Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3942
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: AMARAL, Juliana Lasmar Ayres do
metadata.dc.contributor.advisor1: FUZII, Hellen Thais
Title: Estudo da prevalência da infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) em mulheres portadoras de Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) em um hospital de referência de Belém
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: AMARAL, Juliana Lasmar Ayres do. Estudo da prevalência da infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) em mulheres portadoras de Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) em um hospital de referência de Belém. 2012. 76 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: Introdução: O câncer de colo uterino representa o terceiro câncer mais comum no mundo e o Papiloma Vírus Humano (HPV) está diretamente implicado, porém doenças auto-imunes, como o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), podem comportar-se como fator facilitador para esta infecção e o desenvolvimento do câncer. Objetivo: Analisar a prevalência da infecção pelo HPV e fatores de risco associados em pacientes lúpicas atendidas em um centro de referência em Belém-Pará. Método: Estudadas 70 mulheres lúpicas que realizaram exame Preventivo do Câncer de Colo Uterino (PCCU) e foram divididas em dois grupos, mulheres infectadas pelo HPV (n= 16) e não infectadas pelo vírus (n= 54). A detecção e subtipagem viral foram realizadas por Reação em Cadeia de Polimerase (PCR). Aplicados os testes do Qui-quadrado, binominal, Fisher e t de Studentcomnível alfa = 0,05 para rejeição da hipótese nula. Resultados: A prevalência encontrada do HPV nessas pacientes foi de 22,8% e a faixa etária entre 18 a 25 anos foi relacionada com o aumento do risco para infecção pelo HPV (p < 0,001*). Alterações no PCCU e sintomas músculo-esqueléticos obtiveram, também, significância estatística para o aumento desse risco (p = 0,0360*, p = 0,0463* respectivamente). O uso de imunossupressores, não teve associação com a infecção pelo vírus. Os subtipos mais prevalentes nessa população foram o HPV tipo 58 (37,5%) e o 31 (31,3%). Duas pacientes apresentaram infecção múltipla. Conclusão: Nas pacientes lúpicas estudadas o fator idade foi implicado em um maior risco de infecção, a maioria dessas pacientes apresentava de 1 a 5 anos de diagnóstico e todas as pacientes com HPV positivo apresentavam alterações no exame do PCCU.
Abstract: Introduction: Worldwide, cervical cancer is the third most common type of cancer. Almost all cervical cancers are caused by HPV (human papilloma virus), however, autoimmunediseases, such as Systemic Lupus Erythematosus (SLE) are also linked toan increased risk of cervical cancer. Objective: To analyzethe prevalence of HPV infection and associated risk factors in SLE patients,who are treated at referred care center in Belém-Pará. Methods: In this study, was investigated 70 women who has lupus and underwent cervical cancer screeningusing the Pap smear. The patients were divided into two groups of patients: women infected with HPV (n = 16) and not infected (n = 54). The detection and subtyping was performedby polymerase chain reaction (PCR). It was applied the Chi-square, binomial test, Fisher test and tstudent test with level alpha = 0.05 for rejecting the null hypothesis. This procedure was performed by using BioEstat software version 5.3. Results: The prevalenceof HPV in these patients was 22.8% with significant statistical results noted in women at the ages between 18-25 (p-value <0.001). Changes in the Pap smear and musculoskeletal symptoms at the time of collection, had also significant statistical results (p-value = 0.0360*, p-value = 0.0463 * respectively).Regarding the use of immunosuppressive drugs, the results were not associated with the virus infection. The most prevalent subtypes were HPV type 58 (37.5%) and HPV type 31(31.3%), and two patients manifested an infection of more than one genotype. Conclusion: InSLE patients studied the age factor has been implicated in an increased risk of infection, most of these patients had1-5years ofdiagnosis andallpatients with HPVpositive had abnormalities on examination of the PCCU.
Keywords: Papillomavírus humano
Prevenção de câncer de colo uterino
Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)
Prevalência
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoPrevalenciaInfeccao.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons