Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3687
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2003
metadata.dc.creator: JENNINGS, Yara Lúcia Lins
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVEIRA, Fernando Tobias
Title: Caracterização isoenzimática e por anticorpos monoclonais dos agentes da leismaniose tegumentar americana (LTA) na mesorregião do Baixo Amazonas, estado do Pará, Brasil
Citation: JENNINGS, Yara Lúcia Lins. Caracterização isoenzimática e por anticorpos monoclonais dos agentes da leismaniose tegumentar americana (LTA) na mesorregião do Baixo Amazonas, estado do Pará, Brasil. 2003. 129 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2003. Curso de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: Existe uma diversidade de espécies de Leishmania prevalentes na região Amazônica associadas à LTA configurando a etiologia múltipla da doença e, apesar do conhecimento da elevada ocorrência desta protozoose na Mesorregião do Baixo Amazonas, à oeste do Estado do Pará, quase nada era sabido sobre os agentes etiológicos da doença na referida área. Nesse sentido, o presente trabalho propôs-se a caracterizar por eletroforese de isoenzimas as amostras de Leishmania isoladas de pacientes procedentes da Mesorregião do baixo Amazonas, verificando a existência da correlação geográfica das espécies encontradas com a sua distribuição regional previamente conhecida, e ainda, verificando a presença de variação intraespecífica. A caracterização das 43 amostras de Leishmania foi feita por eletroforese em gel de amido utilizando sete sistemas enzimáticos (6PGDH, PGM, G6PD, MPI, GPI, ASAT E ALAT), comparando seus perfis eletroforéticos com os perfis das sete cepas-referência das espécies conhecidas da região. As amostras foram testadas previamente por imunofluorescência indireta com o uso de um painel com 23 anticorpos monoclonais (sistema biotina-avidina) apenas como uma triagem. A caracterização isoenzimática das amostras permitiu o seguinte resultado: 11 (25,28%) amostras de L. (V) braziliensis, 20 (46,50%) de L.(V) guyanensis, 2 (4,60%) de L.(L.) amazonensis, 4 (9,30%) de L.(V) shawi e 6 (13,95%) de L.(V) lainsoni. A eletroforese isoenzimática apresentou elevado poder discriminatório para a identificação das amostras estudadas, permitindo concluir que esta técnica representa uma importante ferramenta para a caracterização dos parasitos do gênero Leishmania. Nas cepas de L. (V) braziliensis observou-se pela primeira vez na Mesorregião do Baixo Amazonas a ocorrência de variação intraespecífica revelada pela presença de três serodemas. Nas cepas de L. (V) guyanensis observou-se a presença de duas variantes, uma que apresentou reatividade com o monoclonal B 19 (espécie-específico), porém com variação nas enzimas 6PGDH e PGM, e a Segunda, sem reatividade para este monoclonal e com perfis eletroforéticos semelhantes ao da cepa-referência L. (V) guyanensis especialmente nas enzimas 6PGDH, porém com tribandas, e na PGM, consideradas os melhores marcadores enzimáticos pelo seu elevado poder discriminatório. Dessa forma, descreveu-se pela primeira vez a ocorrência de diferentes espécies de Leishmania dermotrópicas na Mesorregião do Baixo Amazonas, as quais já tem registro na região norte do Brasil, sugerindo a transmissão simpátrica das espécies encontradas na referida área estudada.
Abstract: There are a diversity of Leishmania species in the Amazon region responsible for cutaneous leismnaniasis and although a high occurence of the disease is known in the lower Amazon region, little information exists regarding the etiological agents. For this reason the present study has set out to characterise strains of Leishmania isolated from patients coming from this area by enzyme electroforesis, to confirm the presence of Leishmania species already recorded in other parts of Amazonia and to detect possible intraspecific variation. For identification of 43 isolate obtained, 7 reference-strains of Leishmania species from other regions of Pará were selected for comparison by way of isoenzyme eletrophoresis, using the seven enzymes 6PGDH, PGM, G6PD, MPI, ASAT e ALAT. The isolates had previously been examined by the indirect immunofluorescence teste (IFAT), using the biotin-avidin system and battery of 23 monoclonal antibodies (McAbs). Identifications by the isoenzyme eletrophoresis were as follows: 20(46,50%) strains of L. (V) guyanensis, 11 (25,28%) of L. (V) braziliensis, 6 (13,950/0) of L. (V) lainsoni, 4 (9,300/0) of L. (V) shawi and 2 (4,60%) de L. (L.) amazonensis. Enzyme eletrophoresis, using the above mentioned enzymes proved of high value in identification. For the first time in the lower amazon region, it was possible to detect the occurence of intraspecific variation indicating the presence of 3 different serodemes among the strains of L. (V) braziliensis. Arnong the strains of L. (V) guyanensis there were observed two variants: one which showing reation against McAb B19, considered to be specific for this parasite, but with variation for the enzymes 6PGDH and PGM, and another with no reaction against McAb B19 but showed enzymatic profiles similar to the reference strain of that parasite, especially 6PGDH (but with 3 bands) and PGM, which are considered to be the best enzyme markers. The presence of all 5 dermotropic Leishmania spp. Already know to variably exist in other parts of north Brazil suggests sympatric transmission within the lower Amazon region of the present study.
Keywords: Amazônia brasileira
Leishmaniose cutânea
Isoensimas
Eletroforese em gel de amido
Mesorregião do Baixo Amazonas
Doenças transmissíveis
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracterizacaoIsoenzimaticaAnticorpos.pdf65,63 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons