Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3856
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 5-Jul-2010
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, Alessilva do Socorro Lima de
metadata.dc.contributor.advisor1: LINHARES, Alexandre da Costa
Title: Epidemiologia molecular das infecções por rotavírus G2 ao longo de 16 anos (1992 a 2008) na região amazônica, Brasil
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: OLIVEIRA, Alessilva do Socorro Lima de. Epidemiologia molecular das infecções por rotavírus G2 ao longo de 16 anos (1992 a 2008) na região amazônica, Brasil. 2010. 129 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: No Brasil, estima-se que os rotavírus causem 3.352.053 episódios de diarreia, 655.853 ambulatoriais, 92.453 hospitalizações e 850 mortes envolvendo crianças menores de 5 anos de idade. Os rotavírus pertencem à família Reoviridae, gênero Rotavirus. A partícula viral é constituída por três camadas proteicas concêntricas e pelo genoma viral reunindo 11 segmentos de RNA com dupla fita. Reconhecem-se 23 genótipos G e 31 genótipos P. Dentre os genótipos G detectados até o momento, o G2 atua como um dos mais importantes, estando geralmente associado ao genótipo P[4]. Nos últimos três anos se tem observado em larga escala global a reemergência do genótipo G2, sendo um dos mais detectados nos anos que sucederam a implantação da vacina contra rotavírus, particularmente no Brasil. Este estudo teve como objetivo a caracterização molecular de amostras do tipo G2 obtidas de crianças participantes de estudos em gastroenterites virais na região amazônica, Brasil, no período de 1992 a 2008. Foram selecionadas 53 amostras positivas para rotavírus genótipo G2 que foram sequenciadas para VP7 e 38 para VP4. Inicialmente, as amostras foram genotipadas por RT-PCR e seus produtos purificados, quantificados e sequenciados. As amostras também foram testadas quanto ao perfil de migração dos segmentos de RNA. As sequências obtidas dos genes VP4 e VP7 foram alinhadas e editadas no programa Bioedit (v.6.05) e comparadas a outras sequências de RV registradas no banco de genes utilizando o programa BLAST. A árvore filogenética foi feita utilizando o programa Mega 2.1. Do total de 53 amostras sequenciadas para o gene VP7, a análise filogenética revelou a existência de duas linhagens (II e III) e três sublinhagens (IIa, IIc, IId) que circularam em períodos diferentes na população. Amostras das sub-linhagem IIa e IIc apresentaram mutação na posição no aminoácido da posição 96 (Asp/ Asn) . Essa modificação pode resultar em uma alteração conformacional dos epítopos reconhecidos por anticorpos neutralizantes. As linhagens de G2 que circularam em Belém foram idênticas àquelas de outros Estados da região amazônica envolvidos no estudo. O gene VP[4] foi sequenciado na região da VP8*, sendo 36 pertencentes do genótipo P[4] e 3 ao P[6]. No genótipo P[4] foi identificada a circulação de duas linhagens, P[4]-4 ocorrendo nos anos de 1998-2000, e P[4]-5 que circulou nos períodos de 1993-1994 e 2006-2008. Nossos resultados reforçam dados de ocorrência continental que evidenciam a reemergência do genótipo G2 com a variante gênica IIc, a qual se estabeleceu na população em associação com o genótipo P[4]-5. A grande homologia entre as cepas de G2 que circularam entre os diferentes estados envolvidos no estudo sugere que as mutações registradas ultrapassaram barreiras geográficas e temporais.
Abstract: In Brazil it is estimated that rotavirus causes 3,352,053 episodes of diarrhea, 655 853 visits to emergency rooms, 92,453 hospitalizations and 850 deaths involving children under 5 years of age. Rotavirus belongs to the family Reoviridae, genus Rotavirus. The viral particle consists of three concentric layers of protein and the viral genome of 11 segments making up a double-stranded RNA. Currently, 23 G genotypes and 31 P genotypes. have been recognized. Among the G genotypes detected so far, G2 represents one of the most important and it is usually associated with the genotype P [4]. Over the past three years it has been observed on a continental scale the reemergence of genotype G2, throughout the years following the introduction of universal rotavirus vaccination, particularly in Brazil. This study aimed at the molecular characterization of samples of G2 strains obtained from children participating in several studies on rotavirus gastroenteritis in the Amazon region, Brazil, from 1992 to 2008. We selected 53 rotavirus G2 samples which were sequenced for VP4 and 38 samples for VP7. These samples were genotyped by RTPCR and its products being purified, quantified and sequenced. Samples were also subjected to electrophoresis of RNA segments. The obtained sequences of VP4 and VP7 genes were aligned and edited using the program Bioedit (v.6.05) and compared with other sequences registered in the RV gene bank using the BLAST program. The phylogenetic tree was made using the program Mega 2.1. Of the total 53 samples sequenced for the VP7 gene, phylogenetic analysis revealed two lineages (II and III) and three sublineages (IIa, IIc, IId) that circulated in different periods in the population. Samples of sub-lineages IIa and IIc showed mutation at amino acid position 96(Asp/Asn). This modification may result in a conformational change of epitopes recognized by neutralizing antibodies. The G2 strains that circulated in Belém were identical to those circulating in other states in the Amazon region which were included in the study. The VP[4] gene was sequenced in the region of VP8*, yielding 36 which-belonged to genotype P[4] and tree to P[6] we could identify two strains: P[4]-4, occurring during 1998-2000 and the P[4]-5 during 1993-1994 and 2006-2008 periods. Our findings sustain recent findings indicating a worldwide reemergence of G2 genotypes of variant IIc, which were established in the population in combination with genotype P[4]-5. In our study, the high homology among G2 strains in various states suggests that detected mutations have even surpassed geographical and temporal barriers.
Keywords: Rotavírus
Infecções por rotavírus
Biologia molecular
Crianças
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::PEDIATRIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EpidemiologiaMolecularInfeccoes.pdf1,44 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons