Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3837
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2002
metadata.dc.creator: SILVA, Simone Souza da Costa
LE PENDU, Yvonnick
PONTES, Fernando Augusto Ramos
DUBOIS, Michel Jean
Title: Sensibilidade materna durante o banho
Other Titles: Maternal sensibility during the bath
Citation: SILVA, Simone Souza da Costa, et al. Sensibilidade materna durante o banho. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, DF, v. 18, n. 3, p. 345-352, set./dez. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ptp/v18n3/a15v18n3.pdf>. Acesso em: 09 maio 2013. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722002000300015>.
metadata.dc.description.resumo: A teoria do apego tem considerado a relação mãe-criança como um determinante do desenvolvimento, sendo que sua qualidade tem sido relacionada com a sensibilidade do cuidador, e conseqüentemente com a qualidade das relações com seus próprios cuidadores. Recentemente, tem se relacionado a sensibilidade materna com vários fatores, incluindo classe social e educação. Este trabalho teve como objetivo investigar as variáveis que influenciam a sensibilidade materna na situação de banho. Foram filmados 60 banhos dados por mães de classe baixa e classe média. As díades foram constituídas por mães que tinham entre 18 a 40 anos de idade, e por crianças de zero a um ano. Encontraram-se menores freqüências de comportamentos sensíveis entre mães de classe baixa do que entre mães de classe média, que possuíam mais escolaridade, mais idade e tinham com quem dividir os cuidados infantis. Estes resultados sugerem que a sensibilidade materna é um fenômeno relacionado com variáveis socioculturais.
Abstract: The theory of the attachment has been considering the mother-child relation as a determinant of the development. Its quality has been being related with the sensibility of the caretaker, and consequently with the quality of the relations with its own caretakers. Recently, maternal sensibility has been related with several factors such as social class and education. The goal of the present work is to investigate some variables that influence the maternal sensibility in the bath situation. Sixty baths given by mothers belonging to low or average classes were filmed. The dyads were constituted by mothers that had between 18 to 40 years and children of 0 to 1 year old. Sensitive behaviors were less frequent among mothers of low class than among mothers of middle class, which were more educated, older and which have the possibility to share the care of their infant with someone. These results suggest that the maternal sensibility is a phenomenon related to sociocultural variables.
Keywords: Relação mãe-criança
Sensibilidade materna
Comportamento emocional
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 1806-3446
0102-3772
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_SensibilidadeMaternaDurante.pdf179,41 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons