Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3933
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: ALMEIDA, Jairo Cunha de
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUSA, Rita Catarina Medeiros
Title: Perfil clínico-epidemiológico da Criptococose em pacientes HIV positivos atendidos em uma unidade de referência em Belém do Pará
Citation: ALMEIDA, Jairo Cunha de. Perfil clínico-epidemiológico da Criptococose em pacientes HIV positivos atendidos em uma unidade de referência em Belém do Pará. 2012. 77 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: A criptococose em residentes no estado do Pará apresenta-se como endemia grave, ocorrendo nas diferentes mesorregiões do estado e na área metropolitana de Belém. Ocorre causando neurocriptococose, com letalidade acima de 40%. Para tentar elucidar o comportamento clínico e epidemiológico da criptococose em pacientes HIV positivos, realizamos um estudo retrospectivo, analítico de série de casos, com revisão de prontuários dos últimos 05 anos (2006 –2010), com pacientes HIV positivos em um hospital de referência em Belém – Pará. A doença ainda é uma das causas mais freqüentes de óbitos em pacientes HIV positivos na região norte e deve-se ao C. neoformans o maior número de casos, contribuindo com 57 (60,6%) de um total de 94 casos. No que diz respeito à forma clínica, da criptococose, desenvolvida pelos pacientes HIV positivos, observou-se que o acometimento do sistema nervoso está presente em 46,8% dos pacientes e a disseminação da doença em 27,7% dos casos. A relação entre a causa do óbito e a presença do Cryptococcus, ocorre por um conjunto complexo de fatores que devem ser esclarecidos e correlacionados com o óbito dos pacientes e o mais importante, estabelecerem o quão forte é essa relação uma vez detectada.
Abstract: Cryptococcosis among residents of the state of Pará presents as severe endemic disease, occurring in different mesoregions state end the metropolitan area of Belém occurscausing cryptococcal meningitis, with a mortality rate above 40%. To try to elucidate the clinical end epidemiological study of cryptococcosis in HIV-positive patients, we conducted a retrospective study, analytical case series with chart review of the last 05 year (2006 – 2010), with HIV-positive patients in a referral hospital in Belém- Pará. The disease is still one of the most frequent causes of death in HIV-positive patients in our region and due to C. neoformans the largest number of cases, accouting for 57 (60,6%) ot a total of 94 cases. Regarding the clinical form of cryptococcosis, developed by the HIV-positive patients, we observed that the nervous system is present in 46,8% of patients and the spred of disease in 27,7% of cases. The relationship between the cause of deathand the presence of Cryptococcus occurs by a complex set of factors that must be clarified and correlated with patient death end most importantly, establisn qua strong in this relationship once detected.
Keywords: Criptococose
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Epidemiologia
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PerfilClinicoEpidemiologico.pdf787,91 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons