Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3684
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2003
metadata.dc.creator: AZEVEDO, Valéria Nascimento da Gama
metadata.dc.contributor.advisor1: LIMA, Fábio André Souto
metadata.dc.contributor.advisor-co1: FRAIHA NETO, Habib
Title: Estudo da frequência das neoplasias intra-epiteliais cervicais em mulheres portadoras do vírus da imunodeficiência humana
Other Titles: Frequency study of cervical squamous intraepithelial lesions in HIV-Infected women
Citation: AZEVEDO, Valéria Nascimento da Gama. Estudo da frequência das neoplasias intra-epiteliais cervicais em mulheres portadoras do vírus da imunodeficiência humana. 2003. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2003. Curso de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: Dentre as manifestações ginecológicas mais importantes nas mulheres soropositivas para o HIV, estão o câncer do colo uterino e as neoplasias intra-epiteliais cervicais que lhe são as lesões precurssoras. Neste estudo foram analisadas 36 mulheres soropositivas para o vírus da imunodeficiência humana e 54 soro negativas, com a finalidade de analisar a freqüência de lesões precursoras do câncer uterino cervical. Todas as pacientes foram submetidas ao exame clínico ginecológico, colheita de colpocitologia cérvico-vaginal, colposcopia e à biópsia genital quando o exame colposcópico revelava achados anormais. Nas pacientes soropositivas foram quantificados os linfócitos com receptores CD4 e verificado a aderência ao esquema antiretroviral. Os resultados demonstraram que a freqüência das neoplasias intra-epiteliais cervicais foi semelhante nos dois grupos estudados. Observamos ainda que a maioria das pacientes soropositivas apresentavam contagem de CD4 acima de 200 células / mm3, ou seja eram consideradas imunocompetentes. E que trinta e três pacientes das trinta e seis estudadas eram aderentes ao esquema antiretroviral. Concluímos que as mulheres HIV soropositivas consideradas imunocompetentes e em uso de antiretrovirais apresentaram freqüência de neoplasias intraepiteliais cervico-uterinas semelhantes às mulheres soro negativas incluídas neste estudo. Observamos, ainda, que o HPV é importante cofator no desenvolvimento das neoplasias intra-epiteliais cervicais.
Abstract: Cervical cancer and its prescursor lesions are the most important gynecologic manifestations of human immunodeficiency virus infection. Thirty six women infected with human immunodeficiency vírus (HIV) and fifty four uninfected were studied to evaluate the frequency by cervical squamous intraepithelial lesions (SILs), the precursors to invasive cervical cancer. All pacients were interviewed and had a gynecologic examination including Papanicolaou (Pap) test and colposcopy. Biopsies were done on colpocopic abnormalities. The CD4 cell levels were assessed in HIV infected women and we asked about use of antiretrovíral therapy on incidence of SILs, and almost all them used the drugs. The results showed that the frequency of SILs was similar in the two groups. The most of infected women had CD4 levels over than 200 cells/mm3. They were considered immunocompetent. And thirty three women trom thirty six used antiretroviral therapy. In our study the women infected with human immunodeficiency virus, using antiretroviral therapy, with immunocompetent status, had the same frequency of SILs observed on uninfected women.
Keywords: Neoplasia intra-epitelial cervical
HIV (Vírus)
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Mulheres
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoFrequenciaNeoplasias.pdf49,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons