Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3949
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: CARVALHO, Raimunda Marques de
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUSA, Maisa Silva de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LIMA, Karla Valéria Batista
Title: Detecção laboratorial de Chlamydia trachomatis em escolares da rede pública do estado do Pará com diagnóstico clínico de tracoma
Citation: CARVALHO, Raimunda Marques de. Detecção laboratorial de Chlamydia trachomatis em escolares da rede pública do estado do Pará com diagnóstico clínico de tracoma. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: O tracoma como principal causa de cegueira prevenível no mundo, é uma doença negligenciada relacionada a baixas condições socioeconômicas e locais sem saneamento básico. Presente principalmente nos países subdesenvolvidos traz grandes prejuízos aos cofres públicos com a perda de produtividade e a deficiência visual. Com a criação da Aliança para Eliminação Global de Tracoma em 1997 (GET2020), o Estado do Pará, com apoio do Ministério da Saúde do Brasil, realizaram em 2006 o inquérito epidemiológico do tracoma em escolares de 1ª a 4ª série da rede oficial de ensino, nos municípios com índice de desenvolvimento humano inferior a média nacional, para conhecer a prevalência da doença. Os dados obtidos no inquérito comprovaram que a doença não foi erradicada, revelando 35 municípios paraenses prioritários e prevalências acima de 5%. Uma sub-amostra da conjuntiva de escolares clinicamente positivos foi coletada para a confirmação diagnóstica por Imunofluorescência direta (IFD). O presente estudo utilizou 52 amostras crio conservadas obtidas durante o inquérito, para serem analisadas pelos métodos de IFD e de biologia molecular, na identificação laboratorial da Chlamydia trachomatis. Foram encontradas as frequências de 26,92% (14/52) e 49% (24/49) de resultados positivos pelas técnicas de IFD e reação em cadeia da polimerase (nested-PCR), respectivamente. Considerando as 49 amostras analisadas pelas duas metodologias, as sensibilidades para a detecção do agente etiológico, por IFD e PCR foram de 28,57% (14/49) e 48,98% (24/49), respectivamente (p = 0,0127). As duas técnicas juntas confirmaram a infecção em 57,14% (n=28) das amostras, onde 50% (n=14) foram positivas apenas pela PCR, 35,72% (n=10) para ambas as técnicas e 14,28% (n=4) somente pela IFD. A análise de sete sequências nucleotídicas demonstrou homologia para isolados de C. trachomatis genótipo L1. Este estudo é pioneiro no Brasil, pois além de confirmar a presença de C. trachomatis em amostras oculares de escolares clínicamente positivos para tracoma, validou protocolo de obtenção de DNA a partir de lâminas de IFD crioconservadas, demonstrou a maior sensibilidade do método molecular frente à IFD e identificou o genótipo L1 presente nas amostras.
Abstract: Trachoma as a leading cause of preventable blindness in the world is a neglected disease related to low socioeconomic conditions and locations without basic sanitation. Present mainly in developing countries brings great harm to public coffers in lost productivity and visual impairment. With the creation of the Alliance for the Global Elimination of Trachoma in 1997 (GET2020) the State of Pará, with support from the Ministry of Health of Brazil, held in the 2006 epidemiological survey of trachoma in school 1st to 4th grades of the official network of education in municipalities with the human development index of less than national average, to discover the prevalence of the disease. Data from the survey proved that the disease was not eradicated, revealing 35 priority municipalities in Pará and prevalence above 5%. A sub-sample of the conjunctiva of clinically positive students was collected to confirm the diagnosis by direct immunofluorescence (DIF). The present study used 52 cryopreserved samples obtained during the epidemiological survey to be analyzed by the methods of DIF and molecular biology to laboratorial identification of Chlamydia trachomatis. We found frequencies of 26.92% (14/52) and 49% (24/49) of positive results by DIF techniques and polymerase chain reaction (nested-PCR), respectively. Considering the 49 samples analyzed by two methods, the sensitivities for detection of the etiologic agent, by FAT and PCR were 28.57% (14/49) and 48.98% (24/49), respectively (p = 0,0127). The two techniques together confirmed 57.14% (n = 28) of samples with infection, where 50% (n = 14) were positive only by PCR, 35.72% (n = 10) for both technical and 14, 28% (n = 4) only by the IFD. The nucleotide sequence analysis of seven isolates showed homology to C. trachomatis genotype L1. These studies is a pioneer in Brazil, as well as confirm the presence of C. trachomatis in samples from ocular school clinically positive for trachoma, validated protocol for obtaining DNA from cryopreserved sheets DIF, showed the highest sensitivity of the molecular method front DIF and identified the genotype L1 in the sample of the conjunctiva of clinically positive students.
Keywords: Tracoma
Reação em cadeia da polimerase
Chlamydia trachomatis
Biologia molecular
Inquéritos epidemiológicos
Cegueira
Imunofluorescência
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DeteccaoLaboratorialChlamydia.pdf3,67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons