Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3893
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2010
Authors: BORGES, Samuel da Luz
First Advisor: BATISTA, Evander de Jesus Oliveira
Title: Frequência e diversidade de enteroparasitos veiculados por hortaliças comercializadas na cidade de Belém-PA e sua relação com a sazonalidade climática
Citation: BORGES, Samuel da Luz. Frequência e diversidade de enteroparasitos veiculados por hortaliças comercializadas na cidade de Belém-PA e sua relação com a sazonalidade climática. 2010. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Resumo: Os enteroparasitas constituem-se em importante problema de saúde para a população humana no mundo inteiro. O consumo de hortaliças é uma das grandes vias de transmissão desses patógenos. Este trabalho buscou determinar a frequência e a diversidade de enteroparasitos veiculados por hortaliças comercializadas, na região metropolitana de Belém-PA, e sua relação com a sazonalidade climática da região. Foram usadas 252 amostras de três espécies de hortaliças, sendo 84 de alface (Lactuca sativa- variedade crespa), 84 de agrião (Nasturtium officinale) e 84 de coentro (Coriandrum sativum) adquiridas em feiras, hortas e em um supermercado, no período de dezembro de 2008 a novembro de 2009. Cada amostra foi lavada com 500 ml de PBS, permitindo a sedimentação espontânea e posterior centrifugação dos 30 ml finais do sedimento. O sedimento final foi analisado à microscopia óptica comum. Os níveis de contaminação das três espécies de hortaliças foram obtidos pelas médias mensais de estruturas enteroparasitárias identificadas em cada uma delas, e pelo número total de parasitos identificados, nas amostras de cada feira, horta e supermercado. Aos resultados obtidos, na análise microscópica das amostras, foi aplicado o Teste do Quiquadrado e o Teste Exato de Fisher, para determinar a existência ou não de diferenças estatisticamente significativas entre esses resultados. Foi usado o nível de significância ≤ 0,05. A análise microscópica revelou uma contaminação de 100% das amostras obtidas nas feiras, nas hortas e no supermercado incluídos na pesquisa, não havendo diferença estatística na frequência total de parasitos entre elas. O Strongyloides stercoralis foi o parasito mais prevalente, seguido pelo complexo Entamoeba histolytica/dispar e pelos ancilostomídeos, tanto nas amostras das hortas, quanto nas amostras das feiras e do supermercado. O agrião e a alface apresentaram maior índice de contaminação parasitária que o coentro. Foi caracterizada a influência sazonal sobre a intensidade de parasitos nas hortaliças pesquisadas, pois houve diferença estatística entre os resultados obtidos com uma prevalência maior de parasitos nas amostras de verão, em relação as amostras de inverno. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as médias mensais de contaminação das hortaliças comercializadas nas feiras, nas hortas e no supermercado, indicando que, as condições de higiene sob as quais são comercializadas as hortaliças, apesar de importantes para manter suas características organolépticas, tem menor influência sobre os níveis de contaminação parasitária, que parece estar mais associada ao local e condições de cultivo desses vegetais. Esses dados permitem um bom grau de comparação para futuros trabalhos.
Abstract: The intestinal parasites are an important healthy problem to human population worldwide. The consumption of vegetables is one of the major routes of transmission of this pathogens. This study aimed to determine the frequency and diversity of intestinal parasites transmitted by vegetables sold in the metropolitan region of Belém-PA and its relation to the seasonal climate of the region. It was used 252 samples of three species of vegetables, of which 84 were of lettuce (Lactuca sativacurly variety), 84 were watercress (Nasturtium officinale) and 84 were coriander (Coriandrum sativum) purchased in open markets, gardens and in a supermarket, from November of 2008 to December of 2009. Each samples was washed with 500ml of PBS, permitting the spontaneous sedimentation and centrifuging 30 ml of the final sediment. The final sediment was analyzed in an optical microscope. The levels of contamination of the three species of vegetables were obtained by the monthly average of intestinal parasite structures identified in each vegetable and by the total number of parasites identified in the samples of each open market, garden and supermarket. In the results obtained in the microscopic analysis of samples were applied the Chi-square and Fisher's Exact Test to determine the existence or not of significant differences between these results. It was used the significance level α ≤ 0.05. This microscopic analysis showed a contamination of 100% of the samples at open markets, gardens and supermarket included in the study, there isn’t statistical difference in overall frequency of parasites among them. Strongyloides stercoralis was the most prevalent parasite, followed by complex Entamoeba histolytic / dispar and the hookworms, both in samples from the gardens, as in samples of the open markets and the supermarket. The cress and lettuce had higher rates of parasitic contamination that coriander. It had been characterized seasonal influence on the intensity of parasites in vegetables investigated because there was statistical difference between the results obtained with a higher prevalence of parasites in samples of summer, for the samples of winter. There wasn’t also statistically significant difference between the monthly averages of contamination of vegetables sold in open markets, gardens and supermarket, indicating that the hygienic conditions under which the vegetables are sold, although important to keep their flavors, have less influence on levels of parasitic contamination, which seems to be associated with the place and growing conditions these plants. These datas permit a good level of comparison to future studies.
Keywords: Hortaliça
Contaminação de alimentos
Parasitos
Feira
Supermercado
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::PROTOZOOLOGIA DE PARASITOS::PROTOZOOLOGIA PARASITARIA HUMANA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Medicina Tropical
Program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FrequenciaDiversidadeEnteroparasitos.pdf3.19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons