Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3897
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Apr-2002
Authors: CASTILLO, Luis Antonio Lopes
CRUZ, João Carlos Ribeiro
CALLAPINO, German Garabito
URBAN, Jaime Antonio
Title: Migração (2,5-D) com amplitudes verdadeiras em meios com gradiente constante de velocidade
Citation: CASTILLO, Luis A., et al. Migração (2,5-D) com amplitudes verdadeiras em meios com gradiente constante de velocidade. Revista Brasileira de Geofísica, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 43-57, jan./abr. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbg/v20n1/a04v20n1.pdf>. Acesso em: 23 maio 2013. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-261X2002000100004>.
Resumo: A migração com amplitudes verdadeiras de dados de reflexão sísmica, em profundidade ou em tempo, possibilita que seja obtida uma medida dos coeficientes de reflexão dos chamados eventos de reflexão primária. Estes eventos são constituídos, por exemplo, pelas reflexões de ondas longitudinais P-P em refletores de curvaturas arbitrárias e suaves. Um dos métodos mais conhecido é o chamado migração de Kirchhoff, através do qual a imagem sísmica é produzida pela integração do campo de ondas sísmicas, utilizando-se superfícies de difrações, denominadas de Superfícies de Huygens. A fim de se obter uma estimativa dos coeficientes de reflexão durante a migração, isto é a correção do efeito do espalhamento geométrico, utiliza-se uma função peso no operador integral de migração. A obtenção desta função peso é feita pela solução assintótica da integral em pontos estacionários. Tanto no cálculo dos tempos de trânsito como na determinação da função peso, necessita-se do traçamento de raios, o que torna a migração em situações de forte heterogeneidade da propriedade física um processo com alto custo computacional. Neste trabalho é apresentado um algoritmo de migração em profundidade com amplitudes verdadeiras, para o caso em que se tem uma fonte sísmica pontual, sendo o modelo de velocidades em subsuperfície representado por uma função que varia em duas dimensões, e constante na terceira dimensão. Esta situação, conhecida como modelo dois-e-meio dimensional (2,5-D), possui características típicas de muitas situações de interesse na exploração do petróleo, como é o caso da aquisição de dados sísmicos 2-D com receptores ao longo de uma linha sísmica e fonte sísmica 3-D. Em particular, é dada ênfase ao caso em que a velocidade de propagação da onda sísmica varia linearmente com a profundidade. Outro tópico de grande importância abordado nesse trabalho diz respeito ao método de inversão sísmica denominado empilhamento duplo de difrações. Através do quociente de dois empilhamentos com pesos apropriados, pode-se determinar propriedades físicas e parâmetros geométricos relacionados com a trajetória do raio refletido, os quais podem ser utilizados a posteriori no processamento dos dados sísmicos, visando por exemplo, a análise de amplitudes.
Abstract: The true-amplitude seismic migration, in time or depth, provides a measurement of the reflection coefficients of primary reflection events. These are constituted by P-P reflection of longitudinal waves at smooth reflectors. One of the mostly used method is the Kirchhoff migration, by which the seismic image is obtained by stacking the seismic wavefield using a diffraction surface, also called Huygens Surface. In order to obtain true amplitude migration, i.e. the removal of geometrical spreading, it is introduced a weight function in the migration operator. The weight function is determined by the asymptotic solution of the migration integral at stationary points. The ray tracing is a fundamental tool for determining the weight function and the traveltime, that increases the computational costs of the migration process in heterogeneous media. In this work it is presented a true-amplitude migration algorithm tailored for two-and-one-half dimensional model, i.e. when the velocity field varies only with two coordinates of the three dimensional Cartesian system. It is emphasized the special case of constant gradient velocity. As a second topic, this work concerns about recovering seismic attributes from pre-stack seismic data by applying the double diffraction stack inversion. The estimated parameter is the incidence angle at the reflector. Combining the estimated reflection coefficient and the incidence angle, it is possible to perform the so-called Amplitude versus Angle Analysis (AVA) on the interested reflector.
Keywords: Migração por empilhamento de difrações
Inversão sísmica
Teoria do raio
ISSN: 1809-4511
0102-261X
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAGEOF/IG
Artigos Científicos - FACFIS/ICEN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_Migracao2,5-D.pdf289.12 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons