168 individuals, distributed in 3 groups: 88 in-patients of the obstetric service, 61 health professionals of the obstetric center (PA CO) and 19 administrative employees (control group), all working at the Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro - in Porto Velho, capital o fthe state of Rondônia. In the period of November and December of 2000 and January of 2001 serum samples were collected, for HBV detection using an enzyme immunoenzymatic assay (ELISA). The prevalence of the HBsAg was 1,1% of the obstetric patients, 3,3% in PAS/CO and 52,6% in the control group. For anti-HBc the positive results were 5,3% in the control group, 27,3% in the patient's group and 42,6% in the PAS/CO group. The study by age groups related to the positive serology, demonstrated that from 15 to 25 years and 25 to 35 years the prevalence of HBV was larger, for the patients and control, and in the groups of PAS/CO the higher prevalence was from 45 to 55 years. The high prevalence of HBV in the patient's way lead to a high prevalence of vertical transmission. The positive numbers of 1he control group is in agreement with the endemic characteristic of the population of Porto Velho. Factors as the number of sexual partners, the use of preservatives and the level of education in the PAS/CO group were compared with serological results for HBV. The organic fluid and the most referred exposure via of contamination or PAS/CO were the blood and cutaneous, 43% and 22% respectively.
Keywords: Hepatite B
Risco ocupacional
Porto Velho - RO
Rondônia - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RiscoOcupacionalInfeccao.pdf44,32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons