Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3967
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 26-Jun-2006
metadata.dc.creator: SILVA, Lúcia Isabel da Conceição
metadata.dc.contributor.advisor1: PONTES, Fernando Augusto Ramos
Title: Papagaio, pira, peteca e coisas do gênero
Other Titles: Playchasing, and things of the genders
Citation: SILVA, Lúcia Isabel da Conceição. Papagaio, pira, peteca e coisas do gênero. 2006. 299 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo investigou o significado dos grupos de brincadeiras na rua como um contexto da cultura de pares, percebendo-os não apenas como espaços de expressão e reprodução da cultura de gênero, mas principalmente como contexto de reconstrução e co-construção destes aspectos: papéis sexuais, identidade de gênero e ideologia de papéis sexuais. O estudo incluiu 689 sujeitos entre 0 e 18 anos (440 meninos – 249 meninas), que brincavam juntos, sendo moradores ou visitantes de três ruas num bairro da periferia de Belém- Pará, durante um ano. Os dados foram coletados através de três procedimentos: descrição dos aspectos sócio-demográficos da área através de um formulário; identificação quantitativa das atividades dos grupos de brincadeira utilizando a técnica de varredura (scan sampling) e a descrição qualitativa das atividades através da filmagem de episódios. Os resultados revelam diferenças de gênero quanto à participação na rua e à variedade da subcultura lúdica. Observou-se predominância dos meninos na rua, segregação e tipificação sexual nas brincadeiras e estratégias diferenciadas de interação entre os dois grupos de gênero. Houve maior aproximação das meninas naquilo a que se denominou subcultura masculina, configurando estratégias de subversão das ideologias e papéis de gênero. A partir de três modelos explicativos do desenvolvimento humano (Hinde, 1979, 1987 e 1997; Bronfenbrenner, 1977, 1994 e 1999 e Rossetti-Ferreira, Amorin, Silva & Carvalho, 2003), busca-se discutir a relação entre macro e microdeterminações na construção da cultura dos gêneros dentro dos grupos de brincadeiras. Os dados sobre composição dos grupos, segregação, tipificação e preferência por brincadeiras e conteúdo e qualidade das interações entre os grupos de sexo/gênero confirmam o caráter relacional da construção do gênero e levam à proposição de um padrão de aproximação unilateral entre estes grupos, sendo que este padrão é protagonizado pelas meninas.
Abstract: This study investigated the meaning of play‟s groups at street like a peer culture context, noticing them not only as forms of expression and reproduction of this culture but, principally as reconstruction and co-construction context of: sex roles, gender identity and sex role ideology. The study has included 689 people among 0 and 18 years old (440 boys – 249 girls), who played together and they were resident or visitant of three streets around there in a district of Belém/Pará, during one year. The data were collected through three procedures: description from the social and demographic aspects from the area through a formulate; the number of the groups activities of play using scan sampling and the quality of these activities done through the recording of episodes. The results reveal gender differences between the participation in the street and the variety of the play subculture. It was observed a predominance of boys in the street, segregation in plays and different strategies of interaction between two groups of gender. There were major approach girls to the male subculture, doing subversion strategies of ideologies and gender roles. As of three explicative models of human being development (Hinde, 1979, 1987 e 1997; Bronfenbrenner, 1977, 1994 e 1999 e Rossetti-Ferreira, Amorin, Silva & Carvalho, 2003), trying to discuss about the relation between macro and micro determination in the culture formation of gender in play groups. The data about groups composition, segregation, preferences, content and quality of sharing the gender groups sex/ gender, confirm the relation of gender formation and take to a proposition of a unilateral approach among these groups which the girls are the first.
Keywords: Interação social
Desenvolvimento humano
Brinquedos
Identidade de gênero
Crianças
Adolescentes
Terra Firme (Belém, PA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::PROCESSOS GRUPAIS E DE COMUNICACAO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO::DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DA PERSONALIDADE
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Doutorado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PapagaioPiraPeteca.pdf2,39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons