Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3840
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorLIMA, Maria de Nazaré Alves de-
dc.date.accessioned2013-05-10T16:20:20Z-
dc.date.available2013-05-10T16:20:20Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationLIMA, Maria de Nazaré Alves de. Representações sociais da pesquisa do mercúrio em uma comunidade ribeirinha do Tapajós. 99 f. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3840-
dc.description.abstractThis study proposes to examine the social representations of the residents of a community on the banks of the Tapajós River in the city of Itaituba- Pará, how to research on mercury in that area conducted by various institutions. The theoretical approach was the procedural approach of social representations developed by Serge Moscovici. We sought to delineate the understandings of these residents through content analysis of Bardin, making an analysis of quantitative and qualitative data to investigate the discourses of social actors. Graphs were prepared containing the percentages of these concepts to analyze the data more relevant. In the end, it was observed that the respondents are in favor of searches that take place there as an expectation of being discovered and met their needs, believing in the existence of mercury in the Tapajós River and the associated mining activity although we have identified speeches that confuse the metal with the planet Mercury or antiseptic. These perceptions are linked to their experiences and conversations of their peers and suggesting the need for a continuous information service, organized by the community and with the support of researchers for training and training of community leaders for advice, counseling and self-protection that community about the issue and the research of mercury.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectPoluiçãopt_BR
dc.subjectMercúriopt_BR
dc.subjectÉtica em pesquisapt_BR
dc.subjectRepresentação socialpt_BR
dc.subjectComunidade de Barreiras - PApt_BR
dc.subjectItaituba - PApt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleRepresentações sociais da pesquisa do mercúrio em uma comunidade ribeirinha do Tapajóspt_BR
dc.title.alternativeRepresentations of social research of mercury in the Tapajós river communitypt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentNúcleo de Medicina Tropical-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS-
dc.contributor.advisor1PINHEIRO, Maria da Conceição Nascimento-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6353829454533268-
dc.contributor.advisor-co1NASCIMENTO, Ivany Pinto-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6649004854958284-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4610926200786461-
dc.description.resumoEste estudo propõe-se a analisar as Representações Sociais dos moradores da comunidade de Barreiras situada às margens do rio Tapajós no município de Itaituba- Pará, quanto às atividades de pesquisa sobre o mercúrio naquela localidade conduzidas por diversas instituições. O referencial teórico adotado foi a abordagem processual das Representações Sociais desenvolvida por Serge Moscovici. Procurou-se delinear os entendimentos desses moradores através da Análise de Conteúdo de Bardin, fazendo-se análise quanti-qualitativa dos dados para investigar os discursos destes atores sociais. Elaboraram-se gráficos contendo as porcentagens quantificadas destas concepções para o estudo dos dados mais relevantes. Ao final, observou-se que os entrevistados são a favor das pesquisas que ali acontecem como expectativa de serem descobertos e atendidos nas suas necessidades, acreditando na existência do mercúrio no rio Tapajós e o associando à atividade garimpeira, embora, tenha-se ainda identificado discursos que confundem o metal mercúrio com o planeta ou o antisséptico. Estas percepções estão ligadas às suas vivências e falas de seus pares sugerindo a necessidade de um serviço permanente de informações, organizado pela própria comunidade e com o apoio dos pesquisadores contribuindo na formação e capacitação de lideranças comunitárias e esclarecimentos, aconselhamento e auto - proteção dessa comunidade a respeito da questão e da pesquisa do mercúrio.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Doenças Tropicais-
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RepresentacoesSociaisPesquisa.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons